AMARANTE

ESPORTES

Copa 2014: escolas de São Paulo adiantam férias

Publicado em

ESPORTES

A Secretaria da Educação do Estado vai adiantar as férias dos alunos da rede estadual de ensino público para a Copa do Mundo de 2014. Segundo informou a secretaria nesta quarta-feira (23), o calendário especial “arrasta” as férias escolares de 4,3 milhões de alunos em um mês, tendo início em 12 de junho e término em 12 de julho de 2014.Outra definição do cronograma para as mais de 5 mil escolas estaduais de São Paulo é que o início das aulas será antecipado de 1º de fevereiro para 27 de janeiro, lembra a secretaria.
O término das aulas está previsto para a segunda quinzena de dezembro, mas para garantir os 200 dias letivos previstos, a secretaria agendou uma semana de recesso entre os dias 13 e 18 de outubro.
COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Restrições levam jogo do Palmeiras pelo Paulista para Belo Horizonte
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

ESPORTES

Australianas têm “muita motivação” para enfrentar Brasil, diz técnico

Publicados

em


A seleção feminina de futebol da Austrália estará motivada para jogar em casa pela primeira vez em mais de 18 meses quando iniciar a série de duas partidas contra as campeãs sul-americanas do Brasil, disse o técnico Tony Gustavsson.

As Matildas, que ocupam o 11º lugar do ranking mundial, recebem o Brasil, que ocupa a sétima colocação, no sábado e na próxima terça-feira no Estádio Western Sydney, voltando a atuar na terra natal pela primeira vez depois de sua vitória sobre o Vietnã na eliminatória olímpica de março de 2020.

Até 22.500 espectadores poderão assistir os jogos, já que o governo de Nova Gales do Sul permitiu uma capacidade de 75% graças às novas regras da covid-19.

“Sinto que há toneladas de motivação para disputar este jogo, assim como os torcedores nas arquibancadas”, disse Gustavsson aos repórteres nesta sexta-feira (22) “Espero que isto não seja interpretado como um desrespeito meu pelas outras coisas importantes de que se fala no momento, todos os acontecimentos no futebol feminino”, disse ele, referindo-se às alegações de abuso feitas pela ex-atacante australiana Lisa De Vanna. “Mas há muitas coisas para se empolgar aqui. A primeira vez na terra natal em 600 dias, jogar contra o Brasil, temos Alanna Kennedy, que é local, em sua 100ª convocação.”

Gustavsson pediu às jogadoras que recebam bem a pressão enquanto se preparam para a Copa do Mundo de 2023, que a Austrália sediará em conjunto com a vizinha Nova Zelândia.

Leia Também:  Dupla de Stefani avança às semifinais do WTA de Saint Malo, na França

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA