AMARANTE

TECNOLOGIA

Pendrive para iPhones promete revolucionar o mercado

Publicado em

TECNOLOGIA

Pendrive para iPhone

A SanDisk anunciou nesta sexta-feira seu primeiro pendrive para iPhones e iPads. Com ele, o usuário consegue sincronizar os arquivos do dispositivo iOS para o removível sem a necessidade de cabos ou recorrer ao sistema de transferências da Apple.
O pendrive para iPhones (iXpand) é compatível com os seguintes produtos: iPhones 6, 6 Plus, 5c, 5s e iPads Air 2, Air, Mini 3, mini2 e mini. Ele vem em duas versões: 16 GB e 64 GB, tem conectitividade USB e lightning e funciona através do aplicativo de mesmo nome. Nos EUA o gadget sai pelo equivalente a R$ 154 (versão de 16 GB) e R$ 312 (versão de 64 GB).
Pendrive para iPhones

Forma de uso do pendrive para iPhones

Para abrir o app, basta conectar o iXpand ao smartphone ou tablet. Por meio do aplicativo é possível definir sincronizações automáticas de fotos e vídeos e armazenar files na unidade flash e reproduzi-los diretamente no dispositivo.
O pendrive para iPhones também é capaz de criptografar os dados armazenados, impedindo que eles sejam acessados por pessoas não autorizadas. O dispositivo deve chegar ao Brasil somente no primeiro trimestre de 2015.
via: Olhar Digital

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Inferno eletrônico: para onde vai o nosso lixo?
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

TECNOLOGIA

Uso de tecnologia na infância: Descubra quais são os principais benefícios

Publicados

em

Como você já deve ter percebido, a tecnologia hoje já tem ocupado a grande maioria dos espaços em nossas vidas. Não é mesmo?

Com uma facilidade jamais vista, conseguimos agora acessar informações, produzir conteúdos e, claro, consumir produtos e serviços.

Pensando nisso, por que então esta ferramenta tão importante em nosso dia a dia deveria, agora, estar fora das escolas?

A grande verdade é que, trabalhar a inclusão digital, mesmo com crianças do quarto ou quinto ano, pode ser considerada uma forma de prepará-las para que se tornem pessoas preparadas para este mundo moderno com responsabilidade e segurança.

O uso da tecnologia de forma moderada e planejada, tanto na infância ou adolescência, pode ser uma excelente forma de preparar as futuras gerações para lidarem com as complexidades, oportunidades e os riscos apresentados pelo ambiente digital.

E para conhecer quais são os reais benefícios do uso de tecnologia na infância, basta acompanhar a leitura deste artigo até o final:

Uso de tecnologia na infância: principais benefícios do uso da tecnologia na infância e adolescência

A tecnologia tem se tornado cada vez mais uma forte aliada no desenvolvimento do seu filho.

Claro, de fato a tecnologia não substitui o professor, mas pode sim funcionar como uma forte aliada.

O trabalho com ambientes virtuais e os materiais digitais que podem hoje ser disponibilizados em materiais como tablets ou notebooks ou mesmo no próprio celular, são exemplos de como as ferramentas tecnológicas são capazes de auxiliar o desenvolvimento da educação.

Porém, para te ajudar a entender melhor, no próximo tópico vamos te mostrar ​quais os benefícios práticos que ela pode trazer para os pequenos. Continue sua leitura para descobrir mais.

Integrá-los a nova geração 100% nativa digital

Os nascidos a partir de 2010 já consideram a tecnologia uma extensão de sua forma de conhecer o mundo.

A grande verdade é que a internet e os dispositivos eletrônicos já estão tão inseridos no cotidiano, que não existe uma separação clara entre digital e vida real.

Pensando nisso, não haveria motivos para não incluir as nossas crianças e, de alguma forma, prepará-las para este mundo moderno. Não é verdade?

Essa é a geração 100% nativa digital! Mesmo que não tenha uma definição exata, essa geração, nascida a partir de 2010, considera a tecnologia uma extensão de sua forma de conhecer o mundo.

E isso gera novas formas de relacionamento e aprendizados. O cuidado, é claro, está em policiar seu uso e entender que há o momento certo de inserir essa realidade na vida dos pequenos.

Leia Também:  Inferno eletrônico: para onde vai o nosso lixo?

É importante também darmos a devida atenção para que esses dispositivos sejam usados de forma positiva.

Torna a aprendizagem muito mais divertida e atraente

As ferramentas tecnológicas abrem um mundo de possibilidades para a aprendizagem das crianças.

Hoje sabemos que elas podem melhorar a retenção do conteúdo e tornar a aprendizagem uma atividade muito mais divertida e atraente, com uma interatividade bem maior.

Ao contrário do que muitos possam ainda pensar, os jogos de computador, por exemplo, podem ir muito além da pura e simples diversão.

Tais jogos ajudam também a desenvolver habilidades cognitivas, comunicação, habilidades motoras, bem como ajudam a criança a ter mais autonomia na tomada de decisão.

Outro detalhe também muito importante e que talvez você não soubesse é que a ​tecnologia também pode melhorar a concentração do seu filho.

Muitos jogos têm essa capacidade de testar e estimular a concentração dos pequenos e isso acaba se refletindo também na escola.

Autonomia e pensamento crítico

Outro grande benefício do uso da tecnologia na infância é que ela estimula a autonomia do seu filho.

O pensamento crítico também é estimulado, pois através das ferramentas tecnológicas, seu filho(a) pode ser incentivado a pesquisar diferentes pontos de vista e a questionar informações.

Dessa forma, e com o auxílio dessa ferramenta, ele se tornará um adulto mais consciente e antenado com o mundo que o cerca.

Contato com outras realidades

Importante para desenvolver a empatia e respeito, algo tão essencial em nossos dias, a internet hoje possibilita conexão com diversas realidades, culturas, ideias, diferenças e muito mais.

Felizmente, são tantas possibilidades encontradas no meio online, que é natural que a criança se sinta estimulada a descobrir coisas novas o tempo todo.

Neste caso, o estímulo correto pode ajudar a construir novos aprendizados e a criança passará a entender que o mundo é composto por diversidades e que sua realidade, nem sempre é a realidade do próximo.

Preparo para o futuro

Como você já deve ter percebido, o domínio da tecnologia é cada vez mais exigido no mercado de trabalho atual, sendo que hoje há uma alta demanda em cargos envolvendo tecnologia, justamente pela falta de pessoas qualificadas para atuar na área.

Neste caso, o que antes era um diferencial, hoje em dia se tornou essencial. Pensando nisso, a partir do momento que se inclui o ensino da tecnologia na infância, quando seu filho chegar na idade de ingressar no mercado de trabalho, o domínio dele será enorme e ele será um profissional diferenciado.

E todos queremos que nossos filhos tenham sucesso em sua carreira profissional, não é mesmo? Então, porque não incluir a tecnologia na vida deles desde pequeno? Vocês só têm a ganhar.

Leia Também:  Caneta permite criar objetos 3D de forma revolucionária

Claro, dentre tantos benefícios, existem também os pontos ruins. Ter conhecimento sobre os lados negativos dessa realidade tecnológica, é fundamental para ter “jogo de cintura” na hora de educar o seu filho para utilizá-la de forma benéfica, sem prejudicar sua qualidade de vida.

Conheça agora algumas das principais dicas de como absorver apenas os benefícios da tecnologia:

Afinal, como absorver apenas os benefícios da tecnologia?

O primeiro ponto que precisamos deixar claro é que a supervisão de um adulto é importante para que a criança consiga usar as ferramentas de forma tecnológica de forma correta.

Isso porque, assim como existem plataformas que dispõe de recursos positivos, existem também alguns perigos que oferecem experiências negativas.

Pensando nisso, um ponto muito importante é filtrar conteúdos de acordo com a idade da criança.

O recomendado é que você esteja atento aos sites e plataformas que estão sendo acessados.

Procure bloquear também o que é inadequado e esteja sempre presente no mundo online e no offline dos pequenos.

Infelizmente, é cada vez mais comum vermos crianças e pré-adolescentes prejudicando o convívio social para ficar grudados na tela do seu smartphone.

Pensando nisso, restringir o uso do dispositivo em determinados locais e horários, por exemplo, pode ser uma boa estratégia para controlar o seu uso e estimular as interações “reais”.

Neste caso, algumas táticas que podemos utilizar são: não permitir eletrônicos nas refeições e antes de dormir, estipular horários para jogar videogame, evitar o uso dos dispositivos quando alguém estiver falando, entre outras.

No final, a comunicação faz toda a diferença, isso ajuda a entender o que se passa na cabeça dela, além de estabelecer uma relação de confiança.

Outra dica é mostrar que existe um mundo incrível fora das telas. Incentivar brincadeiras que não incluem o uso de dispositivos tecnológicos (ler livros, por exemplo) e o convívio social com outras crianças é de extrema importância.

Educar crianças nesse cenário tomado pela tecnologia é um grande desafio. Entretanto, todo desafio traz consigo oportunidades, não é mesmo? O segredo está em ter paciência e estabelecer os devidos limites no uso dessas ferramentas.

Para finalizar, lembre-se sempre disso: a tecnologia veio para nos ajudar, então tire o melhor proveito dela. O equilíbrio é tudo!

E aí? O que achou do artigo? Quer ver mais dicas como essa acesse https://amelhorescolha.com/

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA