AMARANTE

Esportes

Tsitsipas atropela Sinner e vai às semifinais do Aberto da Austrália

Publicado em

Esportes


Após uma apresentação fenomenal contra Jannik Sinner nesta quarta-feira (26), o grego Stefanos Tsitsipas se sente apto a produzir algo especial no Aberto da Austrália de 2022. 

O quarto cabeça de chave do torneio creditou sua vitória por 6/3, 6/4 e 6/2 sobre o italiano em pouco mais de duas horas na Rod Laver Arena à adoção de uma abordagem mais humilde ao tênis após alguns contratempos. 

As lesões, entre elas o problema no cotovelo que ameaçou sua participação em Melbourne neste ano, e algumas derrotas difíceis ensinaram a Tsitsipas a importância de permanecer com os pés no chão. 

“Você sabe quando está dançando e indo bem, você tende a se glorificar, como se fosse intocável”, disse o grego a jornalistas.  “É importante, nesse processo, continuar com os pés no chão para se lembrar de que você é um ser humano que está buscando algo grande, e que você está encaminhado naquela direção e fazendo de tudo o que for possível para atingir aquela grandeza”. “A perfeição não existe, mas o próximo à perfeição sim, e isso é o que eu quis dizer com isso”, afirmou. 

O jogo de Tsitsipas na partida válida pelas quartas-de-final não foi perfeito, mas ele conseguiu deixar impotente um rival avaliado como um potencial futuro vencedor de torneios de Grand Slam. 

Leia Também:  Nilmar vendido pela terceira vez pelo Internacional

Tsitsipas sacou especialmente bem, o que o permitiu ditar a maioria dos pontos com seu poderoso forehand. 

* É proibida a reprodução deste conteúdo. 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Esportes

Fluminense vence por 10 a 1, mas cai na Sul-Americana

Publicados

em

O torcedor do Fluminense ficou com um sabor agridoce na boca após ver sua equipe ser eliminada da Copa Sul-Americana mesmo goleando o Oriente Petrolero (Bolívia) por 10 a 1, na noite desta quinta-feira (26) no estádio Ramón Tahuichi Aguilera, em Santa Cruz de la Sierra.

Mesmo com a vitória elástica, o Tricolor das Laranjeiras terminou a primeira fase da competição na segunda posição do Grupo H com 11 pontos, um a menos do que o Unión Santa Fe (Argentina), que bateu o Junior Barranquilla (Colômbia) por 4 a 0 para garantir a única vaga da chave.

Goleada histórica

Precisando vencer por uma diferença de ao menos seis gols, além de torcer por um empate no confronto entre Santa Fe e Junior Barranquilla, a equipe comandada pelo técnico Fernando Diniz entrou acelerada e abriu o placar com menos de um minuto de bola rolando com Matheus Martins. O domínio do Fluminense era tão grande que aos 12 minutos já vencia por 3 a 0, graças a mais dois gols do argentino Cano.

Leia Também:  Paraíba é último estado a flexibilizar uso de máscara em espaço aberto

Aos 14 minutos o Oriente Petrolero marcou o de honra com Sebastián Álvarez, mas o Tricolor construiu o placar com gols de Caio Paulista, Manoel, Arias, Willian, outros dois gols de Matheus Martins e outro de Cano.

Apesar de não conseguir a classificação, o Fluminense aplicou uma goleada história, a maior da história da Copa Sul-Americana (antes o triunfo mais elástico da competição foi um 9 a 0 do Defensor, do Uruguai, sobre o Sport Huancayo, do Peru).

Agora o Tricolor das Laranjeiras se prepara para o clássico do próximo domingo (29) contra o Flamengo pelo Brasileiro.

Derrota do Cuiabá

Outra equipe que disputou a sua última partida na atual edição da Copa Sul-Americana nesta quinta foi o Cuiabá. Entrando em campo já desclassificado, o Dourado foi superado pelo Melgar (Peru) por 3 a 1.

O Cuiabá agora se concentra no Brasileiro, quando pega o Athletico-PR na Arena Pantanal no domingo.

Leia Também:  São Paulo atropela Santos e completa 4 jogos sem perder no Estadual

Edição: Fábio Lisboa

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA