Menu...

20 de julho de 2018

Campanha ‘Sem alargamento, sem votos!’ pede melhorias da BR-135 no PI


Hospital de Olhos

No intuito de chamar a atenção das autoridades governamentais e alertar para os riscos da falta de estrutura da BR-135, os moradores da região sul do estado estão realizado a campanha “Sem alargamento, sem votos!”.

A rodovia corta 20 municípios piauienses. A campanha pede o alargamento da BR para reduzir consideravelmente a ocorrência de graves acidentes. A rodovia já passou a ser conhecida como ‘Rodovia da Morte’. A campanha teve início em 2017

Um dos idealizadores da campanha, identificado como Nadilson Santos, disse ao Cidade Verde que “somente no ano passado foram registrados mais de 100 acidentes, com pelo menos 200 feridos e 52 mortos”. Em 2018, segundo ele, já são pelo menos 10 mortos.

O alargamento requer acostamento e sinalização adequada. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) classifica a BR como área vermelha em razão da gravidade da situação.

Os organizadores da campanha esperam que o pedido seja atendido até o mês de outubro, antes das eleições deste ano. Na impossibilidade de entrega até as eleições, os integrantes esperam que a seja feita, pelo menos, a liberação dos recursos.

“Como isso pode não ocorrer devido à proximidade das eleições, queria pelo menos negociar, acelerar a liberação dos recursos”, disse Nadilson Santos.

A BR-135 corta os municípios de Eliseu Martins até Cristalândia, que fica na divisa com a Bahia. “São pelo menos uns 100 mil moradores que precisam dessa BR, que antes era PI, mas foi transformada em BR sem nenhuma mudança na sua estrutura. Nós temos núcleos e representantes em cada um desses municípios. Somos uns 500 voluntários nesta campanha”, acrescentou um morador, que é servidor público.

A Campanha “BR 135: Sem Alargamentos Sem Votos” será lançado oficialmente em abril deste ano.

Campanha pede urgência no alargamento da BR-135

Tags: , , , ,

Comente aqui

dapibus facilisis ante. Praesent tristique pulvinar