AMARANTE

prejuízos pela cidade

Chuva e ventos fortes causam danos em Teresina e Timon

Publicado em

Piauí

Foto: Efrém Ribeiro

Na tarde desta quarta-feira (15) uma forte chuva provocou diversos danos em Teresina como queda de muros e de outdoors. Um posto de combustíveis caiu no bairro Cristo Rei, na zona Sul da capital.

Muros foram derrubados na avenida Castelo Branco, no bairro Cidade Nova, na zona Sul de Teresina. Na avenida principal do Dirceu, um tapume metálico do teto de uma loja ficou retorcido após ter sido arrancado pelos ventos.

“O nosso trabalho foi remover o teto metálico, que caiu sobre o automóvel. Nós liberamos a via, após o trabalho de remoção da estrutura de ferro. Os danos foram materiais com os fortes ventos”, afirmou o tenente Rafael Fortes, do Corpo de Bombeiros.

O climatologista Werton Costa disse que nos meses mais quentes devem ocorrer chuvas extemporâneas, também conhecidas como chuvas de estação.

“Mesmo nos meses secos, nós temos uma certa carga de chuva. O que há de diferencial nessa chuva em que nós presenciamos, foi o fato de que havia muito termodinâmica. Ou seja, uma quantidade de calor muito grande, uma entrada de umidade e transformação desse calor e dessa umidade em um temporal isolado, que por ser isolado, ele atingiu apenas em algumas áreas da cidade. Também foi combinado com rajadas de vento e descargas elétricas”, destaca o climatologista ao Meio Norte.

Leia Também:  Defensoria integra Jornada da Justiça Itinerante em Teresina com processos tramitando via PJe

De acordo com informações da Equatorial Piauí, foram registrados diversos estragos na cidade, causando impactos na rede da distribuidora, vindo a prejudicar o fornecimento de energia em alguns bairros de Teresina.

Dentre os problemas foram identificados condutores partidos por causa de galhos, árvores e objetos foram arremessados pelo vento na rede elétrica como outdoors e placas de publicidade. As zonas sudeste e leste foram as mais afetadas.

“De imediato, o Plano de Contingência da Distribuidora foi acionado, e equipes extras de atendimento emergencial trabalharam desde o fim da chuva. O volume de equipes em campo foi ampliado em 5 vezes para acelerar a recomposição do sistema para as regiões impactadas”, destacou a empresa em nota enviada à imprensa.

Todas as ocorrências foram atendidas e quase todos os problemas foram resolvidos, segundo a empresa, com retorno do fornecimento de energia a cerca de 73% dos clientes afetados.

Em Timon, no Maranhão, três postes de iluminação caíram sobre um automóvel nas proximidades da praça São José. A Equatorial Maranhão está realizando os trabalhos necessários na região para evitar novos incidentes. Parte da energia do bairro foi afetada.

Leia Também:  Dois jogos do Campeonato de Futebol marcam o feriado de 07 de setembro em São Francisco do Maranhão

“Cabe informar ainda, que as equipes de plantão foram acionadas e estão trabalhando intensamente para que os casos sejam solucionados em menor tempo possível e com segurança para todos. A Distribuidora reforça que em situações de elevado número de ocorrências, as que oferecem risco e as que envolvem locais com serviços públicos essenciais são priorizadas. Em casos de falta de energia, é importante que os clientes entrem em contato com a Central 116 ou com a Clara pelo WhatsApp 98 2055-0116”, reforçou a concessionária em nota.

Foto: Efrém Ribeiro

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Piauí

Piauí vacina 70% da população com a primeira dose contra a Covid

Publicados

em


O secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, anunciou, neste sábado (23), que o Piauí atingiu a marca de 70% da população piauiense vacinada com a primeira dose da vacina contra a Covid-19. A população completamente imunizada com duas doses da vacina ou com a dose única soma 44,43% dos piauienses.

De acordo com o vacinômetro, já foram aplicadas 3.780.269 doses de imunizantes, sendo que destas mais de 2.297.040, são de primeira dose e 1.457.833 de segunda dose e dose única. O Vacinômetro do Estado vem passando por atualizações e apresenta mudanças diariamente em relação à quantidade de vacinas aplicadas, à medida que os dados forem sendo inseridos pelos municípios.

Ao todo, o Ministério da Saúde entregou 4.519.205 milhões de doses ao Estado. A população vem sendo contemplada com vacinas da CoronaVac/Instituto Butantan, AstraZeneca/Oxford, Pfizer/BioNTech e Janssen/Johnson&Johnson, que utiliza apenas uma dose de aplicação para imunização contra o vírus.

O Estado segue com uma logística de distribuição ágil, possibilitando que os lotes encaminhados pelo Ministério da Saúde, cheguem aos municípios com a maior brevidade. “Cada aumento da cobertura vacinal é motivo de comemoração. Quem ainda não se vacinou, deve procurar uma unidade de saúde e se vacinar. O avanço da imunização contra a doença reflete diretamente nos índices de infecção e internamento, que estão cada vez mais baixos”, enfatizou Florentino.

Leia Também:  Com apenas 11 anos, artista de Esperantina vai participar de exposição no Museu do Louvre em París

Nas últimas semanas também estão sendo ampliados os grupos de aplicação de dose reforço (DR), que contempla além de idosos acima de 60 anos, os imunossuprimidos e profissionais de saúde. No estado já foram aplicadas 25.396vacinas em esquema de terceira dose. A aplicação de doses nos adolescentes, da mesma forma, também vem ampliando. Neste grupo, a vacinação no grupo de 12 a 17 anos já passa de 79.017 mil, em 201 municípios.

“Estamos vivendo um momento importante no combate à pandemia, com resultados significativos e animadores. A aplicação das doses de reforço e adicionais, além da imunização dos adolescentes nos demonstram isso. Estamos colhendo o resultado de um trabalho compartilhado entre o Estado, os municípios e o Governo Federal”, afirma o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto.

Fonte: Governo PI

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA