AMARANTE

ESPORTES

Fla repudia novo preço de ingresso, e sócio não terá direito à meia-entrada

Avatar

Publicado em

ESPORTES

O valor do ingresso no Campeonato Carioca virou polêmica. Um dia depois de a Ferj aprovar a nova política de preço, com a venda apenas de bilhetes promocionais, Flamengo e Fluminense, os únicos clubes contrários à proposta apresentada por Eurico Miranda, presidente do Vasco, anunciaram que estudam medidas para reverter a decisão. Tudo para preservar os direitos dos seus sócios-torcedores, os principais prejudicados. Enquanto isso, o Rubro-Negro admitiu: os associados, caso a medida seja mantida, não terão mais direito à meia-entrada.
– Esta é uma possibilidade fora da realidade. O Flamengo entende que a decisão do arbitral confronta uma tendência do futebol mundial e brasileiro que é o fortalecimento dos clubes através de seus programas de Sócio-Torcedor. Esta medida – que ressalta uma visão míope da realidade – torna o futebol carioca menos competitivo frente aos outros estados. Promovendo o Programa Sócio-Torcedor, estamos trabalhando com a possibilidade de estádios mais cheios e, consequentemente, proporcionando mais renda aos nossos adversários uma vez que, no Campeonato Carioca, está prevista a divisão da renda das partidas entre os clubes. 
Pelo acordado na reunião na Ferj, na tarde de quinta-feira, não haverá venda de ingressos com valor inteiro. Serão comercializados apenas bilhetes meia-entrada. Os valores variam entre R$ 5 (jogos entre pequenos) e R$ 50 (clássicos). A medida visa aumentar a frequência de torcedores no estádio. Em 2014, a média de público pagante foi de 2.828 pessoas. 
– Temos a certeza de que ninguém obrigará o Flamengo a “trabalhar” com preços inferiores aos custos de operação dos jogos em que o clube detém o mando de campo. Admitir isso é fomentar a violação à livre iniciativa (um princípio constitucional). Vale lembrar que o tabelamento de preços só é admitido excepcionalmente e, ainda assim, no caso de preservação de um outro valor constitucional. O que entendemos não ser o caso. Este tipo de iniciativa está cada vez mais colocando os clubes cariocas em situação de penúria frente aos seus adversários no Brasil. Não é por acaso que os clubes cariocas são os mais debilitados financeiramente do futebol brasileiro. E ainda: o Flamengo é contra atitudes que usem o futebol carioca para alavancar carreiras políticas e pessoais, onerando os clubes. Já sabemos onde tal caminho nos levará – completou o texto rubro-negro. 
O Tricolor se manifestou de forma mais amena: 
– O Fluminense votou contra porque tem projetos que dão benefícios aos sócios. O marketing do clube vai estudar o caso e tentar encontrar uma solução. 
Atualmente, o Fla tem 53 mil sócios-torcedores. O Flu, 24 mil. Ambos os clubes prometem manter os programas. Mesmo que a Ferj diga que não voltará atrás.
– O que foi definido no arbitral não tem volta. A planilha será publicada no site, com os preços de todos os estádios e do Maracanã. Mas não acredito que teremos nenhum tipo de problema com Flamengo e Fluminense. No meu entendimento, ficou bem esclarecido. Ficou uma coisa simpática porque o ingresso é considerado caro. Foi feita uma tabela de acordo com os estádios, os clássicos. Todo mundo aceitou a proposta do Eurico. Achei que foi tranquilo – comentou o vice-presidente José Luiz Martinelli.
Denison Duarte – Amarante (PI)

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Modesto, lateral Euller diz: "não é o meu momento"
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

ESPORTES

Governo anuncia plano de vacinação para atletas olímpicos

Avatar

Publicados

em


Atletas e credenciados da Delegação Brasileira para os Jogos Olímpicos de Tóquio terão um plano de vacinação contra a covid-19.

O anúncio está sendo feito neste momento pelos ministros da Saúde, Marcelo Queiroga, e da Cidadania, João Roma, pelo secretário especial do Esporte, Marcelo Magalhães, e pelo Diretor do Departamento de Desporto Militar do Ministério da Defesa, Major-Brigadeiro Isaias Carvalho.

O vice-presidente do Comitê Olímpico do Brasil (COB), Marco Antônio La Porta Júnior, também participa da entrevista coletiva de imprensa.

Veja, ao vivo:

Edição: Kelly Oliveira

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Flamengo renova com Jayme de Almeida por mais 2 anos
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA