AMARANTE

projeto político

Não quero discutir política com o PCdoB, PSOL e PT, diz senador Ciro Nogueira

Publicado em

POLÍTICA

O senador Ciro Nogueira afirmou que está construindo um projeto político alternativo no Piauí que transmita confiança aos piauienses. A informação foi dada durante entrevista ao programa Notícias da Manhã na Cidade Verde nessa segunda-feira (21) ao ser questionado sobre a confirmação da sua candidatura ao Governo do Estado em 2022.

“Nós temos como ter um Piauí mais envolvido, com mais empregos gerando muita renda. Pelo menos nos últimos 20 anos vai ser a primeira vez que nós vamos ter um grupo político muito forte na oposição, porque acho que já existe uma expectativa na população que esse ciclo do Partido dos Trabalhadores está se encerrando no nosso estado”, disse ele.

Rumo às eleições de 2022, segundo o senador, o Progressistas está aberto a caminhar com diversos partidos, mas ele foi incisivo ao afirmar com quais partidos não quer diálogo. “Eu costumo dizer que eu só não quero discutir política com o PC do B, PSOL e PT. Todos os partidos nós temos diálogo e com boas expectativas no próximo ano.”

Leia Também:  Ciro Nogueira lamenta morte de Firmino Filho: "um acontecimento que nos choca"

Quanto aos parlamentares que ainda estão com cargos junto ao governador Wellington Dias, o senador diz que a possível ida deles ao Progressistas vai depender muito da expectativa de vitória no próximo ano.

“A vinda vai depender muito dessa expectativa. O Progressistas, hoje, é o partido que tem a melhor chapa, tanto federal quanto no estadual. Acho que isso será decisivo na escolha, além do alinhamento que é mais do que natural com o seu partido”, finalizou.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍTICA

Mesa Diretora se reúne na segunda-feira para discutir a eleição de conselheiro do TCE-PI

Publicados

em


O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Themístocles Filho (MDB), convocou, no início da sessão plenária desta terça-feira (3), uma reunião da Mesa Diretora do Poder para a próxima segunda-feira (9), às 10 horas, quando será debatido o processo de escolha do novo conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE) em substituição ao conselheiro Luciano Nunes, que se aposentou.

Themístocles Filho disse que a eleição do novo conselheiro será feita pela Assembleia Legislativa, de acordo com o que determina as Constituições Federal do Brasil e do Estado do Piauí, bem como o Regimento Interno da Casa. Ele assinalou que todos os deputados poderão participar da discussão do processo de eleição que será deflagrado após a divulgação da data e dos locais das inscrições dos candidatos.

O deputado B. Sá (Progressistas), que secretariou os trabalhos da sessão plenária, leu um ofício da presidente do TCE, conselheira Lilian Martins, comunicando a vacância do cargo de conselheiro que era ocupado por Luciano Nunes.

Leia Também:  Warton Lacerda participa da entrega de ambulância doada pela CBF ao Hospital da PM-PI

Themístocles Filho confirmou que a eleição do novo conselheiro ocorrerá no próximo mês de setembro. pelo menos seis parlamentares já manifestaram interesse em disputar a vaga de conselheiro do TCE, incluindo a vice-presidente da Assembleia Legislativa, deputada Flora Izabel (PT), e os deputados Franzé Silva (PT), Ziza Carvalho (PT), Wilson Brandão (Progressistas), Zé Santana (MDB) e Flávio Nogueira Júnior (PDT).

J. Barros – Edição: Katya D’Angelles

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA