AMARANTE

Geral

Criança atropelada no DF é transferida de unidade intensiva

Publicado em

Geral

Uma das quatro crianças hospitalizadas vítimas do atropelamento na capital federal, no domingo (22), foi transferida da unidade de cuidados intensivos para o Hospital de Ceilândia, que conta com leito pediátrico. As informações foram divulgadas nesta noite (26) em boletim do Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (Iges-DF).

Segundo a nota, duas crianças, de 6 anos de idade, iniciaram protocolo de redução de sedação para que seja realizada avaliação neurológica e desmame ventilatório.

“A que encontra-se em estado mais grave, de quatro anos, fará nova tomografia de crânio de controle. Para esta, ainda não há previsão de início das medidas adotadas nas outras duas”, informou o instituto.

Atropelamento

No domingo (22), cinco crianças, com idades entre 5 e 10 anos, foram atropeladas enquanto andavam por uma calçada, na cidade de Ceilândia, distante 30 quilômetros (km) da região central de Brasília.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, elas foram atendidas por equipes do Samu e encaminhadas ao Hospital Regional de Ceilândia (HRC), três delas ficaram em estado grave e outras duas apenas com escoriações.

Leia Também:  Governo libera crédito extra ao Fies no valor de R$ 702,5 milhões

De acordo com testemunhas, o motorista responsável por provocar o acidente fugiu do local sem prestar socorro às vítimas.

O homem acabou detido pela Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) e encaminhado à 15ª Delegacia de Polícia em Ceilândia.

Edição: Fernando Fraga

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Geral

Sinal 5G começará a funcionar em Brasília na quarta-feira

Publicados

em

Brasília será a primeira capital do país a ter a rede 5G em funcionamento na telefonia móvel. Segundo o conselheiro e vice-presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Moisés Moreira, o sinal será liberado em Brasília nesta quarta-feira (6).

Em participação no evento Teletime Inc, em São Paulo, o grupo técnico da Anatel encarregado de avaliar a desocupação da faixa de 3,5 gigahertz (GHz) aprovou a ativação do sinal 5G na capital federal no fim da tarde de hoje (4). Segundo Moreira, as próximas capitais a terem a tecnologia liberada serão Belo Horizonte, Porto Alegre e São Paulo, sem data prevista por enquanto.

Moreira preside o grupo da Anatel responsável pela liberação das frequências 3,5 GHz, por onde transitará o sinal da telefonia 5G. Atualmente, essa faixa ainda está ocupada por empresas de antena parabólica que operam com a tecnologia Banda C e estão atrasadas com a migração para outra frequência, chamada de Banda Ku.

Originalmente, o edital do leilão do 5G, realizado em novembro do ano passado, previa que todas as capitais deveriam ser atendidas pela telefonia 5G até 31 de julho. No entanto, problemas com a escassez de chips e com atrasos na produção e na importação de equipamentos eletrônicos relacionados à pandemia de covid-19 provocaram atrasos no cronograma.

Leia Também:  Três ganhadores acertaram 1° sorteio da Dupla Sena de Páscoa

O prazo para o funcionamento do 5G em todas as capitais passou para 29 de setembro. Segundo Moreira, o lançamento da rede 5G em Brasília servirá como teste, com a Anatel e as operadoras instalando filtros anti-interferência. Também está prevista a distribuição de decodificadores da Banda Ku à população de baixa renda que usa antenas parabólicas antigas que operam na Banda C.

Edição: Aline Leal

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA