AMARANTE

Brasil

Tremor de terra atinge Canindé-CE e assusta moradores: “muito forte o estrondo”, diz estudante

Publicado em

Brasil

tremor terra canindé

Um tremor de terra de magnitude preliminar 2,4 foi registrado na cidade de Canindé, no Ceará, na noite desse sábado (19), e foi sentido por muitos moradores. O estudante Edmar Silva, que mora no distrito de Iguaçu, disse ao g1 que o chão da casa tremeu e rachou.

“Muito forte aqui o estrondo. O chão tremeu e todo mundo ficou com medo. Parecia uma bomba. Rachou as paredes”, afirmou.

O Laboratório Sismológico da UFRN informou que moradores da região sentiram o evento. O último tremor de terra registrado em Canindé, segundo o Labsis, foi no dia 10 de fevereiro, e foi sentido também na zona rural do município. O tremor teve magnitude 1,8.

O Laboratório Sismológico da UFRN continua fazendo o monitoramento e divulgando toda a atividade sísmica da região Nordeste em todo o país em tempo real.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Vítima reage e mata suspeito de assalto com tiro no peito, em Teresina
Propaganda

Brasil

Jovem estudante ganha bolsa de estudos para universidade na Espanha, mas teme não realizar o sonho

Publicados

em

O jovem estudante José Andersson Braga de Abreu, natural de São João do Rio do Peixe, no Sertão da Paraíba, ganhou uma bolsa de estudos para cursar Engenharia Civil na Universidade de Jaén, na Espanha.

Ele conquistou a primeira colocação na seleção do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif). Eram apenas duas vagas para todo o Brasil.

“Sinceramente quando eu soube do resultado fiquei sem reação, pois não acreditei que seria capaz de ser selecionado, já que estava concorrendo com excelentes alunos da rede federal de ensino, cada um com incríveis capacidades. Mas quando […] a ficha caiu, fiquei extremamente feliz”, contou ao g1.

Para José Andersson, o desafio agora é se adaptar a uma nova cultura, que é totalmente diferente da sua no Nordeste do Brasil. Segundo ele, a “oportunidade de crescimento”, é tão grande que lhe fez diminuir o medo.

Outro desafio para ele é a condição financeira de chegar até a Espanha. Segundo ele, a bolsa que ganhou paga as mensalidades do curso, o seguro saúde e um curso de espanhol. Ele terá ainda um auxílio de 2.200 euros, que será destinado ao alojamento durante o ano, o que equivale a um valor mensal de 180 euros.

Leia Também:  Em acionamento de comporta, Jair Bolsonaro acompanha chegada das águas do rio São Francisco ao Ceará

Em meio às despesas do estudante, ele ainda vai precisar de passaporte, visto e passagens aéreas, um custo aproximado de R$ 6 mil, despesas que a família não tem como custear.

Os amigos de José Andersson fizeram uma vaquinha na internet, mas os resultados não foram satisfatórios. Por causa dessa dificuldade, ele não sabe se vai conseguir realizar o sonho de estudar em outro país.

Atualmente ele está cursando Engenharia Civil no campus do Instituto Federal da Paraíba (IFPB), no município de Cajazeiras, na região do Sertão. Na mesma instituição, o jovem fez o Curso Técnico em Edificações integrado ao Ensino Médio.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA