AMARANTE

Piauí

Sede de Conselho Tutelar é alvo de bandidos no PI; titular fala em destruição de provas

Publicado em

Piauí

conselho tutelar de josé de freitas bandidos

A sede do Conselho Tutelar de José de Freitas foi depredada, supostamente por bandidos, durante a madrugada do último sábado (9). Na ação, o basculante de uma das janelas foi destruído.
Vizinhos ouviram no momento em que o basculante estava sendo quebrado. Informações apontam que “era pela janela que os bandidos tentavam ter acesso ao interior do estabelecimento” que atualmente possui documentos e processos.
O integrante do Conselho Tutelar, Coronel Pinheiro, disse que foram usados pedaços de madeira para destruir o vidro da janela. Ele acredita que o alvo eram computadores e/ou documentos processuais do Conselho.
“Temos centenas de documentos e processos naquele prédio, por isso não descartamos a possibilidades de um ataque para destruir provas e procedimentos dos conselheiros contra investigados” Frizou Coronel.
O caso está sendo investigado pelo 16º Batalhão de Polícia. A tentativa é de encontrar os suspeitos. As rondas serão intensificadas visando coibir novas ações dos criminosos. Um Boletim de Ocorrência foi registrado na delegacia local.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Estiagem: município do Piauí compra água em Pernambuco para atender famílias
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Piauí

Coordenadora do CAODEC representa MPPI na abertura de Formação Continuada para Conselheiros Municipais de Educação realizada pelo TCE-PI

Publicados

em


A promotora de Justiça e coordenadora do Centro de Apoio Operacional de Defesa da Educação e Cidadania (CAODEC), Flávia Gomes Cordeiro, representou o Ministério Público do Estado do Piauí (MPPI), durante Formação Continuada para Conselheiros Municipais de Educação, realizada pelo Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI), nesta terça-feira (3).

Promovida de forma remota, a formação reúne conselheiros e servidores técnicos das Secretarias Municipais de Educação com o intuito de instruí-los sobre normatização e implantação educacional no âmbito dos Sistemas Municipais de Ensino.

Durante sete dias dos meses de agosto, setembro e outubro, servidores dos 224 municípios piauienses estudarão o papel dos Conselhos Municipais de Educação no processo de gestão democrática, fortalecendo as políticas públicas educacionais para garantir a educação pautada na legalidade. Serão apresentadas, ainda, as etapas do processo de fiscalização, como a concepção, desenvolvimento, operacionalização e avaliação do Plano Anual de Trabalho do Conselho.

Hoje, na abertura do evento, a coordenadora do CAODEC (órgão auxiliar do MPPI), exemplificou como a instituição ministerial tem atuado no processo de garantia do direito de aprender. “A gestão democrática é própria do processo educacional e os Conselhos de Educação representam isso. Nossa instituição assemelha-se muito aos Conselhos quando sempre realiza suas ações por meio da mediação dialógica. De forma coletiva, buscamos a construção de soluções para as questões que envolvam o processo educacional. Por isso, sempre participamos de espaços de debate como esse ocorrido hoje”, disse Flávia Gomes.

Leia Também:  Estiagem: município do Piauí compra água em Pernambuco para atender famílias

Na abertura, a conselheira e presidente do TCE-PI, Lilian Martins, pontuou a parceria estabelecida entre o MPPI o TCE-PI na fiscalização da administração pública e efetivação de políticas públicas.

Algumas metas da formação foram explanadas pelo diretor de Fiscalizações Especializadas (DFESP) do TCE-PI, Gilson Araújo, e pela chefe da Divisão de Fiscalização da Educação do TCE-PI, Caroline Leite.

A professora e coordenadora estadual dos Conselhos Municipais de Educação no Piauí (UNCME), Lilica; a vice-presidente da região Centro-oeste – UNCME/MT, conselheira e professora Regina Lúcia Borges Araújo e o professor o Genuíno Bordignon, filósofo de formação, escritor e grande educador brasileiro, apresentaram dados e informações relevantes para a atuação de todos os partícipes.

Mais informações acerca da programação podem ser obtidas pelo telefone: (86) 3215-3927.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA