AMARANTE

SAÚDE

Como diminuir o estresse e a compulsão alimentar com Relora?

Avatar

Publicado em

SAÚDE

O estresse é uma das principais causas que pode levar a compulsão alimentar.  

Isso acontece porque altos níveis de estresse aumentam ansiedade, que está relacionada ao descontrole do apetite.

E a Relora é um suplemento 100% natural com propriedades que ajudam a diminuir o estresse e a equilibrar a alimentação.

Originada das cascas de plantas de Magnólia e amorense a equipe de farmacêuticos da BioHigh desenvolveu um suplemento utilizando a Relora que traz diversos benefícios à saúde que eu vou apresentar para você agora.

Continue comigo e confira!

Os efeitos da ansiedade e do estresse

Ter um pouco de estresse e ansiedade em algumas situações da vida é normal.  

Por exemplo, ao passar por um exame decisivo na faculdade ou por uma apresentação importante no trabalho.

Como diminuir o estresse e a compulsão alimentar com Relora?

Mas, quando isso se torna uma situação cotidiana, traz uma série de prejuízos ao organismo.

Podendo levar ao desenvolvimento de algumas doenças, como obesidade e depressão.

Elevados níveis de estresse podem:

  1. Afetar o sistema imunológico:  diminui as defesas do organismo baixando a imunidade;
  2. Desequilibrar os níveis hormonais:  a ansiedade e o estresse têm influência direta sobre os níveis hormonais e os neurotransmissores cerebrais;
  3. Desregular o apetite: estudos comprovam que altos níveis de cortisol é ansiedade, e diretamente relacionado ao aumento do consumo de alimentos calóricos, como as frituras e os doces.

Além disso, o estresse ansiedade provocam um descontrole diversas enzimas e das funções gastrointestinais. Além de provocar cansaço extremo e insônia.

Leia Também:  MS pede à Anvisa liberação de 20 milhões de doses da Covaxin

E a Relora pode ser a melhor alternativa para melhorar sua qualidade de vida.

Conheça as suas propriedades

A Relora é um suplemento natural elaborado a partir de duas plantas nativas da China, a Magnolia Officinalis e Amurense Phellodendron.

Essas duas plantas já são conhecidas e utilizadas na medicina tradicional chinesa há séculos.

Portanto, suas propriedades medicinais também estão disponíveis na forma de um suplemento natural.

A Relora é indicada para:

  • Reduzir os níveis de cortisol, hormônio do estresse;
  • Combater a depressão e ansiedade;
  • Promover o relaxamento físico e mental;
  • Combater a compulsão alimentar causada pelo estresse e ansiedade;
  • Diminuir a fadiga e o cansaço.

Além disso, por combater o estresse e ansiedade, ao mesmo tempo que promove relaxamento, a Relora ajuda a equilibrar o humor.

Mas, com certeza uma das principais aplicações da Relora é combater a compulsão alimentar, restaurando o equilíbrio hormonal do organismo.

Eficaz em diminuir a compulsão alimentar

Como mencionei acima, o estresse e ansiedade podem levar a ingestão de alimentos altamente calóricos de forma compulsiva.

Isso acontece porque o consumo de alimentos com carboidratos, como os doces aumenta a produção de serotonina pelo cérebro. 

Portanto, é uma forma de obter algum bem-estar. Contudo, a longo prazo esse hábito pode levar ao sobrepeso e a obesidade. 

Como diminuir o estresse e a compulsão alimentar com Relora?

Além disso, o estresse elevado provoca insônia, outro fator associado a propensão à obesidade.

A Relora diminui os níveis de estresse e ansiedade, causando uma sensação natural de relaxamento.

Leia Também:  Ministério da Saúde registra 62.334 novos casos de covid-19

E como efeito adicional, inibe a vontade de comer alimentos açucarados, muito salgados ou ricos em gorduras.

Dessa forma, o apetite fica equilibrado. Enquanto que suas propriedades relaxantes proporcionam um sono de maior qualidade.

Em outras palavras, a Relora ao diminuir o estresse, diminui também a compulsão alimentar. E ainda combate fatores que aumentam a propensão ao ganho de peso.

Onde encontrar e como tomar

A Relora pode ser encontrada em farmácias, drogarias, farmácias de manipulação e lojas de produtos naturais.

É um remédio natural, portanto, não é um medicamento.  

A dose recomendada é de uma a duas cápsulas diárias junto as refeições.

Contraindicação

A Relora tem propriedades calmantes, mas não é um sedativo. Contudo, em alguns casos pode levar a sonolência excessiva.

O consumo não é recomendado para motoristas, operadores de máquinas pesadas e trabalhadores noturnos.

E a Relora também não é indicada para grávidas, lactantes e crianças.

Alternativa natural para uma vida mais feliz

Uma alimentação equilibrada é um dos principais fatores para a manutenção de uma boa qualidade de vida.

Mas, o estresse elevado e ansiedade podem levar ao desenvolvimento de diversas doenças inclusive, obesidade.

E a Relora é um suplemento natural que pode ajudar você a retomar a sua qualidade de vida e o equilíbrio alimentar.

Gostou das dicas? Deixe o seu comentário e dívida conosco a sua opinião. Até a próxima!

COMENTE ABAIXO:
Avatar

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

SAÚDE

Anvisa informa STF sobre pendências para autorizar vacina Sputnik V

Avatar

Publicados

em


A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) encaminhou na noite de ontem (10) ao Supremo Tribunal Federal (STF) informações sobre documentos pendentes para a análise de novo pedido de autorização de importação e distribuição da vacina russa Sputnik V.

Ao Supremo, a Agência reforçou que os pedidos de importação ainda não atenderam “a exigência da apresentação do relatório técnico de análise da autoridade sanitária estrangeira, conforme disposto no § 3º do Art. 16 da Lei 14.124/2021”.

As informações foram prestadas no mesmo dia em que o ministro Ricardo Lewandowski deu prazo de 48h para que a Anvisa detalhasse ao Supremo quais documentos faltam para análise definitiva do pedido de importação e distribuição do imunizante, que é produzido pelo Instituto Gamaleya, na Rússia.

Lewandowski havia atendido a pedido do estado do Maranhão, que, em conjunto com outros estados, aguarda autorização da Anvisa para aplicação dos imunizantes. O ministro já proferiu outras decisões determinando que a Anvisa cumpra prazos de análise.

Leia Também:  Pesquisa revela que 1,3 mil municípios ficaram sem segunda dose

Em cumprimento à decisão do Supremo, a Anvisa informou ainda que disponibilizou amplo acesso aos autos do processo administrativo relativo ao pedido de importação e distribuição da Sputinik V.

Entenda

Em 26 de abril, a Anvisa negou o pedido de autorização para a importação e o uso emergencial do imunizante russo, que havia sido feito por dez estados. Ao analisar os documentos recebidos, a diretoria da agência apontou uma série de problemas, entre eles, a falta de alguns documentos e a presença de adenovírus com capacidade de replicação no corpo dos pacientes que receberem doses da vacina.

Após a negar a autorização, a Anvisa disse ter recebido, em 29 de abril, novos documentos encaminhados pelos estados da Bahia, do Maranhão e de Sergipe, mas que ainda assim há pendências que fazem com que o processo administrativo siga “em diligência na Agência até o cumprimento do requisito legal”. 

Edição: Denise Griesinger

Fonte: EBC Saúde

COMENTE ABAIXO:



Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA