AMARANTE

Piauí

Caminhão baú colide em veículo em Regeneração e deixa dois mortos durante a madrugada; fotos!

Avatar

Publicado em

Piauí

Acidente em Regeneração

Acidente em Regeneração – Um acidente ocorrido por volta das 4h deste sábado (19) na BR-343 deixou dois mortos, em Regeneração. As suspeitas apontam que o caminhão tentou desviar de um buraco e colidiu com o veículo, do tipo Gol, que pegou fogo em seguida.
De acordo com informações, o acidente aconteceu nas proximidades do conjunto habitacional, próximo ao segundo balão, no sentido Teresina. “Tem um buraco na pista, parece que o caminhão foi desviar  e colidiu com o outro carro“, afirmou a regenerense Moranguinho da Vila.
Uma das vítimas foi encaminhada para Teresina em estado grave. O veículo que colidiu com o caminhão pegou fogo no instante da colisão.
“O motorista do caminhão não teve nada, mas dos três ocupantes do carro pequeno, dois morreram na hora”, afirmou José Bezerra, que passou pelo local.
De acordo com a comerciante de Regeneração, Santana Francisco, o município está em clima de luto. “O que aconteceu foi muito grave. Eu não sei ainda de onde é a vítima que foi enviada para Teresina, mas os dois que morreram são daqui de Regeneração.”
As vítimas foram identificadas como Kaílson (filho do senhor Zé Osmir) e Ravele (filho da Deusilene Carneiro). O motorista do caminhão evadiu.
Edição e postagem: Somos Notícia / Denison Duarte
Colaboração: Moranguinho da Vila

Leia Também:  Semar lança programa de modernização no Palácio de Karnak 

Acidente em Regeneração

acidente Regeneração1488009_1729537627293009_1888959796136852026_n-001 acidente Regeneração10363946_1729537657293006_6823122498680637597_n-002 acidente Regeneração10518015_1729537180626387_5630772185303982919_n-003 acidente Regeneração11701039_1729537520626353_7416358409593606244_n-003 acidente Regeneração12512366_1729537663959672_7501798718731854079_n-004
 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Piauí

MPPI realiza audiência sobre o transporte público coletivo de Teresina

Avatar

Publicados

em


O Ministério Público do Estado do Piauí realizou, na última sexta-feira (14), uma audiência sobre o transporte público coletivo de Teresina. A audiência contou com a participação de representantes da Procuradoria-Geral do Município de Teresina, do Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Teresina (SETUT) e da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (STRANS).

A promotora de Justiça Maria das Graças do Monte Teixeira, titular da 32ª Promotoria de Justiça de Teresina, especializada na defesa dos consumidores, ouviu todos os participantes, a fim de obter informações sobre a situação atual do transporte público coletivo e, consequentemente, de cobrar providências das autoridades competentes.

Os representantes do SETUT alegaram que o sistema do transporte coletivo passa por grandes dificuldades, agravadas pela pandemia do coronavírus e a redução dos passageiros. De acordo com eles, o poder público municipal, nesta gestão e nas anteriores, descumpre os contratos com os consórcios responsáveis pela prestação do serviço. Os representantes do sindicato destacaram que até os acordos judiciais celebrados na gestão anterior estariam sendo descumpridos.

Leia Também:  Menina de 11 anos quebra o pescoço ao cair de roda gigante no Piauí

Destacaram, ainda, que a remuneração das concessionárias, segundo as disposições contratuais, deveria ser feita através da arrecadação global do sistema de transporte coletivo urbano, que é composta pela arrecadação tarifária acrescida do subsídio – o qual tem o papel de custear, dentre outros itens, a diferença de arrecadação decorrente da diferença entre a tarifa tecnicamente apurada e a de fato implantada, a concessão do benefício de meia passagem e outra série de gratuidades concedidas por força de lei. Contudo, o Município de Teresina estaria se recusando a efetuar o pagamento desses subsídios.

O superintendente Cláudio Pessoa, representante da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito, ressaltou que a STRANS está aberta a receber todas as manifestações e informações das empresas, a fim de viabilizar um serviço de qualidade para a população. Declarou, ainda, que existem diversas falhas no sistema e que as prestadoras dos serviços também precisam cooperar para que as deficiências sejam sanadas. Realçou que a Superintendência vem realizando os pagamentos de sua atribuição.

A promotora de Justiça Maria das Graças destacou a necessidade de cobrar informações da Prefeitura de Teresina e da Secretaria de Finanças sobre o atraso no pagamento devido às empresas do setor. Por sua vez, o promotor de Justiça Fernando Santos, titular da 44ª Promotoria de Justiça, reforçou a necessidade da celebração de um acordo entre município e consórcios, a fim de corrigir a questão dos pagamentos e outros itens, sob o risco de, em breve, o sistema do transporte coletivo público entrar em colapso, o que causaria prejuízos imensuráveis aos cidadãos.

Leia Também:  Semar lança programa de modernização no Palácio de Karnak 

O procurador do Município de Teresina, Ricardo de Almeida Santos, se colocou à disposição da STRANS para auxiliar nas tratativas de eventual acordo. Ao final da audiência, os participantes foram informados da data da futura audiência, marcada para 24/05/2021, com o intuito de debater as propostas do acordo entre concessionárias e administração municipal.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA