AMARANTE

PIAUÍ

População busca familiares de homem que foi resgatado no interior do Piauí

Avatar

Publicado em

PIAUÍ

homem guaribas

Um homem que se identifica como Josemar Clementino de Oliveira e que diz ter 58 anos não consegue se lembrar onde residem seus familiares. Ele foi resgatado nas ruas do município de Guaribas, e moradores buscam ajudá-lo tentando localizar sua família.

Depois de ter sido visto em Guaribas no final de dezembro, ele desapareceu, mas há uma semana retornou e foi acolhido pela família da senhora Dalma Alves.

“Tem muita gente ruim, que maltrata, não dá ajuda. Quando nós vimos ele resolvemos acolher, dar comida, porque ele estava bastante ferido e com fome. Demos um lugar para ficar, fizemos a barba, estamos fazendo o que podemos”, contou Dalma ao G1.

Dentre as poucas recordações, o homem diz que tem uma filha chamada Priscila e uma esposa de nome Rosa. Ele diz ainda que é conhecido como Irmão George e que estaria morando em São Paulo, sem mencionar endereço. Não há documentos com o homem que comprovem as informações repassadas por ele.

Leia Também:  Idoso de Esperantina desaparece durante viagem ao Maranhão

“Conversando com ele, percebemos que ele tem alguns problemas, quando encontramos ele aqui, não falava coisa com coisa, ele precisa de tratamento que não podemos dar. Então precisamos achar a família, estamos muito angustiados com essa situação”, ela diz.

O homem está há uma semana na casa de Dalma, que pede que qualquer informação seja repassada pelo contato (86) 9 8141-2192. “Fazemos aquilo que a bíblia nos ensina. Hoje muitos falam em amor, mas poucos sabem amar”, completou Dalma.

COMENTE ABAIXO:
Avatar

Propaganda

PIAUÍ

Piauí dá início à vacinação das Pessoas com Deficiência Permanentes

Avatar

Publicados

em


Neste sábado (0) o Piauí deu início à vacinação contra a covid-19 das Pessoas com Deficiência permanentes. Na capital, no posto de drive thru do Teresina Shopping, a deputada federal Rejane Dias e o superintendente de Atenção Primária a Saúde e Municípios da Sesapi, Herlon Guimarães, acompanharam presencialmente a vacinação.

No Piauí, o público alvo foi ampliado. Neste sábado podem receber a vacina pessoas com deficiência permanente (58 e 59 anos), pessoas com transtorno do espectro do autismo (a partir de 18 anos), pessoas com Síndrome de Down (a partir de 18 anos) e pessoas com paralisia cerebral (a partir dos 18 anos).

“É uma importante conquista. O Ministério da Saúde reconheceu a necessidade da inclusão de pessoas com Síndrome de Down, autismo e paralisia cerebral por conta da sua vulnerabilidade. É um momento de alegria, estou presenciando a felicidade dos pais de verem os seus filhos recebendo a vacina e realmente é algo que nos emociona. Grande dia”, disse a deputada Rejane Dias.

Hérlon Guimarães explica que o Estado não seguiu o critério das pessoas que possuem o Cadastro de Prestação Continuada, estabelecido no Plano Nacional de Imunização. “Nós fizemos um instrutivo para que os 224 municípios do Piauí incluíssem no critério de prioridade as pessoas com autismo, Síndrome de Down e paralisia cerebral. Nós saímos na frente para que o maior número de pessoas com deficiência sejam imunizadas, portanto, é um dia importante para o nosso Estado”, afirmou o superintendente.

Leia Também:  Servidores estaduais já podem solicitar cartão de crédito com juros mais baixos

Para Maria do Socorro, mãe da Patrícia Oliveira, que possui Síndrome de Down, hoje é um dia de comemoração. “As pessoas com Síndrome de Down têm facilidade em contrair doenças pulmonares, então ficamos muito preocupados. Ela não sai de casa e não frequenta aulas presenciais, o que causa o seu estresse. Estávamos muito ansiosos pela vacina e finalmente esse dia chegou. É um alívio, vamos comemorar muito, mas continuaremos mantendo as medidas necessárias até o fim da pandemia”, pontuou.

Além das PCDs, as pessoas com comorbidades (18 a 59 anos), e gestantes e puérperas com comorbidades (a partir dos 18 anos) também se vacinam hoje. A vacina utilizada é a Covishield, do laboratório Astrazeneca, produzida em parceria com a Universidade de Oxford e a Fiocruz.

Vacinação de pessoas com deficiência
Fonte: Governo PI

COMENTE ABAIXO:



Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA