AMARANTE

Internacional

Robô mata o vírus do ebola usando o poder da luz

Publicado em

Internacional

O ebola se tornou uma epidemia na África, devastando centenas de vidas. Também surgiram alguns casos isolados nos EUA e Europa, que estão mais preparados para lidar com a doença. Além de instalações médicas mais avançadas, eles podem contar com este robozinho que mata o vírus do ebola usando luz ultravioleta.

Você já conhece os raios UV-A e UV-B, que deixam a pele bronzeada ou causam queimaduras, dependendo de sua intensidade. No entanto, o robô da Xenex produz ultravioleta-C, que é normalmente filtrada pela camada de ozônio da Terra.

Por causa disso, bactérias e vírus não têm defesas contra os raios UV-C: o DNA deles absorve a luz e sofre danos, matando os germes e impedindo que eles infectem outras pessoas.

O vídeo acima demonstra como ele é utilizado: primeiro, o enfermeiro expõe todas as superfícies de contato – laterais da cama, gavetas etc. – para a luz ultravioleta ter mais eficácia. Depois, ele coloca um cone preto próximo à porta do quarto: dessa forma, o robô pode detectar movimentos e parar de funcionar caso entre alguém (raios UV-C são danosos para humanos também).

Leia Também:  Pai injeta sangue infectado com HIV no filho para não pagar pensão

Há ainda um cone laranja para colocar fora do quarto: ele alerta que ninguém pode entrar, e avisa quando o robô tiver terminado seu trabalho. Também é possível interromper manualmente a emissão de UV-C usando este cone. Vale notar que essa luz ultravioleta não pode atravessar paredes, vidro ou janelas.

Este robô está sendo usado em Dallas, onde os médicos estão tratando o primeiro paciente do ebola nos EUA. No entanto, ele pode matar outros germes, como C. difficile (que causa inflamação do cólon) e MRSA.

Fonte:MSN

COMENTE ABAIXO:

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Internacional

Documentação para entrada em Portugal

Publicados

em

Quem pensa em ir para Portugal, realizar a solicitação da cidadania portuguesa pode ser interessante em caso de moradia definitiva, caso contrário, uma documentação simples já é suficiente. Ao término de sua leitura você terá entendido o porquê.

Conhecendo Portugal

Portugal é um dos 20 destinos mais visitados do mundo, recebe anualmente cerca de 15 milhões de turistas brasileiros. A paisagem marcante, a gastronomia tradicional, praias e a receptividade dos portugueses são os pontos chaves para a escolha deste pais como destino.

Portugal é um país desenvolvido, com bom padrão de qualidade de vida, excelente índice de desenvolvimento humano.

Se você tem interesse em conhecer Portugal, não deixe de visitar: Lisboa, Madeira, Algarve, Barcelona, Vale Douro, Ilha de Porto Santo e Alentejo.

Documentos necessários para entrar em Portugal

Se você é brasileiro e esteja planejando a sua viagem a Portugal apenas por turismo, trabalho, ou missão cultural, veja o que o Consulado Geral de Portugal orienta quanto à documentação requerida: 

  • Passaporte válido, estando a validade superior a 3 meses da duração da estadia;
  • Bilhete da passagem aérea de ida e volta;
  • Comprovante da sua hospedagem;
  • Caso vá em viagem de trabalho, apresente um comprovante de vínculo ou de sua atividade profissional no Brasil, emitido por seu contratante (seja ele privado ou público);
  • Comprovantes assegurando sua condição financeira para ficar no país (75 euros pela entrada mais 40 euros por dia, ou seja se for ficar 10 dias, 475 euros).
Leia Também:  Nelson Mandela foi o termo mais buscado no Google em 2013

Para entrar em Portugal, é necessário cumprir os requisitos. Em caso negativo, sua entrada será impedida. Uma vez em Portugal, poderá ficar por até 90 dias. 

Caso deseje ficar mais tempo, esse prazo pode ser prorrogado por mais 90 dias ou até mais, porém, em outras situações seu visto será exigido.

Viajar para Portugal é encantador, os destinos são lindos, os habitantes atenciosos. Essa viagem pode facilmente gerar o desejo de morar no país ou em qualquer outro do continente. 

Pensando nisso, você poderá solicitar a cidadania portuguesa se for estrangeiro filho de português (nascido em Portugal ou com cidadania).

A cidadania portuguesa substitui a necessidade de visto em caso de estadias longas no país. Além disso, permite:

  • Morar em qualquer país da Europa;
  • Viajar para os EUA, Japão ou Canadá sem visto;
  • Melhor qualidade de vida;
  • Melhores oportunidades de estudos;
  • Menos burocracias;
  • Menos impostos a pagar;
  • Não precisa ter de visto de cônsul;
  • Poder transitar facilmente pelo continente europeu.
Leia Também:  Pai injeta sangue infectado com HIV no filho para não pagar pensão

Conclusão

A documentação para entrada em Portugal é relativamente simples em se tratando viagens de até 90 dias. 

Caso haja interesse em permanecer morando no país, é mais interessante que seja investigada a possibilidade de solicitar a cidadania portuguesa. 

Porém, caso não se tenha o requisito de ser descendente de português, a solicitação de visto é necessária para a permanência.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA