Menu...

12 de dezembro de 2017

Capitão acusado de matar estudante de Direito desaparecida em THE é hostilizado na delegacia


Hospital de Olhos

CAPITÃO ACUSADO – Depois de ser hostilizado na entrada da Delegacia de Homicídios, o capitão da Polícia Militar, Allisson Wattson – suspeito de matar a jovem estudante de Direito Camilla Abreu, prestou depoimento e poderá perder o posto na Corporação.

O coronel John Feitosa disse que haverá um processo administrativo disciplinar em paralelo ao processo criminal por homicídio e também por ocultação de cadáver.

O capitão acusado é chamado de assassino

A população permaneceu à espera do suspeito em frente à delegacia gritando “assassino”, durante o depoimento aos delegados que estão responsáveis pelo caso.

Camilla Abreu estava desaparecida desde o último dia 26, quinta-feira, sendo que sua morte foi confirmada apenas nesta terça-feira, quando foi encontrado o corpo da jovem estudante na comunidade Mucuim, após a entrada próxima ao posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), na BR-343.

Depois de prestar depoimento aos dois delegados responsáveis pelo caso, o capitão foi encaminhado para o Quartel Geral da Polícia Militar do Piauí.

“O prazo para a conclusão do procedimento administrativo disciplinar é de 60 dias, podendo ser prorrogado por 20 dias e tão logo seja transcorrido o prazo, superadas todas providências necessárias a corporação irá se manifestar com qual providência adotará em relação a este caso”, disse Feitosa

Tags:

Comente aqui

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE