AMARANTE

Castelo do Piauí

Empresário sequestrado no Piauí é encontrado amarrado dentro de mata em Novo Oriente-CE; dois são presos

Publicado em

Castelo do Piauí

empresaŕio sequestrado amarrado mata

No município de Castelo do Piauí, o empresário Júnior Bandeira foi alvo de criminosos na manhã desta terça-feira (17). Sequestrado, ele passou mais de 04 horas como refém dos bandidos, tendo sido localizado numa mata no município de Novo Oriente, no Ceará.

O comandante do 15º Batalhão de Polícia Militar (BPM), de Campo Maior, Major Etevaldo, informou que o empresário foi encontrado somente no final da manhã. Segundo o major, a vítima estava amarrado e bastante abalado.

“Por volta de 11h30 o empresário foi localizado, ele estava amarrado e bastante abalado dentro de uma região de matagal na zona Rural de Novo Oriente”, explicou o major.

Nas buscas, a Polícia Militar do Piauí teve o apoio da PM do Ceará. Juntos, conseguiram descobrir e localizar dois suspeitos envolvidos no crime. O veículo da vítima, utilizado na fuga, foi também localizado. Os criminosos estavam na mesma região de matagal onde estava o empresário.

“Primeiro foi localizado os dois suspeitos com a caminhote do empresário e em seguida foi localizada a vítima nas proximidades”, ressaltou ao Cidade Verde o comandante do 15º BPM.

Leia Também:  Sequestradores de empresário piauiense queriam R$ 300 mil; três foram mortos e dois capturados

Policiais fizeram um cerco na tentativa de capturar os outros dois suspeitos, que ainda estão foragidos. Os criminosos estavam de posse de outro veículo que estava sendo utilizado pelo grupo, e que foi abandonado e apreendido pela polícia.

O empresário foi levado para a Delegacia de Novo Oriente para esclarecimentos acerca da motivação do crime.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Castelo do Piauí

Sequestradores de empresário piauiense queriam R$ 300 mil; três foram mortos e dois capturados

Publicados

em

Os criminosos que participaram do sequestro do empresário Raimundo Bandeira da Silva Júnior, em Castelo do Piauí, pretendiam permanecer com ele na condição de refém até que ele realizasse a transferência de R$ 300 mil. A informação é do comandante do 15º Batalhão de Polícia Militar de Campo Maior, major Etevaldo.

No desfecho, dois foram presos e três foram mortos em confronto com policiais nessa terça-feira (17) em Novo Oriente, no Ceará.

O comandante confirmou ainda ao g1 que os sequestradores tinham a intenção de passar vários dias com Júnior Bandeira para que ele fizesse diversas transferências bancárias via pix até que chegasse ao valor desejado.

“Eles disseram que havia a informação de que o empresário teria R$ 300 mil guardados em casa. Alguém passou essa informação, por isso eles vieram do Ceará para realizar o assalto”, explicou o comandante.

O empresário foi sequestrado nesta terça-feira (17), em Castelo do Piauí, quando cinco homens invadiram a sua casa e roubaram uma caminhonete e o fizeram refém.

Leia Também:  Três dos cinco suspeitos de sequestrar empresário piauiense são mortos pela polícia no Ceará

Os criminosos empreenderam fuga com destino ao Ceará, ocasião em que dois foram localizados em uma região de mata e a vítima estava amarrada.

Os sequestradores, segundo a polícia, se mostraram bastante agressivos com a vítima.

Os outros três envolvidos no sequestro foram mortos durante confronto com a polícia, ainda na tarde de ontem, na cidade de Novo Oriente-CE. Com eles foram encontrados uma pistola, um revólver e uma arma artesanal.

O empresário foi levado para casa com o veículo recuperado. Uma caminhonete que também estava sendo usada pelos criminosos, fruto de um assalto há poucos dias na cidade de Tamboril, no Ceará, foi recuperada também.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA