AMARANTE

fatalidade

‘Em acidente que deixou três mortos nesse sábado, ônibus estava em alta velocidade’, afirma PRF

Publicado em

Colônia do Gurgueia

O ônibus que tombou nesse sábado, matando três crianças, segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), estava com excesso de velocidade. O veículo saiu de Brasília e seguia com destino ao município de Parnaíba. O acidente aconteceu por volta das 6h à altura do Km 195 da BR-135, em Colônia do Gurgueia.

“Os policiais estiveram no local do acidente e verificaram que o ônibus seguia na rodovia estadual PI 394 com excesso de velocidade (120km/h) conforme disco tacógrafo, quando, ao tentar realizar a conversão à direita para adentrar a BR 135, não conseguiu completar a manobra, invadiu a contramão de direção, tombou e saiu da pista”, informou a PRF.

A BR-135, segundo a PRF, possuía sinalização de velocidade regulamentar de 60 Km/h. O veículo estava com 48 pessoas entre passageiros, motoristas e funcionários. Ainda de acordo com a PRF, o veículo possuía assentos sem cintos de segurança e outros com cintos inoperantes.

As vitimas fatais, todas do sexo masculino, tinham idades de 4 meses, 2 anos e 9 anos. O motorista, de 56 anos, saiu ileso do acidente. Ela passou por teste do etilômetro com resultado de 0 mg/l, ou seja, negativo para alcoolemia.

Leia Também:  Em Amarante, 'Operação Divisa Segura' prende suspeito de tráfico e apreende drogas, dinheiro e munição

Dados da PRF, apontam que o fator principal do acidente foi a reação tardia por parte do condutor, além da velocidade considerada incompatível com o trecho da via.

O condutor foi conduzido a delegacia de polícia civil para prestar esclarecimentos, juntamente com o veículo para ser feito a perícia.

Com informações do Cidade Verde

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Colônia do Gurgueia

Bancária, sobrinha do prefeito de Colônia do Gurgueia, é encontrada morta em Teresina

Publicados

em

A sobrinha do prefeito Raimundo Crispim, do município Colônia do Gurguéia, foi encontrada morta na noite dessa quinta-feira (24) em seu apartamento em Teresina. Bancária, Maria Vivência Almeida Silva – de 50 anos, morreu na tarde de ontem. A suspeita inicial aponta para uma parada cardíaca.

A causa da morte da bancária não foi divulgada ainda. Em nota, o Sindicato dos Bancários do Piauí lamentou a morte de Maria Vivência, prestando solidariedade aos amigos e familiares.

NOTA DO SINDICATO
O Sindicato dos Bancários do Piauí (SEEBF/PI) e toda sua Diretoria lamentam profundamente a morte prematura da Sra. Maria Vicência Almeida Silva, que faleceu na noite desta quinta-feira (24/06). Ela trabalhava no BNB, Agência Teresina Centro. Expressamos as nossas mais sinceras condolências à família e amigos por esta inestimável perda.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Presidente Bolsonaro reage bem, e equipe médica acredita que intervenção cirúrgica está descartada
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA