AMARANTE

Esportes

Copa do Brasil: Hulk desequilibra e Atlético-MG derrota Flamengo

Publicado em

Esportes

O Atlético-MG saiu na frente do Flamengo na busca por uma vaga para as quartas de final da Copa do Brasil, ao derrotar o Flamengo por 2 a 1, na noite desta quarta-feira (22) no estádio do Mineirão, na partida de ida das oitavas de final. E o protagonista deste triunfo foi o atacante Hulk, que marcou um gol e fez a jogada do outro.

Porém, a equipe classificada será definida apenas no dia 13 de julho, quando as equipes voltam a se enfrentar no estádio do Maracanã, a partir das 21h30 (horário de Brasília).

Três dias após o Galo derrotar o Rubro-Negro por 2 a 0 pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro, as equipes voltaram a medir forças, mas agora pela Copa do Brasil. A expectativa era enorme para ver como a equipe comandada pelo técnico Dorival Júnior atuaria na partida decisiva.

Leia Também:  Amarante vence São Pedro por 2 x 0 na Copa Quarentão; veja os jogos da 4ª fase

Talvez tentando controlar mais as ações do confronto, o treinador do Flamengo optou por povoar mais o meio de campo, colocando uma trinca de volantes (Willian Arão, João Gomes, Andreas Pereira), e adiantar o uruguaio Arrascaeta para jogar como uma espécie de segundo atacante, bem próximo de Gabriel Barbosa.

Mas a opção parece não ter dado certo diante de um Atlético-MG que foi perigoso desde o início, e que abriu o placar cedo graças ao brilho de seu principal jogador. Logo aos 6 minutos de bola rolando, Mariano faz lançamento longo para Hulk, que, mesmo pressionado pelo zagueiro Rodrigo Caio e pelo goleiro Diego Alves, bateu de primeira, por cobertura, da entrada da área, para marcar um gol de grande nível de dificuldade.

E o camisa 7 do Galo voltou a dar prova da sua qualidade no segundo tempo, quando, aos 9 minutos, recebeu de Nacho ainda no meio campo, avançou em velocidade, se livrando de dois marcadores, e cruzou na medida para Ademir deixar o seu de cabeça.

Leia Também:  Torcedor é atingido por vaso sanitário e morre no Arruda

Com a desvantagem no placar o Flamengo partiu para o ataque. E, de tanto tentar, conseguiu diminuir aos 34 minutos, quando Rodinei recebeu na ponta direita e cruzou para Lázaro, que escorou para superar o goleiro Everson.

Agora as duas equipes voltam a se concentrar no Campeonato Brasileiro, no qual o Rubro-Negro recebe o América-MG no próximo sábado (25). No mesmo dia o Galo recebe o Fortaleza no Mineirão.

Edição: Fábio Lisboa

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Esportes

Campeonato Brasileiro de Boxe Elite reúne medalhistas olímpicos no RJ

Publicados

em

Construído para as provas de ciclismo da Olimpíada Rio 2016, o Velódromo da cidade maravilhosa abriu as portas para outra modalidade nesta segunda-feira (4): o Campeonato Brasileiro de Boxe Elite. As disputas masculina e feminina reunirão 173 atletas de todo o país, entre eles, expoentes como Beatriz Ferreira (prata nos Jogos de Tóquio e atual vice-campeã mundial nos 60 quilos), Keno Marley (vice-campeão mundial nos 86kg), e Abner Teixeira, bronze em Tóquio, nos 90 kg. A competição vai até domingo (10). 

As lutas começam a partir das 14h30 (horário de Brasil), em ringues no vão interno do Velódromo, no Parque Olímpico, na zona oeste do Rio. A entrada é gratuita, mediante inscrição online. As lutas também são transmitidas ao vivo no YouTube da Confederação Brasileira de Boxe (CBBoxe). A programação e resultados são publicados diariamente, depois das 22h30, no site da entidade.

Na semana que vem, a partir do dia 14, o Velódromo do Parque Olímpico receberá o 1º Grand Prix Internacional, com 52 atletas, de países como  México, Argentina, Colômbia, Panamá, Paraguai e Equador. Serão 13 categorias de peso, entre masculino e feminino.

Leia Também:  Amarante vence São Pedro por 2 x 0 na Copa Quarentão; veja os jogos da 4ª fase

Após os dois grandes eventos, Marcos Cândido de Brito, presidente da CBBoxe, projeta a possibilidade de o Parque Olímpico receber em 2023 um evento do calendário classificatório da modalidade para os Jogos de Paris 2024. 

“Queremos criar um círculo virtuoso. Essa presença de eventos de referência incentiva a garotada, os técnicos e os projetos a se desenvolverem. Com isso, mais atletas ganham condições de ter nível de seleção e de competir internacionalmente e o Brasil só tem a ganhar”, afirmou o dirigente em depoimento ao Ministério da Cidadania. 

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Fonte: EBC Esportes

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

PIAUÍ

POLÍCIA

POLÍTICA

MAIS LIDAS DA SEMANA