AMARANTE

recorde mundial

Recordista mundial é encontrada morta no Quênia com sinais de esfaqueamento; marido está foragido

Publicado em

Internacional

Foto: AFP

A queniana Agnes Jebet Tirop foi encontrada morta na própria casa na cidade de Iten, no Quênia, com sinais de esfaqueamento. A morte dela foi confirmada pela Federação Queniana de Atletismo.

A atleta tinha 25 anos. Ela foi bronze nos 10.000 do Mundial de 2019 e também quarta colocada nos 5.000 m nas Olimpíadas de Tóquio. Sua morte aconteceu há um mês depois de bater o recorde mundial dos 10 Km em provas de rua.

Agnes Jebet Tirop foi encontrada morta pelos vizinhos, que afirmaram ter ouvido uma discussão na noite anterior. O marido da atleta está desaparecido. Ele é o principal suspeito da morte.

A corredora foi uma das maiores atletas na categoria em todo o mundo. O caso está sendo investigado pela Polícia, que confirmou que o marido está foragido desde o ocorrido.

Com informações do Daily Mail

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Praticantes de assédio a mulheres na Argentina serão punidos com multa
Propaganda

Internacional

Queda de avião com 132 pessoas pode ser o acidente aéreo mais mortal da China em quase 30 anos

Publicados

em

avião 132 pessoas montanhas
Fonte: Flightradar24

Um avião, do tipo Boeing Co. 737-800, caiu e, em seguida, se chocou contra uma cadeia de montanhas no sul da China nesta segunda-feira (21) levando 132 pessoas a bordo, que iam de Kunming para Guangzhou.

A aeronave, relativamente nova, estava sendo operada pela empresa China Eastern Airlines e despencou de uma altura aproximada de 25.000 pés em menos de dois minutos. A informação é do serviço de rastreamento de aeronaves Flightradar24.

Vídeos divulgados pela mídia estatal chinesa mostram uma nuvem de fumaça emergindo do local onde aconteceu a tragédia, parecendo tratar-se de um fragmento de asa ao lado de uma trilha na montanha.

De acordo com o The Wall Street Journal, havia 132 pessoas a bordo no avião. Se todos forem confirmados mortos, a ocorrência marcaria o acidente de avião mais mortal da china em quase três décadas.

Após 50 minutos da partida em Kunming, região sudoeste da China, a aeronave alcançou uma altitude de 29.100 pés e estava a uma velocidade de 524 milhas por hora, sem nenhum sinal de perigo, conforme o rastreamento do Flightradar24.dados.

Leia Também:  Em temperatura abaixo de zero, criança passa frio por 2 horas e ninguém ajuda; veja o vídeo

O nariz da aeronave inclinou para baixo por volta das 14h20, no horário previsto para descer em Guangzhou e começou a se mover em direção ao lado da montanha.

“Uma vez que estão em altitude de cruzeiro, geralmente as aeronaves não caem”, disse Paul Hayes, diretor de segurança aérea e seguro da empresa de consultoria de aviação Ascend by Cirium, acrescentando que o incidente parecia “incomum” em incidentes de segurança de aeronaves. “A maioria dos acidentes ocorre na fase de pouso e decolagem do voo.”

 

Com informações do The Wall Street Journal

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA