AMARANTE

POLÍTICA

Marina Silva rebate críticas em BH e diz que não vai atacar adversários

Publicado em

POLÍTICA

A candidata do PSB à Presidência da República, Marina Silva, criticou seus principais adversários nesta terça-feira (9), em Belo Horizonte. Essa é a primeira visita da socialista como candidata à capital mineira.

Em ato político na praça da Estação, no centro de BH, Marina disse que o PT e o PSDB já tiveram chances de mudar o Brasil.

— O PSDB teve chance por oito anos e o PT por 12 anos. Agora é hora de dar uma chance para o Brasil com Marina e Beto.

Acompanhada do candidato a vice, Beto Albuquerque, e do candidato ao governo de Minas pelo PSB, Tarcísio Delgado, Marina afirmou que não fará “ataque calunioso” a Dilma Rousseff e Aécio Neves.

— Prefiro perder ganhando do que ganhar perdendo. Não farei nenhum ataque calunioso a Dilma ou Aécio.

A candidata também fez referência ao tempo que os adversários têm durante o programa eleitoral: Dilma conta com 11 minutos, Aécio, cinco, e a substituta de Eduardo Campos, dois.

— Dilma tem tempo para fazer um curta-metragem, mostrando aos brasileiros uma verdadeira ilha da fantasia, mas os eleitores sabem que isso não é verdade.

Leia Também:  Alepi recebe mais três inscrições de candidatos a conselheiro do TCE-PI

Ela pediu ainda que seus apoiadores utilizem as redes sociais para combater boatos divulgados contra a campanha.

Marina e seu vice rebateram as críticas dos concorrentes em relação ao programa de governo do PSB e afirmaram que Dilma e Aécio ainda não apresentaram seus planos. Beto Albuquerque reforçou que não é contra o pré-sal e que o partido apoiou o projeto.

Entre as principais propostas, Marina priorizou educação e saúde.

— Vamos manter as coisas boas que encontramos e corrigir os erros. Vamos criar o bolsa-educação, com escola integral para todos os estudantes, passe livre para que todos os jovens possam estudar e ampliação do bolsa-família. Vamos destinar 10% da arrecadação bruta para a saúde.

Ainda nesta terça-feira, Marina participa de uma caminhada na praça Tiradentes, em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte, e de um encontro com candidatos na Savassi.

Fonte:R7

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

POLÍTICA

Limma propõe o reconhecimento da utilidade pública de duas associações

Publicados

em


A Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi) aprovou, nesta semana, dois Projetos de Lei de autoria do deputado estadual Francisco Limma (PT), que declaram de utilidade pública a Associação dos Produtores Rurais e Agricultores do Vale do Gurguéia e Associação dos Pequenos Produtores Rurais do Povoado Sobradinho. As matérias receberam votos favoráveis de todos os deputados presentes na sessão plenária e agora seguem para sanção do Governo do Estado.

O reconhecimento da utilidade pública pode ser concedido às sociedades civis, às associações e às fundações em funcionamento e com o fim exclusivo de servirem à coletividade. Esse reconhecimento é previsto pela Lei Estadual N° 5.447/05, de maio de 2005. Para que as entidades sejam declaradas de utilidade pública, a diretoria que atua nessas áreas não pode receber qualquer tipo de lucro ou remuneração, além de ter comprovada idoneidade moral.

“Ambas as associações são importantes para a valorização do homem e mulher do campo. Com o trabalho realizado pelas entidades, a agricultura familiar é fortalecida e melhorada, dando mais espaço para o crescimento e desenvolvimento dos produtores rurais das duas localidades”, declara o deputado estadual Francisco Limma.

Leia Também:  "Estamos tranquilos!", diz Flávio Dino sobre inelegibilidade decretada por juíza

Associação dos Pequenos Produtores Rurais do Povoado Sobradinho

O Projeto de Lei 117/2021 reconhece o trabalho da Associação dos Pequenos Produtores Rurais do Povoado Sobradinho, entidade localizada no município de Luís Correia, que já funciona há 15 anos com o objetivo é fomentar atividades produtivas e o empreendedorismo social para melhorar as condições de vida da comunidade, visando a autogestão de suas atividades econômicas e socioeducativas.

Associação dos Produtores Rurais e Agricultores do Vale do Gurguéia.

O Projeto de Lei 175/2021 declara de utilidade pública a Associação dos Produtores Rurais e Agricultores do Vale do Gurguéia, localizada no município de Manoel Emídio. A iniciativa possui mais de 18 anos e tem o objetivo de fortalecer a organização de base da agricultura familiar, com ênfase no processo produtivo e na importância da cooperação do socioeconômico solidário.

Ascom Deputado Francisco Limma – Edição: Katya D’Angelles

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA