AMARANTE

após quarentena

Em novo exame, Queiroga testa negativo para a Covid-19

Publicado em

Brasil

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, testou negativo para Covid-19. A informação foi repassada por ele mesmo em seu perfil no Twitter na tarde deste domingo (03).

Ele não disse quando o exame foi feito. “Meu novo exame de RT-PCR deu negativo para a Covid-19. Em breve retorno ao 🇧🇷! Agradeço a todos que enviaram boas vibrações. Vamos em frente!”, disse ele, por volta das 17h.

O ministro cumpre quarentena em Nova York, nos Estados Unidos. Ele havia testado positivo para a doença quando acompanhou o presidente Jair Bolsonaro durante a Assembleia-Geral da Organização das Nações Unidas (ONU).

Segundo a CNN, o ministro havia comunicado que testou novamente positivo para a Covid-19, o que lhe fez continuar trabalhando à distância.

Pelas regras sanitárias americanas e brasileiras, a pessoa que confirmou a Covid-19 precisa ficar isolada de 10 a 14 dias, se não forem observados sintomas graves e negativar em um novo PCR a partir do 10º dia.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Amarantino Neto Carvalho será palestrante em Portugal no IX Fórum Jurídico de Lisboa
Propaganda

Brasil

Ciro Nogueira anuncia fechamento das fronteiras aéreas do Brasil para seis países por causa da variante Ômicron

Publicados

em

O Brasil vai fechar as fronteiras aéreas para seis países da África em razão da nova variante ‘Ômicron’ – do coronavírus, que foi detectada esta semana. A informação foi dada nessa sexta-feira pelo ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira.

A nova cepa representa um desafio para cientistas, que ainda não sabem se possíveis mudanças da variante podem ser mais transmissíveis ou mortais. Por enquanto, descobrir se ela poderá provocar um impacto na saúde pública pode levar algum tempo.

A cepa foi detectada nos últimos dias na África do Sul, chamando a atenção de cientistas e de todo o mundo em razão da sua quantidade e da variedade de mutações, sendo que algumas delas são consideradas inéditas.

A variante Ômicron está se espalhando com rapidez pelo país africano. Ela caminha para, em duas semanas, se tornar dominante, pouco depois de uma forte onda provocada pela cepa Delta no país.

Na noite de ontem, o ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, fez o anúncio de que o país vai fechar as fronteiras com seis países da África, a partir da próxima segunda-feira.

Leia Também:  Em Brasília, prefeito Diego Teixeira e vereadores levam demandas de Amarante a Ciro e Iracema Portella

“O Brasil fechará as fronteiras aéreas para seis países da África em virtude da nova variante do coronavírus. Vamos resguardar os brasileiros essa nova fase da pandemia naquele país. A portaria será publicada amanhã e deverá vigorar a partir de segunda-feira”, disse o ministro.

Segundo ele, a decisão tem a participação dos ministérios de Infraestrutura, Saúde e Justiça. A decisão vai atingir os passageiros oriundos da África do Sul, Botsuana, Eswatini, Lesoto, Namíbia e Zimbábue.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA