Guia completo para tirar visto americano: tipos de visto e prazos para 2024

Geral

Você sabia que, durante os anos de 2022 e 2023, as filas para o agendamento de entrevistas de visto nos Consulados e na Embaixada dos Estados Unidos no Brasil alcançaram recordes históricos, com esperas de até quase dois anos na cidade de São Paulo?

Em resposta, a Embaixada aumentou o número de funcionários e iniciou os atendimentos aos sábados – o que gerou uma diminuição no tempo de espera em 2024.

Saiba como tirar visto americano: passo a passo completo
Saiba como tirar visto americano: passo a passo completo

Passo a passo completo para tirar o seu visto

Tirar o visto americano exige que você siga um passo a passo detalhado. Siga-o minuciosamente para concluir o processo sem atrasos ou, no pior dos casos, para que o seu visto não seja negado. 

Antes de viajar, não se esqueça de incluir, na sua checklist de viagem, a solução perfeita para a sua conexão nos Estados Unidos: o Chip Internacional EUA ou o eSIM internacional oferecidos pela America Chip – a maior empresa de roaming internacional do Brasil.

Viaje conectado e viva o melhor dos Estados Unidos.

Preencha o formulário DS-160

Preencher o formulário DS-160 é o primeiro passo (e um dos mais importantes) a ser realizado quando se deseja tirar o visto americano e, consequentemente, fazer uma viagem internacional aos Estados Unidos. 

O DS-160 é o formulário de solicitação de visto não imigrante e, independente de qual seja o propósito principal da sua viagem, tudo começa aqui.

Basta preenchê-lo online no site do Consulado ou Embaixada dos EUA, onde você solicitará o seu visto. O formulário exige informações detalhadas sobre a sua identidade, informações pessoais, informações de segurança e antecedentes, propósito da viagem, informações familiares e educacionais, mais detalhes sobre a sua ocupação atual e uma foto que, por sua vez, também deve seguir um padrão específico.

Preencher este formulário com toda a atenção do mundo, para evitar erros que podem levar à rejeição do visto, é imprescindível. Redobre a atenção!

Pague a taxa de visto

Após o preenchimento do DS-160, você deverá pagar a taxa de solicitação de visto – que varia de acordo com o tipo de visto solicitado. 

Os valores das taxas de solicitação de visto americano variam de acordo com o tipo de visto. Desde junho de 2023, as taxas para os vistos mais comuns são as seguintes:

  • Vistos B1 e B2 (para negócios e turismo): $185
  • Visto C1 (trânsito): $160
  • Visto F (estudante acadêmico): $160
  • Visto J (visitante de intercâmbio): $185
  • Visto M (estudante vocacional): $160

O pagamento pode ser feito online ou através de bancos autorizados. Desde março de 2024, a Embaixada e Consulados dos Estados Unidos no Brasil passaram a disponibilizar a opção de pagamento da taxa de solicitação (MRV) via Pix. 

Não se esqueça de guardar o seu recibo. Você precisará dele para agendar a sua entrevista – que, por acaso, é o próximo passo a se seguir.

Agende a entrevista e visita ao CASV

Com o recibo de pagamento em mãos, você pode agendar a sua entrevista na embaixada ou consulado e uma visita ao Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto (CASV) para a coleta de dados biométricos (fotografia e impressões digitais). 

É importante escolher datas que se encaixem no seu cronograma e estar preparado para a entrevista, revisando possíveis perguntas e organizando todos os documentos de suporte – entre eles, passaporte válido, página de confirmação do DS-160, recibo de pagamento da taxa de visto, documentos financeiros, provas de vínculos com o país de residência, carta convite ou itinerário de viagem, documentos escolares ou profissionais, histórico de viagem e outros documentos específicos a cada tipo de visto.

E, falando em documentos, é importante lembrar que, caso ainda não o tenha feito, você precisará tirar o seu passaporte antes de iniciar o preenchimento do DS-160. Os Estados Unidos exigem que cada passaporte seja válido por pelo menos seis meses além da data prevista de saída do visitante do país.

Retire o seu visto americano

Ufa! Pronto. Agora você já pode respirar de novo.

Após a entrevista e, caso o seu visto seja aprovado, você será informado sobre como e quando retirar o seu passaporte com o visto. Em alguns casos, o passaporte pode ser enviado diretamente para a sua casa e, em outros, você pode precisar buscá-lo em um local especificado pela Embaixada ou Consulado.

Tipos de visto para brasileiros nos Estados Unidos

Para cada diferente propósito de viagem, existe o visto americano ideal. E, assim como não existem poucos propósitos, os tipos de vistos não são poucos. 

Aqui vão eles:  

Visto B-1 para negócios

Este visto é destinado a quem deseja visitar os Estados Unidos para atividades de negócios de curta duração, como consultas com parceiros de negócios, participação em conferências educacionais, científicas, profissionais ou empresariais, negociações de contratos ou litígios. 

O visto B-1 para negócios não tolera que quem o porta trabalhe nos EUA ou receba pagamento de uma fonte estadunidense – exceto o reembolso de despesas incidentais.

Visto B-2 para turismo ou tratamento médico

Este visto é destinado a quem pretende fazer visitas de lazer, turismo ou tratamento médico nos EUA. É justamente através dele que os solicitantes poderão visitar amigos ou familiares, tirar férias ou participar de eventos sociais. 

Quem precisa de tratamento médico nos Estados Unidos também pode solicitar o Visto B-2 – e cirurgias especializadas, tratamentos para câncer e de fertilidade, consultas e tratamentos para condições raras ou graves, reabilitação e cirurgia plástica ou estética estão entre eles.

Visto J-1 para intercâmbio

O visto J-1 é destinado a quem pretende participar de programas de intercâmbio aprovados nos EUA. Isso inclui estudantes, professores, estagiários, pesquisadores e outros participantes de programas culturais. 

Os titulares deste visto visitam os EUA para adquirir habilidades, conhecimento ou experiência, e, muitas vezes, contam com requisitos de retorno ao país de origem após a conclusão do programa.

Visto F-1 e M-1

Visto F-1: É através do visto F-1 que estudantes acadêmicos matriculados em programas educacionais credenciados, como escolas secundárias, universidades ou cursos de inglês, podem entrar nos Estados Unidos. Os estudantes com visto F-1 podem trabalhar em campus e, em certas condições, fora do campus também.

Visto M-1: O Visto M-1 é destinado a estudantes que desejam realizar estudos vocacionais ou não-acadêmicos nos EUA. Ao contrário do F-1, os portadores do visto M-1 têm restrições mais rigorosas em termos de emprego enquanto estudam.

Visto C-1

O Visto C-1 é exigido para viajantes que passam pelos Estados Unidos – por escala nas conexões e escalas de avião ou navio, por exemplo. E, sim: mesmo que você não deixe o aeroporto ou navio na conexão, o Visto C-1 continuará sendo um dos requisitos da sua viagem.

Visto americano: tempo de espera aproximado

É possível tirar o seu visto americano em cinco postos diplomáticos ao redor do Brasil – dois no sudeste, um no centro oeste, um no sul e um no nordeste do país. Mas, afinal, qual o tempo aproximado de espera em 2024?

Em uma consulta feita no dia 21 de março, essas foram as datas coletadas:

Brasília: cinco dias (aproximadamente);

São Paulo: cerca de 150 dias;

Porto Alegre: assim como em São Paulo, 150 dias (aproximadamente);

Recife: cerca de 90 dias;

Rio de Janeiro: pouco mais de 60 dias.
É importante frisar que essas datas e períodos variam semanalmente. Em meados de 2023, por exemplo, a média de espera ultrapassou os 500 dias nos cinco postos diplomáticos do Brasil responsáveis por emitir vistos para os EUA.

Compartilhe este post
consultoria natura avonSabores da TerraCasa da Roca e PetCitopatologista Dra JosileneAri ClinicaAfonsinho AmaranteFinsolComercial Sousa Netoclinica e laboratorio sao goncaloCetec AmaranteEducandario Menino JesusMercadinho AfonsinhoAlternância de BannersPax Uni~ão AmarantePax Uni~ão AmaranteDr. JosiasPier RestobarPax Uni~ão AmaranteHospital de OlhosIdeal Web, em AmaranteMegalink AmaranteSuper CarnesInterativa

Deixe um comentário