AMARANTE

avaliação médica

Transferido para São Paulo, Bolsonaro será avaliado sobre possível cirurgia de emergência

Publicado em

Brasil

O presidente Bolsonaro chegou a São Paulo, onde vai ser internado para exames em razão de uma obstrução intestinal. Os médicos avaliam a situação para confirmar se haverá necessidade de procedimento cirúrgico.

Ele foi internado durante a madrugada no Hospital das Forças Armadas, em Brasília, após sentir fortes dores abdominais. Jair Bolsonaro vinha se queixando de soluços persistentes nos últimos dias.

O cirurgião Antonio Macedo, que acompanhou o presidente desde a facada em 2018, foi acionado após o presidente ser internado sentindo dores abdominais, devendo o médico ficar responsável pela avaliação das condições do presidente após a transferência.

O presidente chegou a São Paulo, por volta das 18h54 desta quarta-feira (14) num avião da Força Aérea Brasileira (FAB), em Congonhas. Bolsonaro foi transferido para o Hospital Vila Nova Star para atendimento com o cirurgião gástrico Antonio Luiz Macêdo. O médico cuida do presidente desde a facada.

O quadro de obstrução intestinal levou o presidente à realização de novos exames e avaliação da necessidade de uma cirurgia de emergência.

Leia Também:  Prefeitura do Rio interdita 58 estabelecimentos comerciais

Uma publicação feita pelo filho do presidente, Flávio Bolsonaro, confirma que trata-se de mais um desafio do presidente.”Mais um desafio, consequência da tentativa de assassinato promovida por antigo filiado ao PSOL, braço esquerdo do PT, para impedir a vitória de milhões de brasileiros que queriam mudanças para o Brasil. Um atentado cruel não só contra mim, mas contra a nossa democracia.”

Ele finalizou agradecendo a todos pelo apoio e orações. “É isso que nos motiva a seguir em frente e enfrentar tudo que for preciso para tirar o país de vez das garras da corrupção, da inversão de valores, do crime organizado, e para garantir e proteger a liberdade do nosso povo.”

Foto: perfil do senador Flávio Bolsonaro
Transferido para São Paulo, Bolsonaro será avaliado sobre possível cirurgia de emergência

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Brasil

Incêndio atinge parque aquático em Goiás; não há feridos

Publicados

em


Um incêndio atingiu, no início da tarde de hoje (22), o parque aquático Hot Park, em Rio Quente, no estado de Goiás. O fogo se espalhou pela cobertura do restaurante, feita de palha.

Segundo a assessoria do Corpo de Bombeiros de Goiás, o acidente foi ocasionado por fagulhas vindas de um incêndio florestal, ocorrido na área externa do parque. Por volta das 15h o incêndio já estava controlado pelos bombeiros, restando apenas a extinção de pequenos focos.

“Guarnições do 9º BBM foram acionadas para uma ocorrência de incêndio em um restaurante dentro do Hot Park provocado pelo avanço de um incêndio florestal. O incêndio já está controlado, porém as equipes ainda trabalham na extinção de pequenos focos e no rescaldo”, informou o Corpo de Bombeiros, em nota. A corporação recebeu vídeos de civis próximos ao local. Nas imagens, é possível ver o fogo destruindo a cobertura do restaurante.

O incêndio destruiu o restaurante, mas as demais áreas do parque não foram atingidas. Em nota, o Hot Park informou que o parque foi evacuado e que não houve feridos. A área do restaurante foi isolada e não comprometerá a reabertura do parque amanhã (23).

Leia Também:  Comércio e bancos abrem normalmente em São Paulo amanhã

“Imediatamente a Brigada de Incêndio foi acionada e agiu rapidamente para conter o fogo – sob controle – e evacuar a área. O Corpo de Bombeiros também foi acionado. Não há feridos. Os clientes foram orientados a evacuar o parque, por prevenção e seguindo os protocolos de segurança definidos pelo Corpo de Bombeiros. A única área afetada foi a do restaurante, que está isolada”, disse o Hot Park, em comunicado divulgado em suas redes sociais.

Edição: Nádia Franco

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA