AMARANTE

Piauí

Governo e Sebrae lançam campanha Visite o Litoral do Piauí

Publicado em

Piauí

O lançamento da campanha Visite o Litoral do Piauí será realizada nesta quinta-feira (23), na sede do Sebrae em Teresina. A iniciativa é do Sebrae no Piauí em parceria com o Governo do Estado. A campanha tem como objetivo dessa ação é valorizar o turismo e os pequenos negócios do setor e incentivar que os brasileiros visitem o belo litoral do Estado.

“Essa campanha é mais um esforço do Sebrae para mostrar as potencialidades do litoral do Piauí, como as belezas naturais, a magnifica culinária regional e o Delta que já são bastante admiradas pelos estrangeiros. Queremos que os brasileiros venham apreciar tudo isso e tenham mais orgulho das nossas riquezas”, ressalta o presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae no Piauí, Freitas Neto.

A proposta é veicular VTs em mídia online para diversos Estados. No Piauí, também será veiculada mídia offline. Na campanha será mostrado um casal de estrangeiros que visita o Piauí frequentemente e já conhece as belezas do litoral. No material publicitário serão evidenciados localização, praias, passeios ecológicos, culinária, o Delta do Parnaíba, esportes radicais, hotéis, lazer, história e outros elementos do turismo local.

Leia Também:  Equipe da Sefaz-Acre visita o Piauí e busca experiência na área de fiscalização tributária

“A ideia central é mostrar aos piauienses e para os estados vizinhos, a visão positiva que os turistas estrangeiros têm sobre os atrativos turísticos do Piauí. Queremos evidenciar o clima, as belezas, a culinária e a natureza do litoral do Estado. O foco do Sebrae e do Governo do Estado é atrair os turistas de outros Estados brasileiros”, destaca o diretor superintendente do Sebrae no Piauí, Mário Lacerda.

O litoral do Piauí se destaca especialmente pelo Delta do Parnaíba, cuja porta de entrada é a cidade de Ilha Grande, no norte do Estado. Nessa exuberante área, o visitante pode apreciar dunas, mar e lagoas. É considerado o terceiro maior delta oceânico do mundo e o único em mar aberto das Américas, numa área de 2,7 mil quilômetros quadrados.

Outra beleza do Piauí é Barra Grande, onde há praias e ventos propícios para os praticantes do kitesurf. O turista pode desfrutar das vivências e emocionar-se com experiências únicas como o “Passeio do Cavalo Marinho”, ideal para quem gosta de apreciar a natureza, com opções de caminhadas, percurso panorâmico em canoa a remo por rios e igarapés, e parada na pequena ilha fluvial das Cabras.

Leia Também:  Lacen-PI vai implantar metodologia que permite processar até 280 testes de Covid-19 por hora

A experiência no Piauí vai além de simplesmente visitar um novo lugar. O visitante conhece a vida e trabalho de pessoas que mergulham na lama para catar caranguejo e de artesãos. O turista pode apreciar também as delícias gastronômicas da Praia da Pedra do Sal, Praia da Atalaia, Praia do Coqueiro, Praias do Maramar e Macapá e Praia da Barra Grande, bem como aproveitar a noite em Parnaíba.

Fonte: Governo PI

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Piauí

MPPI obtém decisão favorável para que Estado do Piauí resolva problema de superlotação em penitenciária de Floriano

Publicados

em

Foto: o Promotor de Justiça Danilo Henriques (no centro) inspecionou a Penitenciária Vereda Grande

A 4ª Promotoria de Justiça de Floriano obteve decisão liminar favorável em ação civil pública (ACP) ajuizada com o objetivo de viabilizar o remanejamento de presos da Penitenciária “Gonçalo de Castro Lima” (Vereda Grande).

A ação foi proposta pelo Promotor de Justiça Danilo Carlos Ramos Henriques, que havia realizado inspeção na unidade prisional, em maio deste ano. O representante do Ministério Público constatou que 291 detentos estavam sob custódia no local, sendo que a capacidade é para apenas 200. Em junho, o diretor da penitenciária informou que o total de presos chegou a 305.

O Promotor de Justiça ressalta que a situação configura violação dos princípios da dignidade da pessoa humana, da legalidade, da razoabilidade e da humanidade. “A superlotação da unidade prisional acarreta riscos à segurança, tanto a dos detentos como a dos servidores. Além disso, a inércia estatal no cumprimento das obrigações relativas aos direitos dos detentos enseja a tutela jurisdicional, já que as condições da penitenciária se mostram insustentáveis”, destacou Danilo Henriques.

Leia Também:  Casos de Covid-19 apresentam aumento de 1.839% no Piauí

Para que o remanejamento não cause desestabilização da administração penitenciária, o MPPI requereu que ele seja realizado de forma gradual, em quatro etapas. O plano proposto pela Promotoria de Justiça foi integralmente acolhido pelo Poder Judiciário. Na última sexta-feira, 01, o Juiz de Direito Carlos Marcello Sales Campos proferiu a decisão favorável, determinando que o Estado do Piauí execute as providências necessárias.

A cada quinze dias, devem ser realocados 25 detentos, até que a quantidade de pessoas sob custódia fique adequada à capacidade da penitenciária, ou seja, de no máximo 200 internos.

Fonte: Ministério Público do PI

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA