AMARANTE

Câmara de Amarante

Vereadores de Amarante se reúnem com secretário de Segurança do Piauí

Publicado em

Câmara de Amarante

vereadores de Amarante secretário de segurança

Legisladores de Amarante, acompanhados do deputado estadual – o médico Francisco Costa (PT), estiveram na manhã desta quinta-feira (14) em Teresina para uma reunião com o secretário de Estado da Segurança, Rubens Pereira.

O objetivo dos vereadores em promover o encontro foi solicitar uma viatura para Amarante, e também a reforma da Delegacia de Polícia Civil e do Grupamento de Polícia Militar (GPM).

De acordo com os vereadores, a argumentação foi embasada nas condições de precariedade de atendimento à população.

Como resposta, os legisladores foram informados pelo secretário de estado que “a conclusão de um processo que está em andamento para aquisição de novas viaturas para o estado irá contemplar Amarante”, mesmo não tendo prazo ainda definido.

Além do deputado Francisco Costa, participaram do encontro com o secretário a presidente da Câmara – Mylana Vilarinho, e os vereadores Rudyfran Ferreira, Jailton (Espoleta) e Luiz Rocha Sobrinho.

Eles asseguram que nos próximos dias deve acontecer uma visita às estruturas das duas polícias para elaboração e, se possível, execução de um projeto de organização que possibilite a unificação das duas polícias.

Leia Também:  Câmara de Vereadores homenageia as 'Mulheres Destaques 2017' em Amarante nesta sexta-feira

O pedido dos vereadores reforça um apelo do prefeito Diego Teixeira que teve a reforma da delegacia prometida em junho de 2017 pelo então secretário de Segurança Fábio Abreu.

Ao Somos Notícia, o então secretário garantiu celeridade nas etapas do processo para a execução da ação em Amarante. “A delegacia vai ser reformada. Já estamos encaminhando o pessoal para a execução da obra o mais rápido possível. Infelizmente, nós temos a parte burocrática desse país, o que termina, às vezes, atrapalhando o que a gente pretende fazer com mais rapidez. Nós vamos, inclusive, acelerar esse processo burocrático para que consigamos essa reforma o mais rápido possível.”

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Câmara de Amarante

Câmara de Vereadores aprova Projeto de Lei que concede abono salarial aos professores de Amarante

Publicados

em

Os vereadores de Amarante estiveram na noite de ontem realizando a última sessão ordinária de 2021 para votação de requerimentos, projetos de lei e indicações dos legisladores. Em seguida, a partir das 20h30, houve uma sessão extraordinária para votação de Projetos de Lei do Executivo Municipal.

As proposições do Executivo são relativas ao abono salarial dos professores de Amarante (Projeto de Lei 014/2021) e à reorganização da estrutura administrativa e funcional da Prefeitura.

“Além das justificativas jurídicas, tem-se que o projeto é de grande relevância para a valorização destes servidores”, diz a justificativa ao projeto, que dispõe sobre autorização de pagamento do abono aos professores de Amarante.

Outra aprovação foi do Projeto de Lei nº 15/2021, que dispõe da reorganização da estrutura administrativa e funcional da Prefeitura Municipal de Amarante. A apresentação do projeto foi realizada pelo assessor Josineide Amorim, da Secretaria de Administração.

“O presente Projeto de Lei visa atualizar e enquadrar o quadro administrativo funcional à nova realidade do nosso município, em consonância com as muitas reformulações e reestruturas nas políticas públicas no âmbito administrativo”, pontua a justificativa apresentada pelo líder do governo, Luan Brandão.

Leia Também:  Vereadores de Amarante aprovam projeto de Lei que regulamenta gratificação do PMAQ

Amplamente debatidos pelos vereadores, os projetos obtiveram aprovação durante a sessão, que foi presidida pelo vereador Campelo.

Na ocasião da última sessão ordinária foram apresentados Projetos de Leis, indicações e requerimentos para discussão e votação dos parlamentares.

Fotos: Gisele Duarte | Somos Notícia

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA