AMARANTE

Mulher

Quem ama trai? Veja se é possível existir amor verdadeiro após uma traição

Publicado em

Mulher

É muito difícil afirmar ou não se quem ama trai. Isso porque a traição é um tema bastante complexo e subjetivo, podendo abranger diversas atitudes que podem ser o suficiente para terminar alguns relacionamentos, enquanto outros não. Porém, partindo do ponto de vista de que a traição é qualquer ato que quebra completamente algum tipo de fidelidade ao parceiro, acredito que é possível sim amar e cometer um desses atos.

Já se tratando de adultério, por mais que eu não consiga enxergar uma justificativa para esses atos, em alguns casos, acho que ainda pode existir amor naquela relação. Ainda assim, é algo muito complicado e até fácil de entender quem afirma que não existe traição no amor verdadeiro. Afinal, o significado da palavra traição está diretamente ligada ao ato de realizar algo prejudicial para o outro.

Portanto, essa é uma discussão bem interessante e cabe a cada pessoa analisar cuidadosamente cada caso, além de buscar autoconhecimento para entender seus limites e até que ponto conseguiria aguentar algum tipo de traição de um parceiro, amigo, colega de trabalho, etc.

Leia Também:  Compliance: pilar de diversidade e inclusão quer promover revolução no mercado

Pois é, pode parecer estranho, mas em qualquer relação amorosa ou de confiança, seja até entre um sugar daddy privacy e sugar baby, a infidelidade é algo comum. Inclusive, uma das mais famosas da história da humanidade não foi a de um relacionamento romântico, mas quando Judas entregou Jesus Cristo aos romanos por algumas moedas de ouro.

Logo, por mais que em nossas mentes seja muito difícil acreditar que quem ama verdadeiramente seja capaz de enganar, quem somos nós para julgar? Ninguém realmente sabe o que se passa na vida a dois de cada casal, não é mesmo? Além disso, algumas justificativas para esses atos são relativamente mais fáceis de aceitar e entender, como as pessoas que possuem alguma patologia, como compulsão sexual.

No final, o que vai definir se alguém ama verdadeiramente o outro ou não, está muito mais ligado o que será feito após a infidelidade. Será que esse indivíduo é consumida pelo sentimento de culpa e abre o jogo com o parceiro ou continua por anos tendo casos e humilhando a pessoa amada?

Leia Também:  Candy color, neon e metalizado: cores do verão no hemisfério Norte

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Mulher

Influenciadora digital, Pâmela Kowalski, abre oportunidades a influencers com o projeto Diamond House

Publicados

em

A empresária, tik tok e também influenciadora, Pâmela Kowalski, desenvolveu um projeto em 2021 para nano e micro influenciadoras de Santa Catarina, intitulado Diamond House (Casa dos Diamantes). A iniciativa, segundo ela, deu certo e este ano chega à sua segunda temporada, conquistando um novo espaço, ganhando força entre apreciadores do projeto.

Segundo ela, a ideia surgiu em setembro do ano passado, a partir da observação da dificuldade de alguns influencers em se destacar, apesar do grande potencial.

“Observei o quanto os influenciadores considerados ‘pequenos’ vem ganhando força e credibilidade por quem os segue e também por parceiros de publicidade. A Diamond House vem com tudo para mostrar que os nanos e micros Influencers tem uma forte influência na vida dos seus seguidores, direta e indiretamente todos os dias”, afirmou Pâmela ao Somos Notícia.

O projeto de criação da Casa dos Diamantes traz a proposta de dar visibilidade às influenciadoras envolvidas, abrindo a elas um leque de oportunidades. “…e também proporcionando momentos inéditos para seus seguidores, gerando conteúdos e dando a oportunidade para pequenas empresas, e até mesmo possibilitando que autônomos ganhem notoriedade através da publicidade de cada influenciadora envolvida no projeto.”

Leia Também:  Compliance: pilar de diversidade e inclusão quer promover revolução no mercado

A Diamond House reúne as integrantes nos finais de semana para produção e gravação de conteúdos, tudo com muita diversão, interação com os seus seguidores e troca de informações valiosas sobre engajamento e dicas, com um aprofundamento nas tendências do mundo digital.

“Um dos objetivos que tem grande relevância é a publicidade que acontece durante todo o final de semana, gerando visibilidade para lojas, marcas, empresas parceiras do projeto”, completou.

Uma curiosidade é que idealizadora Pâmela Kowalski tem um olhar de carinho, sensível e uma visão aguçada para meninas que estão tentando ainda começar no mundo digital e que tem grande potencial, mas precisam daquele famoso ‘empurrãozinho’, por isso em cada temporada que acontece, um dos seus objetivos é selecionar uma ou duas meninas com menos de mil seguidores, para abrir uma porta de oportunidades nesse início tão difícil, dando mentoria totalmente gratuita para essas meninas.

Pâmela finaliza afirmando que a Diamond House é um projeto “cheio de oportunidades para quem está envolvido”. Ela vem apostando todas as suas fichas nessa segunda temporada, com forte expectativa de que muito provavelmente acontecerá até setembro deste ano.

Leia Também:  Mulheres terão dia de conscientização sobre doenças cardiovasculares

Fotos: Kamilly Beatriz fotografias e Pluma fotografia e produções

Foto: Plumas Fotografia e Produção

Pâmela Kowalski

Ariana Justino

Mylla Queiroz | Foto: Kamilly Beatriz

Janine lacerda | Foto: Kamilly Beatriz

Dany Santos | Foto: Kamilly Beatriz

Juli coelho | Foto: Kamilly Beatriz

Eduarda Mara

Natália Oliveira | Foto: Kamilly Beatriz

Publicidade para marca Ades Brasil

Foto: Kamilly Beatriz

Foto: Kamilly Beatriz

Foto: Kamilly Beatriz

Foto: Kamilly Beatriz

Foto: Kamilly Beatriz

Foto: Kamilly Beatriz

Foto: Kamilly Beatriz

Foto: Kamilly Beatriz

Foto: Kamilly Beatriz

COMENTE ABAIXO:

Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA