AMARANTE

POLÍCIA

Dentista é investigada por crimes de racismo em redes sociais no Piauí

Avatar

Publicado em

POLÍCIA

dentista racismo redes sociais recém-nascido

Uma denúncia de racismo contra uma dentista, que fez publicações em uma rede social em São Raimundo Nonato, está sendo apurada pela Polícia Civil. A delegada Cynthia Verena incluiu também os insultos feitos pela doutora a um bebê recém nascido.
De acordo com a delegada, essa não foi a primeira vez que é dentista publicou mensagens racistas em perfis de redes sociais.
Cynthia Verena disse que outras pessoas foram também agredidas pela suspeita. “É uma dentista que está publicando no Facebook mensagens de cunho racista. Ela atinge a honra de várias pessoas na cidade de São Raimundo, inclusive de uma advogada. Ela ofende muita gente e por último ofendeu uma moça que teve bebê recentemente”, explicou a delegada.

“E se não querer misturar meu sangue for ‘preconceito’, sim sou ‘preconceituosa’. Mas abraço e beijo meus amigos de outras cores e coloridos. Mas escolhi a dedo com quem me misturar”, diz a mulher em um trecho da publicação investigada.

Segundo a delegada, a dentista há havia assinado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) em razão do ocorrências anteriores. “Ela reside em São Raimundo e esta moça que ela atingiu por último já entrou com queixa e foi expedido um TCO. Não satisfeita ela fez novos ataques à pessoa por ocasião do nascimento da criança”, relatou.
A delegada disse ainda que as novas agressões a levaram a analisar o caso como racismo. “O racismo é um crime que cabe prisão. Ela atingiu todo um grupo social. Repercutiu muito na cidade e estamos apurando o caso”, finalizou.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Homem é morto a tiros no Piauí, minutos após envio de selfie à esposa
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

POLÍCIA

Funcionário encontra casal morto em chácara na Sul de Teresina; polícia investiga suspeita de feminicídio

Avatar

Publicados

em

Na madrugada deste sábado, um casal foi encontrado morto em uma chácara, na comunidade Pernudas, zona Sul de Teresina. Os corpos foram vistos por um funcionário, que logo acionou a polícia.

A PM informou de forma preliminar que os ferimentos encontrados na mulher indicam que ela foi assassinada. As lesões no corpo do homem dão indícios de que ele tenha tirado a própria vida.

O casal tinha um relacionamento conturbado, segundo informaram vizinhos à TV Clube. A investigação será realizada pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que esteve no local da ocorrência.

A hipótese inicial aponta que o homem teria tirado a vida da mulher e, em seguida, teria tirado a própria. O casal, segundo o vizinho, tinha dois filhos.

No local foram encontradas uma faca e uma espingarda. A polícia não divulgou maiores informações sobre o caso.

Com informações do G1

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Policial Timonense é preso por ter liderado manifestação em frente ao Palácio dos Leões
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA