AMARANTE

ESPORTES

Insatisfeito, Renato Augusto desabafa: ‘Corinthians tem obrigação de criar’

Avatar

Publicado em

ESPORTES

Provável titular do Corinthians a partir dos próximos jogos, já que Petros deve ser suspenso em julgamento nesta segunda-feira, Renato Augusto soltou o verbo após o empate desse sábado, contra o Bahia, em Itaquera. O meia do Timão mostrou-se irritado com o tropeço diante do 16º colocado do Campeonato Brasileiro.
– Quando a gente pega um time que está muito abaixo na tabela eles vão jogar mais defensivo. A gente tem obrigação de sair para o jogo. A gente tem obrigação de criar, é mais difícil criar, do que destruir. Tivemos a chance de sair com a vitória, mas tem dia que a bola não entra, esse dia foi hoje (sábado) – comentou o camisa 8.
Renato Augusto entrou na partida desse sábado no lugar de Petros aos 12 minutos do segundo tempo. Em campo, o meia alvinegro conseguiu colocar a bola no chão e dar mais criatividade às jogadas de ataque do Corinthians. Antes de sua entrada, a equipe encontrava dificuldade até mesmo para segurar a posse.
Os mais de 31 mil torcedores que foram à Arena Corinthians na fria noite desse sábado não gostaram do resultado, como já era de se esperar. Renato Augusto disse entender a lógica da torcida. O meia explicou que o Timão sempre será cobrado e deve almejar, em qualquer circunstância, a ponta da tabela.
– O Corinthians vai ser sempre contestado. Se não jogar bonito e for o primeiro. Se tiver jogando bonito e for o oitavo, é o oitavo. Então temos que pensar mais na tabela – disse o jogador alvinegro.
O Corinthians volta a campo na próxima quinta-feira, às 19h30, contra o Goiás, em Itaquera, pelo Campeonato Brasileiro. Se Petros estiver suspenso, a tendência é Renato Augusto ganhar chance entre os titulares.
via: Terra Brasil.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Após anunciar retorno a Miami, Zilu faz desabafo na internet
Avatar

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

ESPORTES

Técnico do Chelsea acredita na classificação para a Liga dos Campeões

Avatar

Publicados

em


A esperança do Chelsea de ficar entre os quatro melhores do Campeonato Inglês e de se classificar para a Liga dos Campeões ainda está nas mãos do próprio time, apesar da vitória do Liverpool sobre o West Bromwich Albion graças ao gol do goleiro Alisson nos acréscimos, disse o técnico Thomas Tuchel nesta segunda-feira (17).

Alisson marcou um gol de cabeça nos acréscimos do segundo tempo, dando ao quinto colocado Liverpool um triunfo de 2 x 1 sobre o rival rebaixado e deixando o time a um ponto do Chelsea, que está na quarta posição, com dois jogos por disputar.

“Foi uma cabeçada fantástica no último minuto, que deixa as coisas interessantes e apertadas. Ainda está em nossas mãos”, disse Tuchel a repórteres antes da partida decisiva de terça-feira contra o Leicester City — que derrotou seu time na final da Copa da Inglaterra por 1 x 0.

“O contratempo para nós foi o jogo do Arsenal (uma derrota de 1 x 0 em casa). Deixamos a porta aberta, então o Liverpool tem um pé na porta. Eles são um time forte, e é o que fazem”.

Leia Também:  Tite se despede do Corinthians, com derrota

“Deveríamos estar cientes do desempenho enorme que tivemos até agora, mas precisamos finalizar o trabalho. Precisamos contar uns com os outros, porque estamos em uma situação na qual não temos que olhar para outros campos”.

Uma vitória contra o Leicester colocaria o Chelsea em terceiro lugar, um ponto acima do próprio adversário, que soma 66 pontos.

A derrota na Copa da Inglaterra significou derrotas consecutivas para Tuchel pela primeira vez como treinador do Chelsea, e o alemão disse que está “lutando duro” para recuperar o ímpeto e parar de tomar gols.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA