AMARANTE

ESPORTES

Santos marca no fim, vence Linense fora e salva estreia de Damião

Avatar

Publicado em

ESPORTES

A partida entre Linense e Santos era uma das mais aguardadas da sexta rodada do Campeonato Paulista, graças à estreia do atacante Leandro Damião com a camisa alvinegra. E, apesar de o novo camisa 9 não ter conseguido balançar as redes em seu primeiro jogo, a equipe visitante marcou no fim e venceu o time da casa por 2 a 1 nesta quinta-feira, em duelo realizado no Estádio Gilberto Siqueira Lopes.

O resultado manteve o Santos invicto e na liderança do Grupo C do Campeonato Paulista, agora com 16 pontos e a seis do segundo colocado São Bernardo. O Linense, por sua vez, estacionou nos sete pontos no Estadual e continuou no terceiro posto do Grupo A, que tem São Paulo e Penapolense na frente.

 No jogo desta quarta, o primeiro tempo foi fraco em Lins. O Santos jogou melhor, mas pecou no toque final ao gol. O estreante Leandro Damião chegou até a balançar as redes, mas otento foi anulado, por impedimento. No lance, Mena cruzou na medida para o camisa 9. O centroavante fez de cabeça, mas o assistente apontou irregularidade.

Leia Também:  Homem morre após briga de torcidas do Santos e Corinthians em São Paulo

Na etapa complementar, o time alvinegro continuou ligeiramente melhor e abriu o placar ainda aos 16min de bola rolando. Cícero dominou na meia lua e deu lindo passe para Thiago Ribeiro, que tirou do goleiro e bateu para o gol vazio. Contudo, o Linense empatou no minuto seguinte: após batida de falta na área, a bola foi desviada na trave, Rodrigo Tiuí aproveitou a confusão na sobra e tocou no canto esquerdo de Aranha.

 Quando tudo se encaminhava para o empate em Lins, o Santos aplicou um contra-ataque mortal, aos 38min, e definiu a fatura. Thiago Ribeiro roubou a bola no meio-campo e lançou na frente para o jovem Stéfano Yuri, que aproveita falha do zagueiro e completou para o fundo das redes, dando números finais ao marcador.

 O Santos volta a campo pelo Campeonato Paulista apenas na terça-feira, às 19h30, quando encara o Comercial, na Vila Belmiro, em duelo que marcará a estreia de Damião no estádio santista. Já o Linense joga no domingo, no Canindé, contra a Portuguesa.

COMENTE ABAIXO:
Avatar

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

ESPORTES

Com uniformes adaptados, CPB inicia contagem regressiva para Tóquio

Avatar

Publicados

em


Os uniformes que a delegação do Brasil utilizará na Paralimpíada de Tóquio (Japão) foram lançados nesta segunda-feira (17), em live (transmissão ao vivo) do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) em suas páginas no Facebook e no YouTube.  O evento ocorreu nesta tarde, na Japan House São Paulo – espaço cultural na Avenida Paulista –  marcando simbolicamente a contagem regressiva de 100 dias para os Jogos, iniciada ontem (16).

Lorena Spoladore e guia Renato Ben Hur - Paralimpíada - Tóquio - uniforme - Brasil Lorena Spoladore e guia Renato Ben Hur - Paralimpíada - Tóquio - uniforme - Brasil

Ao lado do guia Renato Ben Hur, a velocista Lorena Spoladore elogiou as etiquetas em braile: item vai he possibilitar vestir o uniforme sem ajuda de terceiros – Alexandre Urch/Exemplus/CPB/Direitos Reservados

Assim como nos Jogos Parapan-Americanos de Lima (Peru) em 2019, os trajes foram desenvolvidos pelo próprio Comitê. Os equipamentos têm itens de acessibilidade, como um zíper ergonômico para atletas com limitação motora e articular nas mãos ou calças com abertura lateral na barra para facilitar a passagem da prótese nos membros inferiores. Os tops, por sua vez, possuem alças retas e sem o cruzamento nas costas, para auxiliar a vestimenta dos esportistas com deficiências visuais.

Leia Também:  Doni desiste de retorno aos gramados e anuncia aposentadoria

“A etiqueta em braile [interna] foi um grande diferencial nesta coleção. Com certeza, vai dar mais autonomia para os atletas com deficiência visual. Geralmente, tínhamos que pedir para os nossos guias me auxiliarem no momento de me arrumar. Agora, vou conseguir preparar o uniforme sozinha”, disse a velocista Lorena Spoladore, da classe T11 (cego total), em nota à imprensa do CPB.

“Pensar na pessoa com deficiência na hora de desenvolver uma roupa é promover a inclusão e, ao mesmo tempo, no desempenho esportivo”, completou a atleta Raissa Rocha, do lançamento de dardo pela classe F56 (cadeirantes). 

A estimativa do CPB é que o Brasil tenha uma delegação com 230 representantes em Tóquio. Segundo a entidade, 178 atletas de 14 modalidades já garantiram vaga. Os últimos foram Adriana Azevedo, Mari Santilli e Giovane Vieira de Paula, que asseguraram lugar nos Jogos no último sábado (15), durante a Copa do Mundo de paracanoagem, em Szeged (Hungria).

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Leia Também:  Obra descumpria as normas trabalhistas

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA