Cartum quieta como trégua de 24 horas no Sudão para permitir a ajuda necessária

Cartum quieta como trégua de 24 horas no Sudão para permitir a ajuda necessária

Internacional

As agências de ajuda esperam agir durante o cessar-fogo, mas precisarão de uma garantia de passagem segura dos lados em conflito.

A capital do Sudão, Cartum, estava relativamente quieta nas primeiras horas de um cessar-fogo de 24 horas – a última tentativa de acabar com os intensos combates entre o exército sudanês e o grupo paramilitar Forças de Apoio Rápido (RSF), informou Hiba Morgan, da Al Jazeera.

O cessar-fogo mediado pelos Estados Unidos e Arábia Saudita entrou em vigor a partir das 6h (04h GMT) de sábado, com a esperança dos mediadores de que uma pausa nos combates facilite a passagem segura de ajuda humanitária desesperadamente necessária em todo o país.

“Não conseguimos ouvir nenhum som de projéteis de artilharia”, disse Morgan no sábado de Omdurman, localizado nos arredores da capital sudanesa.

Espera-se também que o cessar-fogo interrompa os combates que acontecem desde 15 de abril, quando uma rivalidade entre o chefe do exército Abdel Fattah al-Burhan e o comandante do RSF, Mohamed Hamdan “Hemedti” Dagalo, explodiu em uma guerra aberta.

Uma série de cessar-fogo anterior fracassou com ambos os lados acusando o outro de violações.

As partes em conflito concordaram em respeitar o cessar-fogo, disse Morgan, mas o cessar-fogo mais curto quando comparado com outros no passado é em parte para testar se será realmente honrado desta vez.

Os EUA e a Arábia Saudita disseram que compartilham “frustração” com as violações anteriores, ameaçando desmantelar as negociações de cessar-fogo se os combates continuarem.

Os moradores estão esperando para ver como será o cessar-fogo antes de tentar fazer um movimento, seja para estocar produtos básicos ou tentar deixar Cartum por causa dos combates contínuos, disse Morgan.

“Uma trégua de um dia é muito menos do que desejamos”, disse à agência de notícias AFP um morador de Cartum Norte, Mahmud Bashir. “Estamos ansiosos pelo fim desta maldita guerra.”

Na semana anterior ao cessar-fogo, os combates aumentaram em torno de bases militares cruciais, com o RSF alegando ter assumido o controle de um complexo de fabricação de armas na parte sul da capital.

Moradores também relataram mísseis antiaéreos disparando no sul de Cartum e no distrito de Sharg el-Nil, do outro lado do Nilo, que foi atacado pouco antes do cessar-fogo entrar em vigor.

“Muitos moradores dizem que a situação está ficando desesperadora. Estamos falando de algumas áreas residenciais onde ainda restam pessoas, mas falta acesso a necessidades básicas”, disse Morgan.

As agências de ajuda esperam intervir para aliviar parte da escassez, mas precisarão de uma garantia de passagem segura dos lados em guerra para chegar a algumas partes da capital, acrescentou ela.

Moradores de Cartum disseram a Morgan que esperavam que a trégua de 24 horas permitisse a entrada de alguma ajuda humanitária, especialmente assistência médica para aqueles que precisam desesperadamente, incluindo os feridos nos combates.


Com informações do site Al Jazeera

Compartilhe este post
Casa da Roca e PetCitopatologista Dra JosileneAri ClinicaAfonsinho AmaranteMegalink AmaranteFinsolComercial Sousa Netoclinica e laboratorio sao goncaloCetec AmaranteEducandario Menino JesusMercadinho AfonsinhoAlternância de BannersNacional GasFaculdade EstacioPax Uni~ão AmarantePax Uni~ão AmaranteDr. JosiasPier RestobarPax Uni~ão AmaranteHospital de OlhosIdeal Web, em AmaranteSuper CarnesInterativa