AMARANTE

Home Office / sedentarismo

Dores na pandemia: além de costas e braços, joelhos também sofrem com sedentarismo

Publicado em

Mulher

Imagem: Freepik

Já se vão 16 meses que o cotidiano do brasileiro mudou completamente com a pandemia do novo coronavírus, que impôs um ritmo diferente no dia a dia. O isolamento social forçou a permanência em casa e, consequentemente, o sedentarismo, agravado pela adoção do home office. Com receio da exposição à doença, muitos deixaram os treinos de lado e pararam de frequentar academias, que passaram a ficar fechadas nas várias fases de planos de contenção da Covid-19.

As consequências podem ser percebidas no corpo: 41% das pessoas reclamam de problemas na coluna. Antes da pandemia, esse número não passava de 18%. É o que revela uma pesquisa realizada pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), que mostra que as dores no corpo dos brasileiros, de modo geral, aumentaram com a pandemia.

Antes de 2020 as pessoas passavam, em média, quatro horas por dia na frente do computador. O home office aumentou consideravelmente o uso de laptop, celular e tablet. Essas atividades fazem as pessoas passarem mais horas sentadas, o que traz entre dores nas costas, braços e outras, a dor nos joelhos – na maioria dos casos diagnosticada como condromalácia patelar, que é o amolecimento da cartilagem que reveste o osso denominado patela, posicionado à frente do joelho.

Leia Também:  Relacionamento esfriou? Saiba como apimentar a relação

De acordo com o médico ortopedista especialista em joelho, João Hollanda, o sedentarismo pode agravar esse quadro e é preciso exercícios. “Uma vez que a dor esteja controlada e não piore com exercícios específicos, o fortalecimento principalmente do quadríceps, glúteos e rotadores do quadril passa a ser a prioridade do tratamento”, recomenda.

Osteoartrite do joelho também preocupa

O ortopedista alerta também para o risco do aumento do número de casos de portadores de artrose (osteoartrite) do joelho, relacionado com a imobilidade que a pandemia provocou. A doença se configura como um desgaste da cartilagem nas articulações. “A artrose é comum também nos quadris e na coluna, que também são prejudicados pela imobilidade e pelo sedentarismo, e agravada pela fraqueza muscular e falta de condicionamento físico”, explica o médico.

João Hollanda alerta que a atividade física é ponto central do tratamento focado no fortalecimento muscular. Uma rotina adequada de exercícios deve ser prescrita a pacientes que relatam dor e têm sintomas de artrose. “Embora a maior parte dos pacientes com desgaste articular seja orientada sobre isso em consultas médicas, ainda há pouca orientação quanto ao tipo, frequência e intensidade dessas atividades”, ressalta.

Leia Também:  Mágicos relatam dificuldades e descobertas durante pandemia

Muitas vezes, a pouca atividade física traz dores correlatas, que podem refletir em outro ponto do corpo. É o que o médico João Hollanda aponta em relação à dor no joelho, que pode provocar dores na coluna e lombalgia, que agravam o quadro do joelho, formando um ciclo vicioso.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Mulher

Influenciadora digital, Pâmela Kowalski, abre oportunidades a influencers com o projeto Diamond House

Publicados

em

A empresária, tik tok e também influenciadora, Pâmela Kowalski, desenvolveu um projeto em 2021 para nano e micro influenciadoras de Santa Catarina, intitulado Diamond House (Casa dos Diamantes). A iniciativa, segundo ela, deu certo e este ano chega à sua segunda temporada, conquistando um novo espaço, ganhando força entre apreciadores do projeto.

Segundo ela, a ideia surgiu em setembro do ano passado, a partir da observação da dificuldade de alguns influencers em se destacar, apesar do grande potencial.

“Observei o quanto os influenciadores considerados ‘pequenos’ vem ganhando força e credibilidade por quem os segue e também por parceiros de publicidade. A Diamond House vem com tudo para mostrar que os nanos e micros Influencers tem uma forte influência na vida dos seus seguidores, direta e indiretamente todos os dias”, afirmou Pâmela ao Somos Notícia.

O projeto de criação da Casa dos Diamantes traz a proposta de dar visibilidade às influenciadoras envolvidas, abrindo a elas um leque de oportunidades. “…e também proporcionando momentos inéditos para seus seguidores, gerando conteúdos e dando a oportunidade para pequenas empresas, e até mesmo possibilitando que autônomos ganhem notoriedade através da publicidade de cada influenciadora envolvida no projeto.”

Leia Também:  Serviços de saúde e compras na internet crescem na pandemia

A Diamond House reúne as integrantes nos finais de semana para produção e gravação de conteúdos, tudo com muita diversão, interação com os seus seguidores e troca de informações valiosas sobre engajamento e dicas, com um aprofundamento nas tendências do mundo digital.

“Um dos objetivos que tem grande relevância é a publicidade que acontece durante todo o final de semana, gerando visibilidade para lojas, marcas, empresas parceiras do projeto”, completou.

Uma curiosidade é que idealizadora Pâmela Kowalski tem um olhar de carinho, sensível e uma visão aguçada para meninas que estão tentando ainda começar no mundo digital e que tem grande potencial, mas precisam daquele famoso ‘empurrãozinho’, por isso em cada temporada que acontece, um dos seus objetivos é selecionar uma ou duas meninas com menos de mil seguidores, para abrir uma porta de oportunidades nesse início tão difícil, dando mentoria totalmente gratuita para essas meninas.

Pâmela finaliza afirmando que a Diamond House é um projeto “cheio de oportunidades para quem está envolvido”. Ela vem apostando todas as suas fichas nessa segunda temporada, com forte expectativa de que muito provavelmente acontecerá até setembro deste ano.

Leia Também:  Ministro da Saúde diz que não vai decretar fim da pandemia "sozinho"

Fotos: Kamilly Beatriz fotografias e Pluma fotografia e produções

Foto: Plumas Fotografia e Produção

Pâmela Kowalski

Ariana Justino

Mylla Queiroz | Foto: Kamilly Beatriz

Janine lacerda | Foto: Kamilly Beatriz

Dany Santos | Foto: Kamilly Beatriz

Juli coelho | Foto: Kamilly Beatriz

Eduarda Mara

Natália Oliveira | Foto: Kamilly Beatriz

Publicidade para marca Ades Brasil

Foto: Kamilly Beatriz

Foto: Kamilly Beatriz

Foto: Kamilly Beatriz

Foto: Kamilly Beatriz

Foto: Kamilly Beatriz

Foto: Kamilly Beatriz

Foto: Kamilly Beatriz

Foto: Kamilly Beatriz

Foto: Kamilly Beatriz

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA