Menu...

16 de outubro de 2018

Responsabilidade social e a contribuição das IES para um país melhor


Hospital de Olhos

JANGUIÊ DINIZ – Começamos a 14ª edição da Semana da Responsabilidade Social do Ensino Superior Particular. Até a próxima semana, centenas de instituições de educação superior de todo o Brasil realizarão milhares de atividades com foco em diversas áreas, como saúde, justiça, lazer, cultura e meio ambiente. Em comum, todas visam a promoção do bem-estar da comunidade acadêmica e também dos indivíduos que vivem nos locais onde as instituições estão localizadas.

Desenvolvida pela Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES), a iniciativa integra um projeto mais amplo: a Campanha da Responsabilidade Social do Ensino Superior Particular, que contempla atividades realizadas ao longo de todo o ano por IES brasileiras, públicas e particulares, associadas ou não à entidade.

Mais do que um conceito, responsabilidade social é uma prática constante no dia a dia das instituições particulares de educação superior brasileiras. Sabedoras de que a formação de profissionais e cidadãos conscientes das suas atribuições para a construção de um país mais justo é a sua maior responsabilidade social, as IES não se furtam de intensificar essa atuação por meio de ações que ultrapassam os limites delimitados por seus muros.

Desde que foi criada, em 2005, a Campanha da Responsabilidade Social do Ensino Superior Particular já resultou em quase 15 milhões de atendimentos à comunidade viabilizados por mais de 81 mil atividades. Apenas em 2017, de Norte a Sul, de Leste a Oeste deste país continental, foram 904 instituições de educação superior envolvidas na iniciativa.

Orientação jurídica; atendimento odontológico; checagem de pressão e de índice glicêmico; circuitos interativos de recreação; recolhimento de lixo eletrônico; campanhas de arrecadação de livros, alimentos, roupas e brinquedos; oficinas de atividades culturais; palestras e feiras de adoção de animais são apenas algumas das inúmeras ações desenvolvidas pelas instituições ao longo de todo ano e que se intensificam durante a Semana da Responsabilidade Social.

Os benefícios são incalculáveis tanto para quem atua como voluntário quanto para quem usufrui das atividades promovidas pelas IES. Por exemplo, para os quase 400 mil alunos que participaram da última edição, além contribuir para o desenvolvimento de uma consciência social, o contato com a comunidade proporcionou, na maioria dos casos, a oportunidade de colocar em prática parte do conteúdo teórico aprendido em sala de aula.

Para a população atendida, um sorriso mais bonito, a segurança de saber quais caminhos trilhar na busca por direitos, a satisfação de contribuir para a preservação do planeta ou a tranquilidade de saber que a saúde está em dia ou qual especialista procurar são apenas alguns dos desdobramentos dessa ação que mobiliza centenas de milhares de pessoas a cada ano, incluindo técnicos e professores das instituições de ensino.

Todos esses resultados somente são possíveis graças à representatividade e à relevância que as instituições particulares de educação superior possuem não somente no contexto educacional, mas no processo de transformação do Brasil em uma nação menos desigual e mais tolerante, inclusiva e sustentável.

*Mestre e doutor em Direito, Fundador do grupo Ser Educacional e diretor presidente da
Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES)

Tags: , ,

Comente aqui

dapibus leo suscipit risus. mattis venenatis,