AMARANTE

Nova versão

Boleto FIES 2021 – Canais de Atendimento, Telefone e Pagamento 2ª Via em 2021

Avatar

Publicado em

GERAL

O FIES é um dos programas de educação superior mais importantes do Brasil. A nova versão da iniciativa foi instituída em 2017, e desde então trabalha para a concessão de financiamento para estudantes de cursos superiores não gratuitos.

O programa é custeado pelo Fundo de Financiamento Estudantil, gerido pela Caixa. O banco do governo atua como Agente Operador, Agente Financeiro e Gestor de Fundos Garantidores.

O Novo FIES possibilita uma taxa zero de juros para quem mais precisa, além de uma escala de financiamento que varia de acordo com a renda familiar do candidato.

Com a nova rodada de inscrições do FIES em 2021, muitos estudantes tiveram dúvidas sobre os canais de atendimento, telefone e sobre como pagar a 2ª Via do Boleto. Veja abaixo todas as respostas!

Como funciona o FIES?

O FIES funciona como uma espécie de empréstimo do Governo Federal para estudantes que desejam cursar o ensino superior em universidades não-públicas. Com o programa, a União paga parte da mensalidade, porcentagem que varia de acordo com cada faixa de financiamento.

Após a conclusão do curso, o estudante que fez uso dos recursos do tem um período específico para realizar os pagamentos do empréstimo – o que pode chegar a até 12 anos, de acordo com a formação escolhida.

Leia Também:  Pitbull é preso e recebe sentença incomum por atacar criança de 4 anos

Mais informações sobre programas educacionais do Governo Federal, acesse: https://pronatec.pro.br

Boleto FIES 2021 – Pagamento da 2ª Via

A emissão e pagamentos do Boleto FIES 2021 mudou! Agora, para emitir o documento, os estudantes precisam se cadastrar no site https://sifesweb.caixa.gov.br/.

O processo de cadastro é fácil, rápido e completamente digital. O estudante precisa apenas informar o CPF e preencher as informações pedidas.

Após a conclusão do cadastro, basta entrar na área “Contrato FIES”, clicar em “Contrato” e escolher a opção “Boletos em Aberto”.

Pronto! Agora é só copiar os números do documento para realizar o pagamento online ou imprimir o boleto e pagar presencialmente em instituições bancárias ou casas lotéricas.

A emissão da 2ª via de Boletos também está disponível na Central de Atendimento, que atende pelo número 0800 726 8068. A função específica está incluída na opção 8 e na comunicação direta com os atendentes.

Para tornar sua experiência com os boletos do FIES mais rápida e livre de preocupações, o Governo estimula a criação de contas na Caixa e escolha do pagamento por débito em conta. Mais informações estão disponíveis no site www.caixa.gov.br/universitario.

Leia Também:  Dr. Jairinho e mãe de menino Henry prestam depoimento no Rio

Canais de Atendimento e Telefone do FIES

Ainda têm dúvidas sobre o FIES boleto ou sobre outros aspectos do programa? A Caixa conta com vários canais de atendimento específicos para os estudantes.

Além de agências e postos de consulta presencial – que podem ser consultados pelo site https://www.caixa.gov.br/atendimento/paginas/encontre-a-caixa.aspx – a Caixa conta com alguns canais de atendimento digital.

Entre eles, destacam-se as páginas oficiais da instituição nas redes sociais Facebook e Twitter, além do site https://www.caixa.gov.br/atendimento/Paginas/default.aspx, que reúne todas as maneiras de se comunicar com a Caixa.

Os participantes do FIES também podem entrar em contato com a Caixa por números de telefone específicos para o programa: 3004-1104 (para capitais e regiões metropolitanas) ou 0800 726 0104 (para as demais localidades).

O número 0800 726 2492 também está disponível para usuários do FIES e outros programas da Caixa com deficiências auditivas ou de fala. O atendimento ocorre 24 horas por dia, 7 dias da semana.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

GERAL

Anvisa autoriza produto à base de cannabis em projeto com a Fiocruz

Avatar

Publicados

em


A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou autorização sanitária para um novo produto à base de cannabis com a participação da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), produzido pela empresa Prati, Donaduzzi e Cia. O preparado foi denominado Canabidiol Farmanguinhos 200 mg/mL.

O produto tem administração por via oral e é composto de 200 mg/ml de CBD, um dos princípios ativos da Cannabis sativa e de até 0,2% de THC (tetra-hidrocanabinol, o principal componente psicoativo da planta). O pedido foi feito pela Fiocruz em março deste ano. De acordo com a Anvisa, a análise levou 35 dias no total.  

O canabidiol só pode ser utilizado a partir de um determinado tipo de receita médica (tipo B) e somente no caso de esgotamento de outros tratamentos, conforme determina a legislação para o tema.

Ainda de acordo com o regramento da Anvisa, essas substâncias são produtos, e não medicamentos. Isso porque neste último caso precisa haver estudos clínicos que comprovem a eficácia das substâncias.

Até o momento, argumenta a Anvisa, as pesquisas científicas ainda não desenvolveram métodos para aferir as evidências e informações suficientes para que tais produtos sejam considerados medicamentos.

Leia Também:  Dr. Jairinho e mãe de menino Henry prestam depoimento no Rio

Na avaliação do advogado da Comissão de Assuntos Regulatórios da Ordem dos Advogados do Brasil Rodrigo Mesquita, o deferimento envolve a pesquisa de um canabidiol com insumo importado pela Fiocruz. A regra existe desde 2019 e apenas agora houve uma aprovação desta, informou.

“A impossibilidade de se cultivar no país é um entrave central à própria realização de pesquisas com produtos derivados de cannabis. Enquanto não houver regulação que permita o cultivo não vai ser possível explorar a potencialidade que as instituições de pesquisa brasileiras têm nessa área.”

Edição: Maria Claudia

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA