AMARANTE

POLÍTICA

Deputado Júlio César afirma que recebeu ameaça de morte por votar a favor do impeachment

Publicado em

POLÍTICA

deputado júlio césar

O deputado Júlio César (PSD), confirmou que está sendo ameaçado de morte em razão do seu voto a favor do impeachment de Dilma Rousseff (PT).
O parlamentar acionou a Polícia Federal e disse já saber de onde partiram as mensagens ameaçadoras via rede social.
“A Polícia Federal já está sabendo, a polícia legislativa da Câmara está sabendo. Eles estão tomando as providências”, declarou durante entrevista ao Jornal do Piauí, da TV Cidade Verde.
Ele diz que as mensagens foram enviadas do município de Picos no último domingo e que estariam relacionadas a membros do Partido dos Trabalhadores (PT).
“A pessoa é de Picos, e chegou a ameaçar de morte. Sei o nome, endereço e sei da sua militância no Partido dos Trabalhadores”, afirmou o deputado.
O parlamentar disse ainda que conversou exaustivamente com o governador Wellington Dias, mostrando o seu posicionamento na Câmara Federal.

O deputado Júlio César e o governador Wellington Dias

“Mostrei a dificuldade. A pesquisa que fiz com minha base e a dificuldade de votar a favor da presidente. Eu não tinha uma solução que não fosse aquela. Nós estudamos a denúncia, a defesa, o relatório e o desequilíbrio das contas públicas do Brasil. Qualquer que seja o presidente se não tiver a mão de ferro não consertará o Brasil”, concluiu.
Edião e postagem: Denison Duarte
Com informações e foto do Cidade Verde

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Aprovada urgência para Programa Piauí Acolhe de ajuda a 'órfãos' da Covid-19
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

POLÍTICA

Limma propõe o reconhecimento da utilidade pública de duas associações

Publicados

em


A Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi) aprovou, nesta semana, dois Projetos de Lei de autoria do deputado estadual Francisco Limma (PT), que declaram de utilidade pública a Associação dos Produtores Rurais e Agricultores do Vale do Gurguéia e Associação dos Pequenos Produtores Rurais do Povoado Sobradinho. As matérias receberam votos favoráveis de todos os deputados presentes na sessão plenária e agora seguem para sanção do Governo do Estado.

O reconhecimento da utilidade pública pode ser concedido às sociedades civis, às associações e às fundações em funcionamento e com o fim exclusivo de servirem à coletividade. Esse reconhecimento é previsto pela Lei Estadual N° 5.447/05, de maio de 2005. Para que as entidades sejam declaradas de utilidade pública, a diretoria que atua nessas áreas não pode receber qualquer tipo de lucro ou remuneração, além de ter comprovada idoneidade moral.

“Ambas as associações são importantes para a valorização do homem e mulher do campo. Com o trabalho realizado pelas entidades, a agricultura familiar é fortalecida e melhorada, dando mais espaço para o crescimento e desenvolvimento dos produtores rurais das duas localidades”, declara o deputado estadual Francisco Limma.

Leia Também:  Projeto declara de relevante interesse cultural festejos de São Raimundo Nonato

Associação dos Pequenos Produtores Rurais do Povoado Sobradinho

O Projeto de Lei 117/2021 reconhece o trabalho da Associação dos Pequenos Produtores Rurais do Povoado Sobradinho, entidade localizada no município de Luís Correia, que já funciona há 15 anos com o objetivo é fomentar atividades produtivas e o empreendedorismo social para melhorar as condições de vida da comunidade, visando a autogestão de suas atividades econômicas e socioeducativas.

Associação dos Produtores Rurais e Agricultores do Vale do Gurguéia.

O Projeto de Lei 175/2021 declara de utilidade pública a Associação dos Produtores Rurais e Agricultores do Vale do Gurguéia, localizada no município de Manoel Emídio. A iniciativa possui mais de 18 anos e tem o objetivo de fortalecer a organização de base da agricultura familiar, com ênfase no processo produtivo e na importância da cooperação do socioeconômico solidário.

Ascom Deputado Francisco Limma – Edição: Katya D’Angelles

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA