AMARANTE

soluções digitais

Oi Soluções reforça atuação em cloud com novos lançamentos

Publicado em

Oi soluções cloud lançamentos

Provedora e integradora de soluções digitais para o mercado corporativo, a Oi Soluções reforça sua atuação em cloud ao estabelecer parcerias com os maiores provedores de tecnologia na nuvem (CSPs – Cloud Services Provider) do mercado, colocando à disposição das empresas recursos e serviços da Amazon Web Services (AWS), Google Cloud Platform (GCP) e IBM Cloud, além de sua plataforma de Multicloud. Para atingir os níveis das parcerias estabelecidas, os CSPs levam em conta uma série de critérios, como volume de serviços, quantidade de profissionais qualificados para atender os clientes e eventualmente verticais de negócios na qual a empresa está se especializando.

Como estratégia de posicionamento no mercado, a Oi Soluções, cuja receita em cloud aumentou 186% de 2020 para 2021, estruturou o conjunto de parcerias no lançamento Cloud Partner Solutions, que alia os recursos dos parceiros com a conectividade, expertise da arquitetura em cloud computing e serviços profissionais especializados, possibilitando o desenvolvimento de soluções pensadas exclusivamente para cada negócio.

Além da personalização, que é um dos principais diferenciais da Oi Soluções, os clientes têm o benefício de centralizar o processo de compra e atendimento, diminuindo a complexidade na gestão de contratos e garantindo ainda que a implementação das tecnologias esteja sendo feita por uma equipe altamente qualificada.

“No processo de implementação das soluções, especialmente na jornada para nuvem, é preciso entender a arquitetura atual do cliente para desenhar a solução mais adequada tecnicamente para entregar os benefícios que um ambiente em cloud proporciona”, explicou Rodrigo Shimizu, diretor de Marketing da Oi Soluções.

Disaster Recovery

Uma das soluções que já estão disponíveis é o Disaster Recovery as a Service (DRaaS), em parceria com a AWS, que atua na continuidade do negócio do cliente, recuperação de ambientes e na replicação de dados, ajudando a manter as aplicações de TI estáveis após um desastre ou falha no ambiente.

“Em vez de fazer novos investimentos em ambientes secundários locais, a empresa pode usar o DR como serviço, tendo somente um custo marginal para manter o sistema em alerta e pagando pelo serviço em si apenas quando ele precisar  ser ativado”, esclarece Shimizu.

O B2B da Oi tem portfólio completo e integrado de Segurança, Cloud, UC&C (Unified Communications and Collaboration), IoT, Big Data & Analytics, Aplicações Digitais e Serviços Gerenciados, além de dados, internet e voz via fibra ótica. Com atuação nacional, a Oi Soluções está presente nas maiores empresas públicas e privadas do país. São mais de 1.500 executivos para atender exclusivamente o segmento corporativo, sendo a carteira de clientes composta por 40 mil empresas dos mais variados setores.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Economia

Receita alerta para golpe do falso IOF antecipado via Pix

Publicados

em

Cobrado sobre operações de crédito e de câmbio, o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) está sendo usado por criminosos para enganar tomadores de empréstimos. A Receita Federal emitiu um alerta sobre estelionatários que se passam por supostas empresas para condicionar a liberação do crédito ao pagamento antecipado de IOF via Pix.

Segundo o Fisco, os fraudadores fornecem documentos falsos de notificação e de arrecadação que induzem o cidadão a recolher taxas inexistentes para a liberação do dinheiro. A vítima repassa o suposto IOF por meio de transferências Pix para pessoas físicas.

Boleto usado no golpe condiciona transferência de empréstimo a pagamento adiantado de IOF por Pix – Divulgação/Receita Federal

Em comunicado, a Receita Federal informa que jamais fornece dados para recolhimento de tributos ou de taxas via transferência. Segundo o órgão, os servidores do Fisco não prestam serviços de empréstimo à população nem entram em contato para cobrar pagamentos.

Embora alguns tributos possam ser pagos via Pix, a Receita esclarece que o IOF só pode ser quitado por meio de Documento de Arrecadação de Receitas Federais (Darf), pago pela instituição que concede o empréstimo, não pelo tomador. Caso desconfie ser vítima de um golpe, a Receita Federal orienta que o cidadão procure imediatamente a polícia, munido de todas as provas possíveis, e registre um boletim de ocorrência.

 

Edição: Aline Leal

Fonte: EBC Economia

COMENTE ABAIXO:



Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA