AMARANTE

atrapalhando

Em Amarante, corpo do cobrador não foi encontrado e comandante pede que população evite notícias falsas

Publicado em

Notícias de Amarante

O grande volume de notícias falsas em blogs, sites e redes sociais e grupos de WhatsApp tem atrapalhado as investigações do caso do cobrador Euzébio, desaparecido no último domingo (05). O comandante do Grupamento de Polícia Militar (GPM), 3º sargento Rivelino, faz um apelo para que não mais espalhem inverdades sobre o caso.

“Nós estamos trabalhando dia e noite em parceria com a Civil, e gostaria de pedir à população que parasse de divulgar notícias na internet e redes sociais que só atrapalham, até porque ninguém sabe de notícias do corpo, e ninguém sabe ainda de nada. Estamos trabalhando na investigação para isso”, disse o comandante.

O cobrador Euzébio da Silva Brito – de 54 anos, está em Amarante todos os meses, visitando clientes na cidade a serviço do Crediário Luís Paulo, em Floriano. As visitas acontecem nos bairros de Amarante e também na zona rural. Euzebio da Silva Brito é casado, mora no conjunto Pedro Simplício, em Floriano e tem três filhos e 04 netos.

Leia Também:  Sesapi disponibiliza vacinas para imunizar 100% dos trabalhadores da Educação

A família ofereceu inicialmente uma recompensa de R$ 1 mil a quem der qualquer informação que permita localizá-lo ainda com vida. Dois dias depois o valor aumentou para R$ 5 mil.

“É uma família que está sofrendo demais por causa de tudo isso que está sendo divulgado erroneamente. No momento estamos com três suspeitos presos. O último foi preso nessa quinta-feira e foi encaminhado para Água Branca”, completou o comandante.

Qualquer informação, pode ser repassada aos contatos dos familiares (89)9 9986-5152 /(89) 9.94397708.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Notícias de Amarante

Caps de Amarante: dinâmicas e plantio de hortaliças marcam encerramento das atividades de junho

Publicados

em

As atividades do mês de junho relacionadas ao Meio Ambiente foram finalizadas pelo Centro de Atenção Psicossocial (Caps I) de Amarante nesta quinta-feira (23).

Os usuários prepararam uma horta terapêutica com a plantação de hortaliças e verduras que serão utilizadas na alimentação dos usuários.

“O objetivo da horta é que os usuários aprendam a cultivar em casa para também ter uma alimentação saudável, melhoria da coordenação motora, e que possam ainda incentivar o cuidado com à natureza, além de ser uma atividade terapêutica que promove saúde mental“, disse a coordenadora do órgão, Jéssica Adeline.

A programação teve início com uma atividade física, seguida de dinâmicas, plantação de hortaliças e, finalizando, com uma visita a uma horta comunitária de Amarante.

A ação foi realizada pela educadora física Lia Drumond, a psicóloga Luana Feitosa e o artesão Luís Carlos.

A coordenadora Jéssica Adeline faz um levantamento das ações realizadas durante o mês pelos usuários intensivos. “Durante essas três semanas do mês foram trabalhados a plantação de frutas, jardinagem/reciclagem, como também plantação de hortaliças e verduras orientando os usuários intensivos nas técnicas de plantio e cuidados com as plantas.”

Leia Também:  Seduc e Sesapi debatem sobre vacinação para profissionais da educação

Fotos: Leomar Duarte | Somos Notícia

Fotos: Caps de Amarante

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA