AMARANTE

editais com premiação

Governo Federal vai premiar artistas plásticos, profissionais de circo, companhias de dança e fotógrafos

Publicado em

Brasil

A Fundação Nacional de Artes lançou quatro editais com premiações para artistas plásticos, profissionais de circo, companhias de dança e fotógrafos. Ao todo, serão R$ 3,4 milhões em prêmios para iniciativas que valorizem a dança e fortaleçam o patrimônio artístico nacional.

As inscrições começam no dia 9 de setembro e seguem até 25 de outubro, no site da Funarte. Confira, a seguir, mais detalhes das premiações:

. Prêmio Funarte de Estímulo ao Circo 2021
⁃ R$ 2 milhões em premiações;
⁃ Vai selecionar 40 circos itinerantes e 20 grupos circenses (trupes, companhias e coletivos);
⁃ Podem participar pessoas jurídicas (exceto microempreendedores individuais, órgãos públicos ou fundações).

. Prêmio Festival Funarte Acessibilidança Virtual
⁃ R$ 870 mil para 25 companhias;
⁃ Propostas devem ter como concepção cênica a acessibilidade;
⁃ Espetáculos deverão ser apresentados em formato virtual, em vídeos de 40 a 90 minutos, com audiodescrição e interpretação em Libras.

. XVI Prêmio Funarte Marc Ferrez de Fotografia
⁃ Vai selecionar 50 projetos, premiados com R$ 10 mil cada;
⁃ Propostas devem contemplar, no mínimo, uma das linhas de produção fotográfica citadas no edital, tais como livre criação, fotojornalismo e produção acadêmica.

Leia Também:  Estado de São Paulo cancela ponto facultativo no Carnaval

. Prêmio de Artes Plásticas Marcantonio Vilaça
⁃ Contemplará oito iniciativas, e cada uma receberá R$ 15 mil;
⁃ Exclusivamente voltado a artes produzidas por meio digital: arte sonora, escultura, arte cibernética, bioarte, net-art, glitch-art e arte imersiva, entre outras.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Brasil

Grave acidente na Serra de Tianguá deixa mortos e mais de 30 feridos; vítimas iam para concurso em Fortaleza

Publicados

em

Um ônibus tombou na madrugada desta sexta-feira (22) deixando pelo menos quatro pessoas mortas e outras 34 feridas na descida da serra de Tianguá, a 310 km de Fortaleza-CE.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que o local foi interditado no sentido Sobral/Serra Grande. Segundo informações, parte das vítimas é do Maranhão e estava no ônibus que havia sido fretado para levá-las a um concurso da Fundação Regional de Saúde (Funsaúde), que será realizado neste fim de semana, em Fortaleza.

De acordo com o g1/CE, o acidente aconteceu por volta das 3h, deixando duas pessoas mortas no local. Outras duas foram socorridas, mas vieram a óbito no hospital. O condutor do ônibus deixou o local e não foi encontrado ainda.

Uma das candidatas, Katiele Cristine Silva Lobão, da cidade de Barra do Corda-MA, disse que dormia no momento do acidente e que acordou ao perceber que o ônibus estava balançando. Ela teve apenas ferimentos leves no braço e no pé.

“Saímos quase 3 horas da tarde do Maranhão da cidade de Barra do Corda. Tem gente também do município de Presidente Dutra. Não me lembro de muita coisa, pois era de madrugada e estávamos todos dormindo. Vi só quando o ônibus começou a balançar e caiu. Só tive um ferimento no braço e o pé cortado”.

Leia Também:  Manaus exonera médicos investigados por furar fila de vacina

Outra passageira, Paula Samantha Moreira de Matos, de Barra do Corda, disse que as pessoas do ônibus eram de Presidente Dutra, Barra do Corda, Teresina, entre outras cidades.

“Fiquei machucada no braço e no pé, porque na hora a gente caiu em pé e ficamos segurando uma na outra. Eu estava dormindo e acordei sentindo um cheiro de queimado. Quando falei que estava com um cheiro de queimado na mesma hora o ônibus virou. Foi um desespero, porque nosso medo era cair da serra, eu estava desesperada, porque imaginava que se mexesse poderia cair no abismo. O motorista puxou para outro lado para não cair no abismo. Estava tudo escuro, não dava para saber quem era quem, só quando a gente ia olhando para a cara das pessoas. Meu grupo eram de cinco pessoas”.

Um ônibus que saiu de Amarante-PI numa excursão para Fortaleza tinha profissionais da Saúde, que ajudaram no socorro às vítimas. “Estávamos no local e, logo em seguida, foram chamados os técnicos de Enfermagem dos ônibus para auxiliar no socorro. Ficamos por duas horas no local”, informou uma turista de Amarante.

Leia Também:  Em Amarante, bandidos roubam computadores de programa do Governo Federal e logo devolvem

Ao todo, 34 pessoas feridas deram entrada no Hospital e Maternidade Madalena Nunes, em Tianguá. Três dos passageiros estavam em estado grave e foram transferidos para a Santa Casa de Misericórdia, em Sobral. Os demais foram levados com escoriações para a unidade de saúde.

O governador do Estado do Ceará, Camilo Santana, fez uma publicação nas redes sociais prestando solidariedade às vítimas do acidente.

“Minha solidariedade às vítimas do acidente com ônibus na BR-222, em Tianguá, que deixou quatro mortos e mais de 30 feridos nesta madrugada. O ônibus vinha do Maranhão com candidatos do concurso da Funsaúde, que será realizado neste fim de semana. O Governo do Estado está prestando todo o atendimento necessário às vítimas. Meus sentimentos de profundo pesar”, publicou Camilo.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA