AMARANTE

Geral

Conheça 6 espécies de animais prontos para torcerem para o Brasil na Copa do Mundo

Publicado em

Geral

Se você se veste nas cores da seleção brasileira para torcer durante a Copa do Mundo, saiba que não está sozinho. Além de outras pessoas, algumas espécies de animais também fazem parte desse “grupo verde e amarelo”.

Cobras, aves, insetos e peixes podem facilmente representar as cores de nosso país durante o mundial. Os animais encantam pela singularidade, e chamam a atenção por conta de tamanha beleza.

Confira a lista abaixo:

Guaruba

Conhecida também como Ararajuba, trata-se de uma ave encontrada no norte do nosso país. Elas chegam a medir 35 centímetros de comprimento, com uma plumagem amarela com verde.

Guaruba
Guaruba

Pitão-verde-arborícola

A espécie cientificamente conhecida como Morelia viridis, é uma cobra não venenosa encontrada na Nova Guiné, Austrália e ilhas da Indonésia. Exclusivamente arbórea, ela tem como cor predominante o verde, mas algumas possuem variações com a mistura do amarelo.
Pitão-verde-arborícola
Pitão-verde-arborícola

Gaturamo bandeirinha

Esta ave conhecida como Chlorophonia cynea, e apelidada como Bonito-do-campo, é uma espécie brasileira. Os machos possuem cabeça, garganta e peito verdes. O ventre é amarelo, e o dorso azul.
Gaturamo bandeirinha
Gaturamo bandeirinha

Leia Também:  Banco do Brasil já destinou R$ 114 bi ao Plano Safra

Saíra-dourada

Com nome científico de Tangara cyanoventris, ela é apelidade por muitas pessoas de douradinha. A ave vive nas áreas altas da Mata Atlêntica e é caracterizada pela mistura de cores em sua plumagem.
Saíra-dourada
Saíra-dourada

Besouro verde e amarelo

Os coleópteros, ou cientificamente Coleoptera,fazem parte dos populares besouros. As variações de cores podem ocorrer em diversas espécies.
Besouro verde e amarelo
Besouro verde e amarelo

Moreia

As moreias são peixes ósseos e anguiliformes. Fazem parte da família dos murenídeos. Caracterizam-se pelo corpo longo e cilíndrico.
Moreia
Moreia
Fonte: Topbiologia

COMENTE ABAIXO:

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Geral

Sinal 5G começará a funcionar em Brasília na quarta-feira

Publicados

em

Brasília será a primeira capital do país a ter a rede 5G em funcionamento na telefonia móvel. Segundo o conselheiro e vice-presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Moisés Moreira, o sinal será liberado em Brasília nesta quarta-feira (6).

Em participação no evento Teletime Inc, em São Paulo, o grupo técnico da Anatel encarregado de avaliar a desocupação da faixa de 3,5 gigahertz (GHz) aprovou a ativação do sinal 5G na capital federal no fim da tarde de hoje (4). Segundo Moreira, as próximas capitais a terem a tecnologia liberada serão Belo Horizonte, Porto Alegre e São Paulo, sem data prevista por enquanto.

Moreira preside o grupo da Anatel responsável pela liberação das frequências 3,5 GHz, por onde transitará o sinal da telefonia 5G. Atualmente, essa faixa ainda está ocupada por empresas de antena parabólica que operam com a tecnologia Banda C e estão atrasadas com a migração para outra frequência, chamada de Banda Ku.

Originalmente, o edital do leilão do 5G, realizado em novembro do ano passado, previa que todas as capitais deveriam ser atendidas pela telefonia 5G até 31 de julho. No entanto, problemas com a escassez de chips e com atrasos na produção e na importação de equipamentos eletrônicos relacionados à pandemia de covid-19 provocaram atrasos no cronograma.

Leia Também:  Portaria do INSS detalha procedimentos para atendimento presencial

O prazo para o funcionamento do 5G em todas as capitais passou para 29 de setembro. Segundo Moreira, o lançamento da rede 5G em Brasília servirá como teste, com a Anatel e as operadoras instalando filtros anti-interferência. Também está prevista a distribuição de decodificadores da Banda Ku à população de baixa renda que usa antenas parabólicas antigas que operam na Banda C.

Edição: Aline Leal

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA