AMARANTE

Brasil

Wilson Witzel e mais 11 são denunciados pelo MPF por organização criminosa

Publicado em

Brasil

O Ministério Público Federal (MPF) denunciou ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) o governador afastado Rio de Janeiro, Wilson Witzel, por organização criminosa.

Com ele, outras 11 pessoas, incluindo a esposa Helena Witzel, estão entre os integrantes do esquema.

O grupo, segundo a subprocuradora-geral da República, Lindôra Araújo, atuou de forma semelhante aos dois últimos governadores do Rio, com estrutura e divisão de tarefas em quatro núcleos básicos: econômico, administrativo, financeiro-operacional e político.

Provas recolhidas nas operações Favorito, Placebo e Tris in idem, além de colaborações premiadas, embasam a denúncia.

“A organização criminosa chefiada por Wilson Witzel é lastreada em três principais pilares, liderados por Mário Peixoto; Pastor Everaldo, Edson Torres e Victor Hugo; José Carlos de Melo”, destacou Lindôra Araújo.

O grupo , de acordo com as investigações, teria iniciado as atividades no ano de 2017 com cooptação de Witzel para concorrer ao governo, que recebeu – ainda quando era juiz federal, cerca de R$ 1 milhão.

Wilson Witzel disse em nota ser uma pessoa idônea e declarou ainda que “vazamento do processo sigiloso” tem interesses políticos. Por fim, atacou o ex-secretário Estadual de Saúde: “o único dinheiro ilícito encontrado, até agora, estava com o ex-secretário Edmar Santos.”

Com informações do R7

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Corpo de Bombeiros resgata homem e cavalo que caíram em poço de 20 metros
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Brasil

Jovem estudante ganha bolsa de estudos para universidade na Espanha, mas teme não realizar o sonho

Publicados

em

O jovem estudante José Andersson Braga de Abreu, natural de São João do Rio do Peixe, no Sertão da Paraíba, ganhou uma bolsa de estudos para cursar Engenharia Civil na Universidade de Jaén, na Espanha.

Ele conquistou a primeira colocação na seleção do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif). Eram apenas duas vagas para todo o Brasil.

“Sinceramente quando eu soube do resultado fiquei sem reação, pois não acreditei que seria capaz de ser selecionado, já que estava concorrendo com excelentes alunos da rede federal de ensino, cada um com incríveis capacidades. Mas quando […] a ficha caiu, fiquei extremamente feliz”, contou ao g1.

Para José Andersson, o desafio agora é se adaptar a uma nova cultura, que é totalmente diferente da sua no Nordeste do Brasil. Segundo ele, a “oportunidade de crescimento”, é tão grande que lhe fez diminuir o medo.

Outro desafio para ele é a condição financeira de chegar até a Espanha. Segundo ele, a bolsa que ganhou paga as mensalidades do curso, o seguro saúde e um curso de espanhol. Ele terá ainda um auxílio de 2.200 euros, que será destinado ao alojamento durante o ano, o que equivale a um valor mensal de 180 euros.

Leia Também:  Jogo entre Flamengo x Athletico Paranaense vai marcar a volta das torcidas ao Maracanã

Em meio às despesas do estudante, ele ainda vai precisar de passaporte, visto e passagens aéreas, um custo aproximado de R$ 6 mil, despesas que a família não tem como custear.

Os amigos de José Andersson fizeram uma vaquinha na internet, mas os resultados não foram satisfatórios. Por causa dessa dificuldade, ele não sabe se vai conseguir realizar o sonho de estudar em outro país.

Atualmente ele está cursando Engenharia Civil no campus do Instituto Federal da Paraíba (IFPB), no município de Cajazeiras, na região do Sertão. Na mesma instituição, o jovem fez o Curso Técnico em Edificações integrado ao Ensino Médio.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA