AMARANTE

Notícias de Miguel Alves

Polícia Civil prende cinco acusados de assalto ao banco de Miguel Alves

Publicado em

Notícias de Miguel Alves

cinco acusados foram presos na ação da polícia civil de miguel alves

Cinco acusados de participarem do assalto ao Banco do Brasil de Miguel Alves foram presos em cumprimento a mandados que foram expedidos pela Comarca local. A ação foi desencadeada pela Polícia Civil do Piauí, por meio do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco).

A cautelar foi cumprida nessa segunda-feira no bairro Poti Velho, na Zona Norte de Teresina e foi representada ao Poder Judiciário nos autos de inquerito policial que investiga o roubo ao Banco do Brasil, de Miguel Alves, ocorrido em outubro deste ano.

Dos cinco acusados, alguns nomes foram mantidos em sigilo

Ao final da investigação, a Polícia Civil havia identificado cinco dos envolvidos na execução do assalto: Diego Ramos de Lima (morto em confronto), F. D. A. D. S. J. (preso em outubro) e preso ontem J. A. N. P., o Cabeção, além de outras pessoas cujos nomes seguem em sigilo.

Durante as diligência foi apreendido um Fiat Palio, uma pistola calibre 380 e R$ 2.500,00. “A prisão feita ontem decorre de intenso trabalho de investigação frente a um grupo de criminosos organizados e os trabalhos vão avançar”, explica do Delegado Tales Gomes, Coordenador do Greco.

Leia Também:  Vice-governadora entrega moinho para quebradeiras de coco em Miguel Alves

cinco acusados foram presos na ação da polícia civil de miguel alves

Com informações do Valença Online

COMENTE ABAIXO:

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Notícias de Miguel Alves

Vice-governadora entrega moinho para quebradeiras de coco em Miguel Alves

Publicados

em

A Associação das Mulheres Quebradeiras de Coco do Município de Miguel Alves, a 77 km de Teresina, recebeu um moinho com capacidade para moer até 300 quilos por hora do mesocarpo do coco babaçu. A máquina vai aumentar a produção e a renda das 31 associadas e foi adquirida pela Secretaria de Agricultura Familiar (SAF), com recursos de emenda do deputado estadual Francisco Limma, atendendo a uma solicitação da ex-quebradeira de coco, a vice-governadora Regina Sousa.

Entrega de moinho em Miguel Alves, para moer coco de babaçu

Regina Sousa destacou que a máquina vai ajudar a modernizar o trabalho das quebradeiras de coco que ainda é feito de forma manual e, por isso, têm uma produção pequena. Ela informou que a prefeitura de Miguel Alves vai comprar a farinha do babaçu, feita do mesocarpo, para usar na merenda escolar, pois o produto é rico em cálcio.” Está agregando valor ao produto delas: quanto mais elas produzirem, mais vão poder viver melhor. E isso é uma prova de que o babaçu dá pra sobreviver e sobreviver bem”.

Entrega de moinho em Miguel Alves, para moer coco de babaçu

Ela lembrou do trabalho da Pastoral da Criança, que sob a coordenação de Zilda Arns salvou mais de 20 mil crianças da desnutrição usando o mingau feito com a farinha de babaçu. A vice-governadora citou que é possível fazer vários produtos com a farinha, como bolos, biscoitos, mingau e pode ser adicionada aos alimentos. “Em São João do Arraial tem o babalate, um sorvete feito do mesocarpo,” disse Regina.

Leia Também:  Assaltante que comandava grupo criminoso morre com a namorada em troca de tiros com a polícia no Piauí

A secretária da Agricultura Familiar, Patrícia Vasconcelos, disse que a máquina vai fortalecer a produção da agricultura familiar da Associação, que já dispõe de infraestrutura para produzir e comercializar produtos feitos com o coco babaçu. E que o moinho era o que faltava para impulsionar o beneficiamento da produção local e aumentar a renda com a comercialização dos produtos para a merenda escolar e programas do governo do Estado, como o de aquisição de alimentos e alimentação saudável. O deputado Francisco Limma relatou que o mandato dele sempre faz parcerias com entidades. No caso do Moinho, ele destinou R$ 15 mil.

Entrega de moinho em Miguel Alves, para moer coco de babaçu

Para a presidente da Associação de Mulheres Quebradeiras de Coco, Maria Alice Pereira dos Santos, o moinho vai melhorar a qualidade do mesocarpo, pois antes tinha que extraí-lo, no pisar e peneirar em um pano. “ O mesocarpo, quanto mais é beneficiado, mas agrega valor ao produto,” explicou. Além da farinha, as associadas produzem azeite, óleo extravirgem, bolos, biscoitos e sabão. “São vários produtos do coco, que é uma riqueza do município e aumenta a renda das associadas.”

Leia Também:  Vice-governadora entrega moinho para quebradeiras de coco em Miguel Alves

Na solenidade de entrega do moinho, realizada na comunidade Riacho do Conrado participaram, o prefeito Francisco Antônio Ribeiro de Paiva, vereadores, secretários municipais, representantes da Comissão Pastoral da Terra e do Sindicato dos Trabalhadores Rurais.

Entrega de moinho em Miguel Alves, para moer coco de babaçu

Fonte: Governo PI

COMENTE ABAIXO:



Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA