AMARANTE

suposta data

Eugênio Primeiro vai morrer no dia 23 de abril?

Avatar

Publicado em

GERAL

Há vários meses, panfletos, postagens nas redes sociais e até outdoors estampam mensagens do empresário Eugênio Primeiro no Piauí e um detalhe chamou a atenção das pessoas: uma suposta data de sua morte marcada para o dia 23 de abril de 2021.

As mensagens falam de gratidão e após o nome do dono do portal 180graus, aparece a imagem de uma cruz com o dia que supostamente seria a data do seu falecimento, o que causou um verdadeiro ‘auê’ em grupos de WhatApp.

“Quanto mais gratidão você tiver, mais motivos para ser grato vão surgir. Quando algo afeta toda a humanidade sentimos que a solidariedade é a única saída para nos fortalecer. Quando tudo passa, são atitudes de gratidão que nos levam para perto de Deus. A verdadeira gratidão só existe quando é demonstrada em boas atitudes. Eugênio Primeiro”, cita a mensagem num dos panfletos.

‘Será que ele está prevendo a sua morte?’, questiona um internauta sobre o mistério da data. “Teremos uma mais tragédia em Teresina?”, pergunta outro.

Leia Também:  Menino chinês de 10 anos se suicida por ordem do professor

Não é a primeira vez que Eugênio Primeiro trata sobre a morte de uma forma tão intensa e gera repercussão. Em 2016, ele chegou a realizar o próprio velório, numa campanha para arrecadar R$ 320 mil para a construção do seu mausoléu, na sua cidade natal, Campo Maior.

O empresário, que vive praticamente isolado, não comenta sobre o assunto para quem pergunta. Há quem diga até que Eugênio Primeiro vai se batizar em alguma igreja, já que a Bíblia Sagrada fala que o batismo é como um sepultamento e que o mergulho nas águas significa uma nova vida, mas será isso mesmo?

O dia 23 de abril está perto e na internet muita gente cobra a chegada da data para saber o que vai acontecer. Muita gente até confundiu a data com 23 de março e cobrou o que aconteceu com Eugênio Primeiro, mas ele continua vivo.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

GERAL

Câmara aprova projeto que prevê pagamento proporcional em pedágios

Avatar

Publicados

em


A Câmara dos Deputados aprovou hoje (6), por 276 votos a 90, o Projeto de Lei (PL) 886/21 que autoriza a implantação de sistema eletrônico de livre passagem em pedágios, com identificação automática dos usuários, conhecido como free-flow. A proposta, que já havia sido aprovada pelo Senado em março, vai agora à sanção presidencial.

O sistema free-flow funciona por meio de equipamentos de identificação e classificação veicular capazes de verificar, nos locais onde estejam instalados, quais são os veículos que por ali passam e quais as características. Com isso, não é necessário que o motorista tenha que parar na praça de pedágio para efetuar o pagamento da tarifa.

De acordo com o projeto a adoção desse sistema vai possibilitar o pagamentos de tarifas que “guardem maior proporcionalidade com o trecho da via efetivamente utilizado”. Pela proposta, caberá ao Poder executivo regulamentar esse tipo de sistema.

“O Contran [Conselho Nacional de Trânsito] estabelecerá os meios técnicos, de uso obrigatório, para garantir a identificação dos veículos que transitarem por rodovias e vias urbanas com cobrança de uso pelo sistema de livre passagem”, diz o projeto.

Leia Também:  Nova medida deve deixar carteira de habilitação mais cara no PI

O novo sistema valerá para os novos contratos de concessão de rodovias. Para os contratos de concessão em curso nos quais não seja possível implementar o sistema de livre passagem, a regulamentação deverá prever a possibilidade de celebração de termo aditivo para viabilizar a concessão de benefícios tarifários a usuários frequentes.

O projeto modifica ainda a Lei 10.233/01, que dispõe sobre a reestruturação dos transportes aquaviário e terrestre, para prever que o sistema de cobrança do pedágio seja proporcional ao trecho da via efetivamente utilizado.

Edição: Valéria Aguiar

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA