AMARANTE

Piauí

Eletrobras Distribuição Piauí inicia a segunda etapa do projeto Multiplicar Energia

Publicado em

Piauí

Multiplicar energia

O Multiplicar Energia – Eletrobras nas Escolas do Piauí, iniciou sua segunda etapa em 2015, e tem como principal estratégia desenvolver ações educativas relacionadas à conservação de energia elétrica, seu uso seguro e a preservação do meio ambiente nas escolas com o apoio de um caminhão equipado como uma sala de aula, dentro do tema Meio Ambiente existente no Ensino Fundamental e Médio.
O Diretor de Assuntos Regulatórios e Projetos Especiais das empresas de Distribuição da Eletrobras, Nélisson Sérgio Hoewell esteve no Piauí no mês de janeiro para anunciar o investimento da ordem de R$ 2,7 milhões para capacitar profissionais da Educação Básica.
De acordo com o gerente do projeto no Piauí, Edilson Uchoa, para essa etapa, 1600 professores serão treinados em 320 escolas públicas municipais e estaduais. “Os professores atuarão como agentes multiplicadores, disseminando a prática de economia de energia, segurança, cidadania e preservação do meio ambiente”, disse Uchoa.
Ainda segundo Uchoa o projeto terá a duração de 36 meses e a meta agora é ensinar quarenta mil alunos das escolas públicas com idade entre 7 e 18 anos, de preferência moradores de comunidades carentes. Na primeira etapa do projeto que aconteceu em 2011, 256 escolas receberam o projeto e 1200 professores foram treinados.
Fonte: Eletrobras Piauí

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Governo do Estado entrega viaturas e equipamentos à Polícia Civil e Militar do Piauí

Propaganda

Piauí

Caravana – Na Escola, Cabem [email protected]: Projeto do MPPI é apresentado durante Encontro Estadual da UNCME

Publicados

em

O projeto “Caravana – Na Escola, Cabem [email protected]”, desenvolvido pelo Centro de Apoio Operacional de Defesa da Educação e Cidadania (CAODEC), do Ministério Público do Estado do Piauí (MPPI), foi apresentado, nesta quinta-feira(11), durante o Encontro Estadual da União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação, realizado no auditório da Associação Piauiense de Municípios(APPM).

Realizado em parceria com a UNCME Nacional, o Encontro teve como tema central: “Políticas Educacionais no contexto atual: o desafio dos Conselhos da Educação e demais órgãos de controle” e reuniu conselheiros municipais de Educação e outros representantes de entidades e órgãos ligados à área da educação.

A coordenadora do Caodec e promotora de Justiça Flávia Gomes apresentou aos partícipes do evento o projeto do MPPI, que tem como objetivo fomentar nos municípios piauienses a elaboração de planos de educação inclusiva e criação de Comitês de Defesa da Educação.

Parte do Plano Geral de Atuação Finalística (PGA) para o biênio 2022-2023, o projeto “Na escola, cabem [email protected]”, tem sido desenvolvido por meio de oficinas nos Polos Regionais do Estado do Piauí, onde gestores e profissionais da educação estão passando por formações, que objetivam o despertar para uma educação inclusiva, compreendendo os aspectos: pedagógico, estrutural, social e orçamentário.

Leia Também:  Jovem médico morre em grave acidente na BR-316

Além do projeto, a apresentação da representante do MPPI abordou a educação como direito social e instrumento da construção da cidadania. Após a explanação, a coordenadora da UNCME, Maria Antônia da Silva (Lilica), mediou um momento de perguntas do público para Flávia Gomes.

PGA 2022-2023

O PGA é um instrumento de planejamento estratégico que reúne os projetos institucionais prioritários, a serem implementados articuladamente por diversos órgãos de execução, para melhoramento de indicadores sociais nas áreas de atuação ministerial, como meio ambiente, direito do consumidor, saúde, educação e cidadania, infância e juventude e combate à criminalidade e à improbidade administrativa. O tema do PGA 2022-2023 é #MPPIPorTodoOPiauí.

Fonte: Ministério Público do PI

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA