AMARANTE

Piauí

Parque Nacional de Sete Cidades faz 60 anos e reabre com o Desafio das Opalas

Publicado em

Piauí

Programação, roteiro e todo o circuito de seis quilômetros demarcado para a grande largada do Desafio das Opalas, prova de mountain bike que acontecerá no próximo domingo (26), valendo pela 5ª etapa do Campeonato Piauiense de Mountain Bike Cross Country, dessa vez na disciplina XCO, que é o cross country olímpico. Pela segunda vez, a Federação de Ciclismo do Piauí – FCP obteve a licença para realizar o desafio dentro da área do parque, em Piracuruca, que ainda celebra a passagem dos 60 anos de fundação, completados no ano passado. A última edição que aconteceu lá foi em 2019, antes da pandemia de Covid-19. A diferença este ano é que a prova não será na disciplina XCM.

Homologada pela FCP, o Desafio das Opalas começa no sábado (25), com o briefing para os competidores, que será feito virtualmente, às 18h30 horas, e pode ser acompanhado pelas páginas do Instagram do Desafio das Opalas e também da FCP. No domingo, a largada será dada por grupos de categorias às 9 horas da manhã do Centro de Visitantes do Parque Nacional de Sete Cidades. A premiação acontecerá no mesmo local, a partir de 12h30.

Leia Também:  Uso de máscaras e passaporte de vacina continuam obrigatórios para ingresso na Defensoria Pública do Piauí

O parque que possui uma área de 7.700 hectares protegida pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) é cheia de belas paisagens naturais rochosas, além da vegetação de caatinga nativa, cachoeiras e piscinas naturais. O presidente da FCP, Fernando Correia Lima, afirmou que para garantir a segurança do local, as inscrições foram limitadas a 200 atletas inscritos tanto das categorias oficiais, que contam com atletas federados, quanto das abertas, que terá as categorias masculino e feminino, duplas e pesadão.

O circuito deste domingo privilegia um roteiro que passa por cada uma das sete cidades de pedras que caracterizam o parque, as quais foram esculpidas ao longo de milhares de anos pelo calor, sol, chuvas, e criaram naturalmente imagens que lembram figuras humanos, animais, símbolos, além do local ser cercado de mitos e lendas.

O Desafio das Opalas já conta com cerca de 150 ciclistas inscritos. Muitos irão conquistar pontos valiosos para se manterem ou desgarrarem no ranking estadual de MTB XCO. A realização do evento é da Fundação Quixote, com supervisão da FCP e CBC. Coprodução: X-Brasil. O evento tem patrocínio do Governo do Estado do Piauí, por meio da Coordenadoria de Comunicação – CCOM. As inscrições e regulamento estão abertas no site www.agendaoffroad.com.br.

Leia Também:  Automóvel pega fogo no Centro de Teresina; veja vídeo!
Fonte: Governo PI

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Piauí

MPPI obtém decisão favorável para que Estado do Piauí resolva problema de superlotação em penitenciária de Floriano

Publicados

em

Foto: o Promotor de Justiça Danilo Henriques (no centro) inspecionou a Penitenciária Vereda Grande

A 4ª Promotoria de Justiça de Floriano obteve decisão liminar favorável em ação civil pública (ACP) ajuizada com o objetivo de viabilizar o remanejamento de presos da Penitenciária “Gonçalo de Castro Lima” (Vereda Grande).

A ação foi proposta pelo Promotor de Justiça Danilo Carlos Ramos Henriques, que havia realizado inspeção na unidade prisional, em maio deste ano. O representante do Ministério Público constatou que 291 detentos estavam sob custódia no local, sendo que a capacidade é para apenas 200. Em junho, o diretor da penitenciária informou que o total de presos chegou a 305.

O Promotor de Justiça ressalta que a situação configura violação dos princípios da dignidade da pessoa humana, da legalidade, da razoabilidade e da humanidade. “A superlotação da unidade prisional acarreta riscos à segurança, tanto a dos detentos como a dos servidores. Além disso, a inércia estatal no cumprimento das obrigações relativas aos direitos dos detentos enseja a tutela jurisdicional, já que as condições da penitenciária se mostram insustentáveis”, destacou Danilo Henriques.

Leia Também:  Uso de máscaras e passaporte de vacina continuam obrigatórios para ingresso na Defensoria Pública do Piauí

Para que o remanejamento não cause desestabilização da administração penitenciária, o MPPI requereu que ele seja realizado de forma gradual, em quatro etapas. O plano proposto pela Promotoria de Justiça foi integralmente acolhido pelo Poder Judiciário. Na última sexta-feira, 01, o Juiz de Direito Carlos Marcello Sales Campos proferiu a decisão favorável, determinando que o Estado do Piauí execute as providências necessárias.

A cada quinze dias, devem ser realocados 25 detentos, até que a quantidade de pessoas sob custódia fique adequada à capacidade da penitenciária, ou seja, de no máximo 200 internos.

Fonte: Ministério Público do PI

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA