AMARANTE

Internacional

Ministro das Relações Exteriores da Rússia diz que uma terceira guerra mundial seria ‘nuclear e destrutiva’

Publicado em

Internacional

ministro terceira guerra
Foto: Ministério das Relações Exteriores da Rússia/Folheto via Reuters

O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergey Lavrov, alertou que, se uma terceira guerra mundial ocorresse, seria “nuclear e destrutiva”. Ele disse à agência de notícias estatal russa RIA que a Rússia enfrentaria um “perigo real” se Kiev adquirisse armas nucleares.

Sem fornecer nenhuma evidência, ele afirmou que a Ucrânia está tentando obter tais armas e, portanto, justificou a invasão russa, falando em uma conferência de desarmamento em Genebra nessa terça-feira.

As perspectivas assustadoras de uma guerra nuclear aumentaram na semana passada quando o presidente russo, Vladimir Putin, ordenou que as forças de dissuasão nuclear de seu país fossem colocadas em estado de alerta máximo.

Em uma reunião transmitida pela TV com altos funcionários de defesa russos, Putin citou a retórica agressiva da Otan e as “sanções ilegais” como base para tomar a medida extrema.

“Os altos funcionários dos principais países da OTAN se permitiram fazer comentários agressivos sobre nosso país, por isso ordeno ao ministro da Defesa e ao chefe do Estado-Maior que coloquem a Força de Dissuasão do Exército Russo em alerta de combate”, disse o presidente russo.

Leia Também:  Créditos de reciclagem criam novas oportunidades, diz ministro

O governo Biden tentou minimizar a escalada de Putin, alegando que era outra ameaça fabricada do Kremlin que corresponde a um padrão mais amplo de escalada estratégica.

A CNN citou um funcionário não identificado do governo dizendo: “em cada passo deste conflito, Putin fabricou ameaças para justificar ações mais agressivas – ele nunca foi ameaçado pela Ucrânia ou pela OTAN, que é uma aliança defensiva que não lutará na Ucrânia”.

Quando perguntado por um repórter na segunda-feira se os americanos deveriam se preocupar com uma guerra nuclear com a Rússia, o presidente dos EUA, Joe Biden, respondeu simplesmente: “Não”.

Com informações do Allisrael

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Internacional

Ataque a tiros em escola do Texas mata 14 crianças e um professor; autor dos disparos agiu sozinho

Publicados

em

massacre escola texas atirador mortos

Na tarde desta terça-feira (24), quinze pessoas foram mortas, sendo um professor e 14 alunos, incluindo mais de uma dúzia de crianças, durante um tiroteio em uma escola primária do Texas. A informação foi confirmada pelo governador Greg Abbott.

Não foram ainda divulgadas as circunstâncias do ataque, que foi registrado por volta de meio-dia, horário local (14h em Brasília).

“O que aconteceu em Uvalde é uma tragédia horrível que não pode ser tolerada no estado do Texas. Há uma ação rápida sendo tomada pela polícia local”, disse o governador em coletiva de imprensa. Ele garantiu que as autoridades locais estão auxiliando nas investigações e que receberão “todos os recursos necessários”.

O autor dos disparos foi identificado como Salvador Ramos, de 18 anos. Segundo o chefe da polícia na região de Uvalde, Pete Arredondo, o criminoso agiu sozinho.

O FBI está auxiliando na investigação do caso. “Ele atirou e matou horrivelmente, incompreensivelmente, 14 alunos e matou um professor”, disse o governador do Texas, acrescentando que o suspeito, Salvador Ramos, 18, também está morto.

Leia Também:  Ciúme fatal: homem pula em rio para salvar ex e atual namorada morre afogada ao saltar atrás

O hospital Uvalde Memorial recebeu 17 crianças feridas, sendo que duas delas morreram na chegada, segundo informou o presidente-executivo do hospital, Tom Nordwick.

Um homem de 40 anos chegou ao hospital com ferimentos leves. “Ele apenas disse: ‘Trate as crianças””, disse Nordwick, acrescentando que 12 crianças ainda estavam sendo tratadas no pronto-socorro e ele não sabia dizer qual era a condição delas.

Duas crianças foram encaminhadas para atendimento médico em San Antonio. Outra ficou aguardando um transporte. Uma mulher, segundo o hospital, estava em estado crítico.

Robb Elementary tem uma matrícula de pouco menos de 600 alunos. Anteriormente, o Distrito Escolar Independente Consolidado de Uvalde havia dito que todas as escolas do distrito foram fechadas por causa de tiros na área.

Com informações da CNN e do The Los Angeles Time

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA