AMARANTE

Piauí

Prefeita de Canavieira deve ser julgada nesta segunda-feira no TRE

Publicado em

Piauí

A prefeita de Canavieira, Gadocha, vai enfrentar mais um julgamento nesta segunda-feira (26) no Tribunal Regional Eleitoral.

Trata-se de Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) ajuizada pela Coligação “Continuar o Trabalho com a Força do Povo”, por seu representante legal, em desfavor de Elvina Borges da Mota Andrade, Prefeita de Canavieira e Martin de Sousa Costa, vice-prefeito, além dos vereadores Jeovan Moura Pereira, Rostânia Guimarães da Rocha, Vanilson Rodrigues de Medeiros, José Domingos Duarte da Rocha, Maria Ilza da Conceição, Francisca Elane Carvalho de Miranda, Wolframo Passos da Silva

A Coligação que ajuizou a ação sustenta que os investigados acima mencionados teriam praticado, durante a campanha eleitoral, abuso do poder político e econômico, consubstanciados na captação ilícita de sufrágio (distribuição de dinheiro em espécie, oferecimento de cargos públicos e transferências fraudulentas de eleitores em troca de votos).
A justiça eleitoral de primeiro grau julgou improcedente a Ação de Investigação Judicial Eleitoral, o representante da coligação recorreu ao Tribunal e agora vai a julgamento.
O advogado Márvio Marconi de Siqueira Nunes é quem vai fazer a defesa oral da prefeita Elvina Borges da Mota Andrade (Gadocha).
No último dia 05 de maio os advogados Marconi Nunes e César Gondim conseguiram a absolvição e consequente arquivamento do recurso contra expedição de diploma movido pelo Partido dos Trabalhadores contra a prefeita de Canavieira Elvina Borges da Mota Andrade (Gadocha) e o vice Martin de Sousa Costa, além dos vereadores Jeovan Moura Pereira e Rostania Guimarães da Rocha.
Outro lado
Em entrevista ao GP1, a prefeita afirmou estar consciente de que não comprou votos e que outra vez vai ganhar mais um processo. “Eu estou consciente de que não comprei votos, mas entrego na mão de Deus”, respondeu a Gadocha.

Leia Também:  Escola da Arena entrega 270 kits de alimentação em Cuiabá

Fonte: GP1

COMENTE ABAIXO:

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Piauí

Governador trata sobre melhorias no sistema prisional com presidente do TJ

Publicados

em


O governador Wellington Dias reuniu-se, nesta quinta-feira (24), no Palácio de Karnak, com o presidente do Tribunal de Justiça (TJ), Ribamar Oliveira, e o secretário de Estado da Justiça, Carlos Edilson. Na ocasião, trataram sobre melhorias no sistema prisional do Piauí.

A pretensão do chefe do executivo estadual é dar um passo a mais na política de integração para a implementação de um novo modelo na área da segurança. “Temos, de um lado, o crime organizado e, do outro, crimes intermediários e de baixo risco, que precisam estar separados. Queremos uma pactuação entre os poderes para que possamos implementar o sistema de classificação por risco, que dá resultados em diversas regiões do mundo. Estamos ainda criando a Força Integrada de Segurança do Piauí e os próximos passos devem ser a Força Nordeste e a Força Brasil, para que possamos ter um plano estratégico para reduzir a violência em todo o país”, afirmou Wellington Dias.

Segundo o presidente do TJ, a quantidade de vagas nos presídios precisa ser debatida. “Existe um programa de desenvolvimento da ONU para a garantia dos diretos humanos e isso passa pelas vagas nos presídios. Quando as vagas inexistem, aumenta a concentração de detentos, o que viola, em tese, os direitos humanos e a dignidade da pessoa. O Piauí e o Brasil todo precisam de mais vagas em presídios. O governador já se debruçou sobre essa questão, já esteve em Brasília tratando sobre a problemática e viemos acompanhar o trabalho para a liberação de verbas para a construção de mais presídios”, disse Ribamar Oliveira.

Leia Também:  Seduc e Undime alinham ações em prol da educação piauiense

Fonte: Governo PI

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA