AMARANTE

TECNOLOGIA

Infartos podem ser reduzidos em 50%, aponta pesquisa

Avatar

Publicado em

TECNOLOGIA

diminuição de Infartos

Uma pesquisa internacional identificou pela primeira vez um gene que, se for desativado, reduz em 50% o risco de infartos, o que abre as portas ao desenvolvimento de novos fármacos.
Na pesquisa, liderada pelo consórcio internacional The Myocardial Infarction Genetics (MIGen), participaram 110 mil pacientes de diferentes países, nos quais foram identificadas pela primeira vez 15 mutações do gene NPC 1L1.

A redução dos infartos

Os pesquisadores descobriram que a presença de qualquer destas mutações está associada a uma redução dos níveis de colesterol LDL ou “colestoral mau”, além de proteger contra o risco de sofrer um infarto agudo do miocárdio.
Os resultados do estudo, que foram publicados hoje na revista “The New England Journal of Medicine”, indicam que o gene NPC1L1 fabrica uma proteína de mesmo nome que se encarrega de absorver, no intestino, o colesterol que vem com os alimentos que ingerimos.
Segundo explicou Roberto Elosua, do Grupo de Pesquisa em epidemiologia e genética cardiovascular de um hospital de Barcelona, “o trabalho consistiu em buscar mutações que inativaram este gene, ou seja, que a proteína fabricada não seja ativada e portanto, seja absorvido menos colesterol no intestino, diminuindo o colesterol LDL que circula pelo sangue”.
No estudo, os cientistas analisaram este gene em 21 mil pessoas (14 mil delas não tinham sofrido infarto e sete mil sim) e foram identificadas as 15 mutações mencionadas. Posteriormente, foram analisadas sua presença em cerca de 90 mil pessoas mais.
Estas mutações genéticas são pouco frequentes, e ocorrem em uma a cada 650 pessoas e de forma natural.
“As pessoas com alguma destas mutações apresentavam 12 mg/dL a menos de colesterol LDL se comparaddas com as pessoas sem nenhuma mutação. A presença de alguma destas mutações foi associada a aproximadamente a metade do risco de sofrer um infarto do miocárdio”, resumiu o pesquisador Jaume Marrugat.
Atualmente, existe um fármaco que é utilizado na prática clínica para reduzir os níveis de colesterol, o ezetimiba, que diminui a atividade da proteína NPC1L1 mas, até agora, nenhum estudo tinha demonstrado que também reduz o risco de sofrer infarto.
“Os resultados de nosso estudo sugerem que bloquear a proteína NCP1L1, como faz o fármaco ezetimiba, pode ser uma boa estratégia não só para reduzir o colesterol LDL, mas também para prevenir o infarto do miocárdio”, disse Elosua.
“No entanto, a grande diferença que pode influenciar na efetividade do tratamento contra a mutação está no fato de que as mutações identificadas exercem sua ação desde o nascimento e ao longo de toda a vida, enquanto o fármaco é utilizado somente em caso de necessidade na idade adulta e, portanto, durante um período de tempo mais curto”, acrescentou o investigador.
Desde uma perspectiva farmacêutica, é muito mais fácil desenvolver novos fármacos do que inativar um gene.
“O colesterol LDL é um dos fatores de risco mais importantes para sofrer um infarto do miocárdio. Estima-se que neste ano 120 mil pessoas sofrerão com alguma doença coronária na Espanha, e os resultados abrem a porta a uma nova estratégia para a prevenção desta doença”, concluiu Marrugat
via: INFO.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Oi é condenada por dizer que funcionário não deve ter vida pessoal
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

TECNOLOGIA

TIM Pós e TIM Black são a mesma coisa?

Avatar

Publicados

em

Para quem ainda não conhece, o TIM Pós é a opção para aqueles que não querem se preocupar com recargas. Ele ficou popularmente conhecido como TIM Black, remetendo a um plano mais robusto e cheio de vantagens.

Mesmo se tratando de um mesmo plano, há sempre dúvidas se são opções diferentes. Porém, fique tranquilo, pois iremos mostrar que não importa o nome, mas sim o que o plano oferece.

Neste texto, você vai conhecer mais detalhes sobre o plano móvel pós-pago da TIM e tudo que ele oferece. Continue a leitura.

O que é o plano TIM Black?
Como explicado no início, esse é o plano móvel pós-pago oferecido pela TIM, uma das principais operadoras do país.

Ele é chamado de Black por ser o serviço mais completo da operadora para a categoria. Isso significa que tem mais recursos e vantagens atreladas, assim como um valor elevado por conta do padrão de qualidade.

O TIM Black conta com 4 categorias com características distintas, mas geralmente oferecem:
• Franquia sem bloqueio ao consumir todos os dados contratados;
• Acúmulo de dados para o próximo mês, caso não esgote a franquia;
• Roaming internacional;
• Acesso às principais redes sociais sem consumir dados de internet;
• Assinaturas no Deezer, Banca Virtual e outros serviços incluídas ao plano;
• Minutos e SMS ilimitados para qualquer operadora;
• Desconto na compra de aparelhos.

Além disso, a cobertura da TIM é uma das melhores do Brasil. Não é à toa que a operadora tem como slogan a frase “sem fronteiras”, confirmando a entrega de sinal de qualidade em todo lugar.

Leia Também:  Conheça o novo iPad Mini com Tela Retina

O plano TIM Pós é uma opção para ficar sempre conectado e falar à vontade, sem precisar realizar recargas. Você paga um valor mensal e aproveita tudo que o plano tem para oferecer.

Quais são os planos do TIM Black?
Ao todo são 4 modalidades do plano pós para o celular, assim atendendo a perfis distintos.

Os planos estão disponíveis com alguns recursos citados no tópico anterior. Em geral, mesmo a opção mais básica é bastante completa e atende bem a necessidade dos usuários.

A seguir você conhece em mais detalhes os planos TIM Pós disponíveis.

Tim Black – TIM Pós Social
Trata-se do plano móvel de entrada oferecido pela TIM. A categoria conta com até 20GB de internet por mês, divididos em 10GB para navegar e a mesma quantidade para vídeos.

Nele as redes sociais, chamadas e SMS são ilimitados, assim como alguns aplicativos. O Waze, por exemplo, não consome dados da franquia.

Esta opção de plano está disponível por a partir de R$ 119,99 mensais e você pode acumular 4,5GB de internet no pacote.

TIM Black – TIM Pós B Plus
A opção acumula até 18GB de internet por mês para navegar à vontade. Por conta disso, o valor é um pouco mais em conta que o Pós Social.

No caso, a franquia fica dividida: são 9GB para navegar e outros 9GB para apps de vídeo, como o Netflix, por exemplo.

No TIM Pós B Plus você paga a partir de R$ 99,99 por mês garantindo ligações e SMS ilimitados para qualquer operadora.

Leia Também:  Oi é condenada por dizer que funcionário não deve ter vida pessoal

Também pode acessar o Facebook, Instagram e enviar mensagens pelo WhatsApp sem consumir a franquia.

TIM Black – TIM Pós C Plus

O TIM Black na categoria C Plus tem mais gigas disponíveis para que não falta internet ao longo do mês.

Todas as vantagens dos outros planos estão garantidas nesta opção do TIM Pós a partir de R$ 139,99.

O plano conta com 10GB para vídeos, onde você pode assistir conteúdos na Netflix, YouTube e outros parceiros da TIM. Os outros 10GB são para acessar e-mails, sites diversos e navegar como desejar.

Além disso, você recebe mais 4,5GB para completar a franquia do plano, entrando como um bônus.

TIM Black – Tim Pós D Plus

A última modalidade do plano é também a mais completa oferecida pela TIM. Desta forma, o pacote Pós D Plus traz mais gigas de internet para navegar com tranquilidade.

Esse é o único plano com 15GB em dobro. Além de acessar diversos sites e apps, você tem 15GB disponíveis exclusivamente para ver conteúdos em vídeo.

Por a partir de R$ 179,99 por mês você tem acesso a tudo que o plano oferece com muita qualidade de sinal.

Os planos pós são uma opção que entregam tranquilidade ao assinante, afinal não precisam de recargas. Tendem a ser completos em relação a benefícios também, por isso o valor é mais alto que outras opções.

No geral, são a melhor opção para quem busca comodidade e custo-benefícios.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA