Menu...

15 de junho de 2019

Depressão: em Amarante, Caps inicia projeto ‘Valorização da Vida’


Hospital de Olhos

Publicidade

A Prefeitura de Amarante, por meio do Centro de Atenção Psicossocial (Caps), está iniciando a execução do projeto ‘Valorização da vida’, que é espelhado no Setembro Amarelo, campanha realizada em todo o Brasil na prevenção ao suicídio.

O trabalho visa a expansão da campanha para todo o ano com execução de medidas de acompanhamento a pessoas portadoras de depressão no município.

De acordo com a coordenadora Poliana Moura, “a ideia não é abranger somente o Caps e sim todas as comunidades com exemplos de valorização à vida”.

“Nós observamos que as ocorrências de pessoas que atentaram contra a própria vida em 2017, envolviam pessoas que não eram usuárias do Caps, a não ser um caso isolado com uma pessoa que acompanhávamos. A ideia surgiu do aumento dessas ocorrências, a gente se espelhando no Setembro Amarelo”, completou.

Publicidade

Na manhã desta terça-feira (25)0 na sede do Caps houve atividades com músicas, dinâmicas com a participação das psicólogas Luana Feitosa, Neusa Celle e Maria Clara, além de consultas psiquiatras. “Esse encontro foi, na verdade, o começo do nosso trabalho. Aqui na sede, vamos receber as pessoas para consultas e automaticamente fazermos o acolhimento. A nossa ideia é fazer reuniões semanais com pessoas que passam por depressão”, encerrou.

A idealização do projeto, reforçou a coordenadora, “surgiu no início do mês, quando foram iniciadas as atividades relacionadas ao Setembro Amarelo como mecanismo de prevenção ao suicídio”.

Ao falar da idealização do projeto, a coordenadora mencionou casos que ela intitulou de “preocupantes”, com automutilações envolvendo alunos da Rede Municipal de Ensino.

Ao todo 20 profissionais do Caps participam do projeto, além da psicóloga Maria Clara e o músico Adonis para animação das atividades.

Fotos: Leomar Duarte

Publicidade

Tags: