AMARANTE

Internacional

Mãe é condenada por matar o próprio filho de 5 anos com dose excessiva de sal

Publicado em

Internacional

mãe

Uma mãe foi condenada pela morte do filho por envenenamento com sódio, depois de forçá-lo a ingerir uma alta quantidade de sal.
Lacey Spears, de 27 anos, de Scottsville, Kentucky, EUA, foi a responsável pela morte de seu filho de cinco anos de idade, Garnett-Paul Spears, de acordo com o Júri responsável pelo caso.
“O motivo é bizarro, assustador, mas existe”, disse Patricia Murphy, assistente da promotoria, que afirmou ainda que, “aparentemente, Lacey desejava a atenção da família, dos amigos e dos colegas de trabalho”.
A conclusão foi que a mãe se beneficiava da situação do filho para atrair atenção. Ela o matou porque temia que ele contasse às pessoas que “o fazia doente”.
83
Suas ações foram consideradas “nada menos do que a tortura,” depois que médicos atestaram que havia sal em demasia no organismo do menino.
Alguns especialistas acreditam que a mãe pode ser portadora da Síndrome de Munchausen, que faz com que os indivíduos simulem estar enfermos ou com algum trauma psicológico para conquistarem atenção e simpatia dos que os cercam. No caso de Lacey, ela usou do filho.
Postagem: Denison Duarte
Fonte: Mirror
Com informações do Gadoo

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Suspeito procurado pela polícia publica no Facebook foto próximo à delegacia para zombar das autoridades
Propaganda

Internacional

Cinco melhores escolas de medicina na Rússia

Publicados

em

Se você está procurando uma maneira perfeita de obter seu diploma de medicina, a Rússia pode ser uma boa opção. O país tem mais de 70 universidades médicas para escolher, todas sob a égide do Ministério da Saúde Pública da Federação Russa.

A Rússia combina ciência moderna com habilidades sociais bem estabelecidas, portanto, forma médicos com conhecimento abrangente e experiência prática, prontos para atuar em qualquer frente, seja na saúde pública, na pesquisa ou em outras áreas específicas.

As escolas médicas da Rússia aceitam alunos internacionais?

Sim. As universidades russas estão se tornando um destino popular para estudantes de todo o mundo, pois nelas você pode obter educação de qualidade premium por preços razoáveis.

O ambiente para estudantes internacionais proporciona o convívio com pessoas amigáveis e acolhedoras, uma rica cultura e, principalmente, diplomas de medicina reconhecidos mundialmente.

A maioria das universidades russas está preparada para receber os estudantes internacionais, inclusive ministrar aulas na língua inglesa, ao mesmo tempo que lhes ensina a língua russa. Isso ocorre porque, para obter educação superior na Rússia, você tem que trabalhar em seus hospitais, portanto, o idioma não deve ser um obstáculo.

Para se inscrever em qualquer universidade médica russa você precisa fornecer todos os documentos necessários, além de passar nos exames e testes fornecidos pela universidade escolhida. Você também pode obter uma bolsa de estudos como estudante internacional, o que é uma grande vantagem.

Quanto tempo dura um curso da área de saúde nas escolas médicas russas?

O currículo médico na Rússia é composto por disciplinas distribuídas ao longo de seis anos, ou um pouco menos, caso você escolha se tornar um dentista ou farmacêutico (5 anos), ou enfermeiro (4 anos).

Se você deseja continuar seus estudos na Rússia, há mais opções de pós-graduação disponíveis, como residência clínica e residência direcionada. Ambos têm como objetivo permitir um conhecimento aprofundado de especialidades médicas específicas que lhe permitirão trabalhar como médico privado. A residência dura mais dois anos.

Sua educação também pode ser direcionada para a pesquisa científica e para um doutorado, disponíveis na Rússia após o programa inicial de seis anos.

Conheça, então, as escolas médicas da Rússia.

1. Universidade Médica Pirogov – Moscou

A Universidade Nacional de Pesquisa Médica Russa Pirogov foi fundada em 1906 e, portanto, é uma das universidades mais antigas da Rússia. A instituição abriu suas portas para estudantes internacionais em 1959 e, desde 2013, oferece aulas na língua inglesa. A Pirogov é considerada uma das melhores escolas médicas da Rússia como resultado do grande sucesso de seus graduados, de um currículo médico sólido e das suas honrosas pesquisas científicas.

2. Universidade Russa da Amizade dos Povos – Moscou

Fundada em 1960, essa universidade se mantém firme em seu lema para promover o estudo, a pesquisa e as atividades sociais. A instituição oferece oportunidades iguais de educação, independentemente da nacionalidade dos seus alunos e de pontos de vista políticos. Isso pode ser uma grande vantagem quando você está na Rússia para estudar medicina.

3. Universidade Estadual de Medicina Pediátrica – São Petersburgo

Fundada em 1905, esta importante escola de medicina da Rússia é especializada em assistência infantil e resgate, e é a universidade pediátrica mais antiga do mundo. A instituição recebe estudantes internacionais há muitas décadas, oferecendo educação de alto nível para alunos de mais de 50 países. A partir de 2018, o inglês foi introduzido como um dos idiomas oficiais das palestras.

4. Primeira Universidade Médica de São Petersburgo I.P. Pavlov – São Petersburgo

Esta universidade foi estabelecida em 1897 como Instituto Médico para Mulheres, sendo o primeiro do tipo na Rússia e na Europa a oferecer ensino superior para mulheres. A I.P. Pavlov foi oficialmente nomeada em homenagem ao vencedor do Prêmio Nobel de Medicina, Ivan Petrovich Pavlov (1904). A universidade está aberta a estudantes internacionais com cursos de graduação em medicina, odontologia e medicina esportiva.

5. Universidade Médica Estadual de Kazan – Kazan

A universidade de Kazan, outra importante escola de medicina da Rússia, foi fundada em 1804 e tem evoluído muito desde então. Esta universidade está aberta a estudantes internacionais e atualmente conta com mais de 400 estrangeiros graduados em medicina, de 46 países. A instituição, assim como muitas outras, oferece o idioma russo como uma das disciplinas obrigatórias, pois isso será útil para o estágio e para o trabalho com pacientes. A Universidade de Kazan é reconhecida pela OMS (Organização Mundial da Saúde) e seus diplomas podem ser usados em todo o mundo.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Madonna revela que já foi estuprada e faz revelações fortes sobre o caso
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA