AMARANTE

Piauí

Campanha de vacinação contra HPV começa próxima segunda-feira(10)

Publicado em

Piauí

>>Curta a fanpage do Somos Notícia no Facebook clicando aqui

A meta do Estado é vacinar 90 mil meninas entre 11 e 13 anos de idade. Escolas e postos de saúde serão os principais pontos de aplicação

Terá início no dia 10 deste mês, a campanha de vacinação contra o câncer de colo de útero (HPV), em garotas de 11 a 13 anos de idade. A meta estabelecida pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesapi) é atingir cerca de 80% do público-alvo em todo o Piauí. As doses das vacinas já se encontram na capital e devem ser repassadas aos municípios nos próximos dias.

Segundo a coordenadora de Imunização da Sesapi, Doralice Lopes, cada município será responsável pela estratégia de aplicação da vacina. “Nossa parte é oferecer as instruções de uso, armazenamento, e reações adversas. A sugestão é que a aplicação seja feita em escolas públicas e particulares por ser mais fácil a localização e abrangência, das meninas, mas isso não é regra, alguns municípios também oferecerão a vacina em Unidades Básicas de Saúde”, explica a coordenadora.

Leia Também:  Em São Luís do MA, jovens de 17 anos começam a ser vacinados contra a Covid-19 nesta terça-feira

As vacinas irão prevenir as garotas contra os HPVs tipos 6-11-16-18 da MSD, em um programa que será dividido em três etapas, a primeira acontece entre os dias 10 de março a 10 de abril, a segunda em campanha marcada para setembro e a terceira acontecerá cinco anos após a data da primeira dose.

Em relação às contraindicações é necessário ter atenção com adolescentes que têm hipersensibilidade ao princípio ativo ou a qualquer um dos excipientes da vacina, com história de hipersensibilidade imediata à levedura e que desenvolveram sintomas indicativos de hipersensibilidade grave após receber uma dose da vacina HPV.

Segundo o Ministério da Saúde, a vacina contra o HPV tem eficácia comprovada para proteger mulheres que ainda não iniciaram a vida sexual e, por isso, não tiveram nenhum contato com o vírus. Hoje, é utilizada como estratégia de saúde pública em 51 países, por meio de programas nacionais de imunização.

Fonte: Governo do Piauí

COMENTE ABAIXO:

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Piauí

Tribunal dá início à Formação Continuada para Conselheiros de Educação do Piauí

Publicados

em


O Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI), por meio da Escola de Gestão e Controle (EGC), deu início, na manhã desta terça-feira (03), à Formação Continuada para Conselheiros Municipais de Educação, reunindo mais 150 de conselheiros de todo o Estado. O ciclo iniciou com a palestra “O desafio da Gestão Democrática e Instituição dos Sistemas Municipais de Educação”, ministrada pelo professor Genuíno Bordignon. De maneira virtual, as formações seguirão um calendário já estabelecido, finalizando no dia 15 de outubro.

Na abertura do evento, a presidente do TCE-PI, conselheira Lilian Martins, deu boas-vindas ao público presente, destacando a importância desse momento para o futuro da educação no Piauí. Também compuseram a mesa de honra Maria Antônia Costa, coordenadora estadual da União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação (Uncme); Flávia Cordeiro, promotora de Justiça do Ministério Público do Estado do Piauí (MPPI) e coordenadora do Centro de Apoio Operacional de Defesa da Educação e da Cidadania (CAODEC); e Regina Lúcia, vice-presidente da Uncime na região Centro-Oeste. O auditor Gilson Araújo, diretor de Fiscalizações Especializadas do TCE, fez a mediação.

Leia Também:  Fundespi e Sesapi firmam parceria para testagem de atletas contra a Covid-19 durante o Piauiense

Para a presidente do TCE-PI, os conselheiros municipais devem conhecer, além da legislação estadual, o Plano Nacional de Educação (PNE), que estimula a constituição dos Conselhos Escolares e Municipais de Educação. A conselheira destacou, ainda, a importância da participação dos técnicos e servidores em formações para o cumprimento do controle social.

“Essa capacitação vai dar a garantia e a segurança para que os conselheiros possam intervir, em cada um dos seus municípios, da melhor forma possível. Seja orientando, estudando ou trabalhando para a efetividade das políticas públicas na educação”, afirmou a conselheira Lilian Martins.

Gilson Araújo também apontou a atuação do Tribunal de Contas no contexto educacional e a importância das palestras que serão realizadas. “Em 2019, foi criada, no TCE-PI, uma divisão especial voltada para a educação e, desde então, o Tribunal tem se aproximado das instituições ligadas à área. Nessa aproximação, percebemos essa demanda em meio aos conselhos municipais de educação, que manifestaram suas dificuldades em desenvolver os trabalhos por conta da falta de formação adequada”, disse.

Leia Também:  Compra Direta beneficia pequenos agricultores do Piauí

Dando início ao ciclo de formações, o professor Genuíno Bordignon apontou os principais termos contemplados no tema discutido, como educação, suas dimensões e importância da formação de sujeitos, na perspectiva de importantes teóricos. Além disso, foi pontuada a relação entre processos de gestão democrática e educação, que implica em um poder com responsabilidades, articulação e com canais representativos, como os Conselhos Municipais de Educação, entre outros tópicos. Genuíno é referência nacional nos estudos acerca dos conselhos de educação.

Por meio da formação, conselheiros e servidores técnicos das Secretarias Municipais de Educação desenvolverão competências para o exercício de suas funções. No dia 10 de agosto, das 9 às 11 horas, ocorrerá a próxima formação, com o tema “Sistemas, Conselhos e PMEs”.

Confira a programação completa:

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA