AMARANTE

Piauí

Criança fura o pé com prego e não encontra vacina contra o tétano em hospitais de Teresina

Publicado em

Piauí

O presidente da Associação de Moradores do bairro Promorar, identificado por Carlos Silva, esteve no programa Agora, nesta quarta-feira, 6, e, sob forma de denúncia, ele afirma que seu neto não conseguiu a vacina contra o tétano, após furar o pé com um prego.

Ele disse que esteve no hospital do Promorar e foi transferido para para outro hospital por não ter a vacina em estoque. “A criança não recebeu a vacina no hospital do Promorar. Ela criança furou o pé e, chegando lá, a Dra. pediátrica Marina Neiva, examinou a criança e passou a vacina, mas, no setor de vacinação, nós fomos surpreendidos por não ter a vacina. Eu perguntei se poderia encontrar no Parque Piauí e ela me respondeu que em qualquer hospital não há vacina.”

Carlos Silva pede providências e que o legislativo possa cobrar soluções para situações como à sua. “Nós, que somos esclarecidos, sabemos procurar nossos direitos e podemos até mesmo pagar uma vacina, mas quem não tem a condição devida para isso? No país existem leis, mas não há quem fiscalize. Nós precisamos que os vereadores vejam de que forma a população está atendida. Eu moro há 32 anos no Promorar e fico indignado em ver tudo isso.”

Leia Também:  Notas de alunos da Rede Estadual de Ensino do PI serão entregues aos pais via celular e por e-mail

Por fim, ele manifesta insatisfação em relação às promessas feitas e não cumpridas pelos políticos do Estado. “Todos dizem nas campanhas que vão resolver os problemas na Saúde, na Educação, mas quando passa a eleição ninguém faz nada”, conclui ao assegurar que se dirigiu a uma farmácia e comprou a vacina.

Edição e postagem: Denison Duarte

Com informações da Rede Meio Norte

COMENTE ABAIXO:

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Piauí

Caravana – Na Escola, Cabem [email protected]: Projeto do MPPI é apresentado durante Encontro Estadual da UNCME

Publicados

em

O projeto “Caravana – Na Escola, Cabem [email protected]”, desenvolvido pelo Centro de Apoio Operacional de Defesa da Educação e Cidadania (CAODEC), do Ministério Público do Estado do Piauí (MPPI), foi apresentado, nesta quinta-feira(11), durante o Encontro Estadual da União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação, realizado no auditório da Associação Piauiense de Municípios(APPM).

Realizado em parceria com a UNCME Nacional, o Encontro teve como tema central: “Políticas Educacionais no contexto atual: o desafio dos Conselhos da Educação e demais órgãos de controle” e reuniu conselheiros municipais de Educação e outros representantes de entidades e órgãos ligados à área da educação.

A coordenadora do Caodec e promotora de Justiça Flávia Gomes apresentou aos partícipes do evento o projeto do MPPI, que tem como objetivo fomentar nos municípios piauienses a elaboração de planos de educação inclusiva e criação de Comitês de Defesa da Educação.

Parte do Plano Geral de Atuação Finalística (PGA) para o biênio 2022-2023, o projeto “Na escola, cabem [email protected]”, tem sido desenvolvido por meio de oficinas nos Polos Regionais do Estado do Piauí, onde gestores e profissionais da educação estão passando por formações, que objetivam o despertar para uma educação inclusiva, compreendendo os aspectos: pedagógico, estrutural, social e orçamentário.

Leia Também:  Com suspeita de depressão, idoso morre no Piauí depois de molhar corpo com gasolina e atear fogo

Além do projeto, a apresentação da representante do MPPI abordou a educação como direito social e instrumento da construção da cidadania. Após a explanação, a coordenadora da UNCME, Maria Antônia da Silva (Lilica), mediou um momento de perguntas do público para Flávia Gomes.

PGA 2022-2023

O PGA é um instrumento de planejamento estratégico que reúne os projetos institucionais prioritários, a serem implementados articuladamente por diversos órgãos de execução, para melhoramento de indicadores sociais nas áreas de atuação ministerial, como meio ambiente, direito do consumidor, saúde, educação e cidadania, infância e juventude e combate à criminalidade e à improbidade administrativa. O tema do PGA 2022-2023 é #MPPIPorTodoOPiauí.

Fonte: Ministério Público do PI

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA